Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gesto, Olhar e Sorriso

Palavras que têm vida.

25
Mar15

[Cinema] A culpa é das estrelas

Carolina Cruz

 

10415619_265818683625364_5929189636145492243_n.jpg

Há filmes que nos deixam expectantes, de tão autênticos e reais que são, lembrando-nos que a vida é para se ser vivida ao máximo, sempre, se possível, com um sorriso na cara, mesmo quando julgamos que nada em nós nem no mundo está certo, mesmo assim.
Mesmo assim é preciso que procuremos viver o melhor da nossa vida sem esquecermos que a melhor cura para a nossa tristeza é amar alguém.
Se eu tinha dúvidas que o filme "A culpa é das estrelas" era realmente bom tal como o livro, quando o vi, todas elas se desfizeram em respostas afirmativas. Sim, é tão puro e real como o livro.
Hazel Grace e Augustus Waters trazem-nos a reflexão de que cada um é especial à sua maneira e que seja de que forma for, deixa uma marca no mundo, no seu mundo.

Agarra-te à vida, mas não te prendas, vive, porque "só verás o arco-íris, se chover".
Ama o melhor do teu momento!

 

 

Fonte da imagem: http://feminspire.com/

22
Mar15

[O teu olhar] A mulher brilhante.

Carolina Cruz

1. Rita Simões.jpg

 

 

A mulher brilhante é aquela que não se desfaz em mordomias.
As suas palavras contam os seus dias, carregando consigo uma tremenda paixão pela vida e tudo o que nela se constrói.
Mulher determinada é a que fala com a razão, pode ser mal interpretada, mas em tudo se entrega de paixão.
A mulher brilhante não teme dizer não, porque a sua personalidade cativa todos, sem exceção. Porque em tudo o que faz, vive de coração.

 

 

 

 

 

 

Fotografia da autoria de Rita Simões Fotografia.

 

 

 

 

 

 

 

Nota: Também queres ver a tua fotografia ser inspiração de um texto da minha autoria? Basta enviares a tua fotografia (sem ser retratos) para o seguinte mail: carolinacruz22@sapo.pt

20
Mar15

[Música] Os Azeitonas

Carolina Cruz

entradalivre.sapo.pt.jpeg

 

Quem disse que em Portugal não são produzidas boas músicas? Relíquias de ótimos artistas?
Precisamos de valorizar aquilo que temos, que às vezes é melhor que muitos julgam.
Há músicas portuguesas que são verdadeiras obras-primas e produções com letras incríveis tão merecedoras de atenção.
Os seus espetáculos são um verdadeiro espetáculo, a alma dos concertos é o público e faz parte, tal como eles, numa união musical.
São a expressão da verdadeira arte da música, da animação de palco e de um extraordinário trabalho em equipa.
São verdadeiros músicos e cantam com o coração, o seu talento é visível em qualquer tipo de música e/ou forma de cantar: só voz, acústicos ou com toda a banda com que percorrem o país.
“Os Azeitonas” são uma banda que persiste em fazer do melhor!

 

Eis "Os Azeitonas":

 Fonte da imagem: http://entradalivre.sapo.pt/

15
Mar15

Morro de amores por ti.

Carolina Cruz

10404417_348949228645642_2138502247306012791_n.jpg

 

Esborrata-me o batom, deixa cair a vergonha enquanto me escorrega o vestido. De uma forma apetecível eu te quero.
Grava-me num beijo e então eu deixo escrito no teu corpo a história do nosso amor: tão jovem e tão genuíno.
És aquilo que me faz crer na vida e agarrá-la sem medida. És a loucura saudável com que enfrento todos os meus problemas dando-lhes outro sabor, de fortaleza e de herói, pois ao teu lado eu sou bem maior e nos teus braços eu me derreto e morro de amores por ti.

 

 

 

 

 

 

Fonte da imagem: Facebook

 

 

11
Mar15

[Resenha literária] A analogia da Morte, de Miguel Alexandre Pereira

Carolina Cruz

17412979_qUwfB.jpeg

 

Num mundo de corruptos, assassinos e pessoas puramente maldosas, muitos de nós ainda se surpreende com todas estas atrocidades, nunca acreditando no que as pessoas são realmente capazes de fazer por justiça cega ou mero desejo de ver os seus sonhos realizados sem medida.
"A analogia da morte" aborda todos estes assuntos de uma forma única, arriscada e original numa história marcada pelo horror e que misteriosamente te prende e te disperta tão boas leituras!
Miguel Alexandre Pereira é um autor recente e que promete surpreender!

 

 

 

Fonte da foto: http://ummarderecordacoes.blogs.sapo.pt/ 

08
Mar15

[Cinema] Still Alice

Carolina Cruz

alucine.es.jpg

 

A memória é o que somos. O Alzeimer não é a entidade de alguém, apenas uma doença que afasta a pessoa da sua essência.
É uma doença que nos rouba tudo aquilo que aprendemos e pelo qual lutámos tantos anos da nossa vida.
É morrer um pouco de nós e de quem nos rodeia... é frustante e mais aterrador é falar-se em Alzeimer precoce e mais angustiante ainda: hereditário.
Como se vence esta doença? Nem sempre se vence, porém quase sempre saímos derrotados... mas ainda assim resta-nos o amor e a capacidade que ele tem de dar a volta por cima.
Julianne Moore interpreta Ali de uma forma grandiosa e por isso digo que todos os prémios ganhos com este papel são genuinamente bem atribuídos!
Vejam, vale a pena:

 

 

 

(Fonte da imagem: http://www.alucine.es/)

02
Mar15

Por isso: dança!

Carolina Cruz

10947304_331498307057401_2034611484934405678_n.jpg

 

 

 

 

Nesta vida se não dançares, então nada vale a pena.

Ri-te, sorri e alegra-te por dançares. Mesmo que sejas a única não te importunes porque bailas com a tua alma e só tu conheces o verdadeiro sabor agridoce do caminho e mesmo assim vais à luta sem desânimo.
És aquela mulher, amante e amiga, que todos olham mas só um conquista de forma doce, te encanta e não deixa que ninguém volte a entrar no teu coração para ocupar esse lugar que tantos queriam mas que só a ele pertence.
Porque tu és a mulher que se quer para toda a vida, porque a tua força é a tua forma de viver os problemas, e o teu sorriso? O teu olhar sobre a vida!
Por isso: dança!

 

Fonte da imagem: Tumblr.

 

 

01
Mar15

Primeiro beijo.

Carolina Cruz

11017705_341212622752636_6767074798629510989_n.jpg

 

Quanto significado tem o primeiro beijo? Qual o seu sabor? Já pensaste quanta ânsia se encontra em querer viver o que se sente? O desejo de que os nossos pensamentos virem atos num só gesto: um beijo.
É simples e sentido, há um mar de emoções num momento que dura apenas um segundo mas que nos marca para sempre, seja de que forma for.
No momento fala-se com o coração e sente-se todos os sonhos da eternidade, mas se esse amor partir, esse beijo fica cravado como a felicidade angustiada e perdida, aquela que não volta mais.
No entanto, se for verdadeiro é o primeiro de muitos, aquele que estará para sempre nas nossas memórias mais felizes e que se contempla também de saudades por sentir e saber que momentos de outrora não voltam mas que servirão sempre para contar a história de um romance que c
omeça com o toque simples de dois corações que se beijam sorrindo.

 

Fonte da imagem: http://www.listal.com/

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D