Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gesto, Olhar e Sorriso

Palavras que têm vida.

Nunca estás sozinho.

11.jpg

 

 

Quando acreditamos que algo possa ser verdade, sempre acreditamos e vamos à luta pela vitória.
A melhor forma é nunca baixar os braços, nunca desistir e seguir em frente… porque afinal, no final de tudo o importante é nunca desistir.
Acordar para a vida, é sonhar real, tornando as nossas concretizações num sonho e os sonhos realidade.
Só assim podemos ser quem somos e acreditar em nós próprios, naquilo que construímos todos os dias.
Mesmo que o amanhã tropece e nós caiamos, há sempre um braço que nos puxa, uma mão que nos agarra e…no fim da tua etapa tens sempre histórias para contar.
Vá a onde fores, tu, nunca estás sozinho.

Paraíso

10.jpg

 

Há todo um lugar, um lugar estranho de revolta e tristeza, que vem e não volta de novo a tomar conta do tempo. Já chorei tudo o que tinha por chorar, já murmurei a cada ouvido e a cada parede o que não mais irei lamentar, o sorriso não fala, o riso não ecoa, e magoa, dificilmente passará. Há minutos, segundos e horas que lamentamos até viver, respirar o ar puro, preferíamos morrer, longe de tudo o que pisa a terra e o mar, longe de todo o céu, e de todo o amar. Podia querer pisar a terra de todos, mas só avanço nos caminhos repletos de magia, há momentos em que queria ser um desenho animado, saltar fugazmente por cada passo difícil da vida, inventar um cupido para cada amor incompreendido, cada medo ou cada fobia. Queria ser invisível ao toque, indiferente a um olhar de indiferença, mas engano a minha alma a cada hora, já não sei o que sinto, já só apenas o coração chora. Chora com raiva, chora com demasiada diferença, chora delicadamente, chora arduamente mas chora, e esforça-se não para lutar, mas para esquecer, não para amar, mas para seguir em frente, a caminho do futuro e do presente, a caminho da felicidade e do paraíso.

* Filmes com história: Like crazy

2 rottentomatoes com.jpg

 

Se o amor vence tudo porque levamos uma inteira sem o perceber? Sem estarmos do lado da pessoa que mais amamos?
Anna e Jacob não levaram uma vida inteira mas parte dela a amarem como dois loucos numa paixão imensa que não cessava e o seu destino era ficar juntos como sempre sonharam… mas será que isso irá realmente acontecer?
Será que o amor que se sente é maior que todas as adversidades? Do que os quilómetros de distância? De todas as novas pessoas que surgem nas suas vidas? O seu amor irá a favor das leis mesmo contra elas próprias? São perguntas em que as respostas só poderão ser dadas pelo filme “Like crazy”.
Para os mais românticos, direi que é sofredor e mágico pois tem imagens e passagens realmente bonitas onde a cumplicidade invade o ecrã. Vejam, vale a pena!

 

 

Há uma luz que me guia

6p.jpg

 

Eu não vou desistir, porque há uma luz que me guia sob as estrelas, essa luz nunca me deixa esmorecer. Mesmo quando eu não acredito em mim, essa luz acredita, faz-me ir frente mesmo que por caminhos escuros.
Essa luz chama-se amizade, amor, são a minha coragem, o meu sustento em horas de desilusão, é isso que me faz crer que algo melhor virá, que nada será o fim, que ainda há muito percurso pela frente.
É essa luz que me diz que ainda tenho tanto para dar ao mundo, um sorriso, um abraço, a arte de viver só por si só já algo que em mim não deve esmorecer, por isso junto dessa luz eu brilho!

Rumando... (aos 24)

24.jpg

 

 

É na verdade que tudo se constrói, no lugar onde embarcamos, no segredo em que partimos.
Para onde quer que eu vá, estás comigo e se não estiveres, levo-te em pensamento enquanto bate meu coração.
És o meu barco e as velas que rumam contra qualquer vento contrário, somos a esperança de um novo remar, com força e feliz, sonho em ti, contigo, rumando ao nosso (a)mar!

 

 

Parabéns a nós 

# Completas-me 8 - com Daniela Barreira

Hoje vamos brindar à menina dos abraços, a nossa querida Daniela, que é um ser humano extraordinário, que nos escreveu este texto para eu completar... espero que gostem do resultado!

 

“Tu não és a minha pessoa. por mais que eu deixe os teus olhos pousarem em mim, em tudo o que sou, por fora e por dentro. por mais que eu me deixe olhar por ti e te olhe também, em segredo. tu não és a minha pessoa. por mais que eu deixe as tuas mãos percorrerem-me os sentidos num arrepio. por mais que eu me deixe ser puxada para ti e te puxe também, em segredo. tu não és a minha pessoa. por mais que eu deixe os teus braços resgatar-me inteira, sem volta a dar. por mais que eu me deixe abraçar até à alma e te abrace assim também, em segredo. tu não és a minha pessoa. por mais que eu deixe a tua respiração tatuar-se em mim. por mais que eu me deixe saber a ti e te deixe saber a mim também, em segredo. tu não és a minha pessoa. por mais que eu deixe que me entres no coração. por mais que eu me deixe invadir por ti e te invada também, em segredo. tu não és a minha pessoa. por mais que, um dia, possas querer fazer-me sentir que o és. mesmo sem querer. tu não és a minha pessoa. é que, por mais que os teus olhos me descubram, as tuas mãos me puxem, os teus braços me resgatem, a tua respiração me viva e tu me invadas o coração, tu não sabes que há pedacinhos do meu coração que tu (já) não vais encontrar."

