Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Gesto, Olhar e Sorriso

Palavras que têm vida.

6 # Existirá destino sem os sonhos?

5a07858fd2b39613c662907b56ea10af.jpg

 

Sara, com os seus 28 anos, uma mulher lindíssima, cobiçada por tantos, e invejada por tantas.
É uma enfermeira de sucesso, continuando a ser uma pessoa íntegra e boa como sempre fora.
Muito tinha mudado na sua vida e hoje, emigrada em Londres, o seu dia-a-dia era uma verdadeira adrenalina, e embora tenha seguido enfermagem, não largou os palcos, juntando-se a um grupo de declamadores de Shakespeare.
Entre as tragédias e as desgraçadas declamadas às paredes do quarto ou às salas cheias, Sara lembrava-se do seu amor passado, da juventude, da clareza dos seus sentimentos de outrora, que nunca voltara a viver, e pensava como talvez também o seu destino fosse trágico, por não reencontrar esse velho amor.
Ironicamente, Manuel estava em Lisboa a pensar que Sara talvez ainda lá vivesse e Sara atravessava as longas e movimentadas ruas da cidade inglesa sempre julgando que um dia poderá vir a dar de caras com Manuel.
O destino era mesmo traiçoeiro! Ou não seria o destino e sim as escolhas que os tinham separado?

 

(Continua...)

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Outros lugares

Blogues à Mesa
3XQY_12a3qPlDRIcVpKJSt0ZO-QUA-vmBk3L3bSl7jI.png