Daniela Barreira.jpg

Porque, na verdade, tu ocupaste um buraquinho que não está totalmente curado, o meu coração ainda não está completo, creio que a partir do momento em que vi morrer meu amor, desde a hora exata da sua última respiração eu não serei mais a mesma, não amarei mais, nem tanto, nem igual ao amor de outrora. Não te pertencerei realmente, não me pertencerás totalmente.
Quero dizer-to. Não quero mentir-te, nem omitir-to. Desculpa, mas ele levou o verdadeiro sentido da lealdade quando partiu, quando falo em ser leal falo em amar por inteiro. Eu já não sei amar-te assim. Não sei, lamento.
Gosto de ti, e muito! De todo o carinho que me dás, da atenção que me dás, do beijo na testa, quando perguntas se está tudo bem, se correu bem o dia.
Peço-te que compreendas, que não és a minha pessoa, que ele foi e o meu coração não deixa que mais alguém o volte a ser. Só a ele pertencerá por completo.
Lamento.

Um passo em frente

19.jpg

 

Quando quer que tentemos dar um passo em frente, em glória, sempre sabemos que temos de ser fortes e encarar o que virá, mesmo que não seja bom, com um sorriso na cara, porque não há ninguém no mundo que nos possa tirar o que é tão nosso da nossa alma.
Parece que tudo o que é feliz tem sempre por trás uma imagem de areia movediça que nos prende a caminhada e nos agarra os pés fazendo com que deixemos de sonhar, mas não podemos, não podemos dizer que sim e nos acomodarmos com a certeza que um dia mudará, pois parte de nós dizer que não e fazer a travessia para o outro lado.
Para o lado que tantos têm medo de atravessar, mas que eu não, não tenho medo de atravessar caminhos que podem magoar mas que podem fazer com que façam de mim, mais alguém, além daquilo que sou, porque nada pode impedir o crescimento próprio da maturidade e liberdade do teu ser!
Tu és tu, não mais ninguém, tens de saber pelo teu olhar o que é melhor para ti e sabes, eu sei, mas o mundo parece que não sabe, não sente que o melhor para ti é aproveitares os teus dias e seres completamente feliz, num jeito carregado de coisas simples de que é feita a vida.

Um infinito que nos enfrenta.

24.jpg

 

 

Há um infinito que nos enfrenta, num rio que não pára de correr.
Há uma eternidade que nos completa e que nos torna heróis mesmo sem os sermos. O mundo é um tudo que passa, que nos envolve e e desenvolve num instinto que nos confunde e nos engana e tão profundamente nos ama, fazendo com que enfrentemos o que vier, com sonho e esperança, no melhor que somos.

Em cada memória.

9.jpg

 

Em cada memória há uma canção nossa de amor.
Como podemos fugir de um sorriso, se o melhor que temos é nos amarmos um ao outro?
O destino falou de nós, logo pelo começo da vida, como não pudemos nós reparar? É a nossa magia, estava escrito, faz parte daquilo que somos, da nossa história.
Jamais nos poderemos afastar, se, na verdade, sempre estivemos ligados um ao outro. 
No lado bom e mau da vida, estarei lá para ti, estarás lá para mim, estamos juntos, um para o outro!

Trazer-te por perto.

Se eu te contasse um segredo tu sabias guardá-lo? Nunca te deixaria só. Já esqueci o prometido e voltei a fazê-lo. Não quero alimentar o ódio que alguma vez possa ter escorrido em minhas lágrimas porque jamais te questionaste se ele corria nas tuas.
Não me quero afastar do que me pode ligar a ti, és forte demais para perder-te.
Já vivemos tanto e alimentámos ainda mais de amizade com mil anos de intervalos e outros tantos com oportunidades de fazer melhor.
Que importa qualquer intervalo se a riqueza diminuta nos traz crescimento? Não recordes o que de triste se passou, pensa antes que foi ultrapassado e que isso te vai fazer correr em frente.
Não espero nenhuma oportunidade para dizer-te que ainda estou contigo, que permaneces em mim.
Não posso julgar pelo que evitei mas posso construir um caminho novo, não existem barreiras que nos impeçam de sentir, temos muros por onde saltar, um futuro em frente para lutar.
Não se constrói uma verdadeira amizade num dia nem esse dia a poderá destruir. Não deixemos! 
Temos a prova de quanto custa estar longe. Dói tanto evitar que não se sente e pior ainda é não sentir.
O intervalo teve um fim e eu provei de novo estar a teu lado como foi sempre, como sei que sempre será. Meu desejo não descansa, simplesmente não se cansa de te trazer por perto.

 

p4.jpg

 

Pág. 1/4

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Outros lugares

Blogues à Mesa
3XQY_12a3qPlDRIcVpKJSt0ZO-QUA-vmBk3L3bSl7jI.png