Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gesto, Olhar e Sorriso

Palavras que têm vida.

As asas que me fazem voar (2)

tumblr_kuil6tsbj91qzcso1o1_500_large.jpg

 

Chamo-me Katie, tenho 29 anos, vivo em Bragança. Bem, vivia, antes de a minha vida mudar com essa canção de que vos falei.
Continuam a perguntar-se que música ou porquê, não é?

Tinha 24 anos quando tudo começou, quando o conheci.
Ele, Jack, era um cantor bastante conceituado e eu era apenas e só mais uma fã.
Naquele ano, a sua tour era longa e de cerca de cem concertos, sou capaz de ter ido a mais de metade.
Não me chamem de louca. Não era daquelas fãs histéricas ou possessivas, mas sendo eu estudante de música, o seu talento fascinava-me. E a sua música fazia-me bem.
Conheci a sua primeira canção quando terminei a minha relação com Miguel, o meu ex-namorado.
Eu tinha as lágrimas a correrem-me pelo rosto quando a ouvi pela primeira vez. E ela tocou-me.
Sabem quando há canções que foram feitas para vos compreenderem? Esta parecia ouvir a minha alma. Instintivamente apaixonei-me pela sua voz.
Foi a ela que me agarrei todos os dias após aquele findar, aquela desilusão.
Pesquisei-a na internet e cheguei até ele.
Jack Say. O seu nome artístico.
Fiquei com curiosidade, com vontade de o conhecer melhor. Tal como eu, tinha iniciado a sua paixão pela música no ensino médio e seguido o curso de música na faculdade. No caso dele já lá iam alguns anos.
Comprei o seu cd e aguardei uma data de um concerto perto da minha zona, mas infelizmente ela nunca surgiu e fui obrigada a mexer-me, não podia esperar mais, queria vê-lo ao vivo. De certa forma queria agradecer-lhe por melhorar a minha vida e parabeniza-lo pelo seu talento.
Porto, 23 de junho de 2004.
As minhas primeiras palavras, engasgadas, com sorrisos envergonhados.

(continua...)
 
 

 

* A música no seu melhor: Eddie Vedder

eddie vedder.jpg

 

 

Eddie Vedder e a sua voz grossa e sedutora encanta todos os que o ouçam e que se deixem cativar – é impossível que isso não aconteça.
Desde as baladas às músicas mais roqueiras, Eddie Vedder e os seus Pearl Jam, chegam a todos.
É das bandas que mais admiro e preservo conhecer não só o passado, como o seu presente e futuro.
Eddie Vedder, a solo, é banda sonora de um filme, também ele, muito prestigiado – “Into the wild” – com músicas como “Society” e “Guaranteed”, que destaco.
Pearl Jam é uma banda tão aclamada que passa de geração em geração. As suas letras são soberbas e as melodias impecáveis
“Last Kiss” é das minhas músicas preferidas de todos os tempos, daquelas que ouço sem me cansar, também como poderia eu me fartar?
Quem mais se identifica com este meu gosto musical?

 

 

Um novo começo (parte V)

tumblr_n0umswIo0u1shqdwxo1_500.jpg

 

Quando se apercebeu de que era ele, Sofia quis correr para junto da grade, onde acabou por chegar e vislumbrar o olhar intenso e concentrado com que Mike tocava “Creed” de Radiohead. Os seus olhos tremeram de medo que os dele a olhassem, mas quando isso acontecera um sorriso nasceu. Um sorriso que quebrou todo o gelo e todo o medo que pudesse existir em Sofia. Fosse o que fosse que pudesse acontecer, ela sentia que não podia negar essa cumplicidade no bater do coração, não podia negar mais aquela atração e não podia rejeitá-la, ou a ela, por causa da sua língua, pois a paixão só tem um único idioma.
Quando as duas amigas chegaram ao pé dela, Sofia estava tão incrédula que não conseguia dizer o que sentia…
- É o meu… - Estava para dizer às amigas quando ele dedicou a próxima música que cantaria.
- The next music… dedicada a Sófia.
Aquela metade inglesa, metade portuguesa da frase dava-lhe um charme que era impossível resistir, assim como a música: “love of my life”, dos Queen. Embora se tratasse de uma hipérbole, ela podia sim, ser o amor da sua vida, naquele momento, naquela hora, naquele instante, o suficiente para durar a vida toda, se não arriscasse, também nunca saberia.
“Vai ter com ele”, “não hesites”, “arrepende-te apenas do que não fizeste”, diziam as amigas, quando Sofia decidira ir ter com ele onde milhares de miúdas aguardavam uma fotografia.
- Diga-lhe que é a Sofia. – Dizia ela ansiosa ao segurança.
Será que as portas do pequeno camarim se abririam para ela? Naquele instante em que pensava…
- Desculpe… - disse o segurança. – pode entrar.
Então as grades abriram-se numa brecha e quando pôde abrir a pequena porta de onde se encontrava Mike, os seus olhos voltaram a sorrir, os olhos de ambos.
- Sorry… - Disse-lhe Sofia. – Thank you! – os seus olhos diziam tudo, sem se esquecer de que era um beijo o que mais desejava.
Ele sorriu-lhe de volta, será que também ele sonhara com esse beijo desde que a salvara?

 

(continua...)

 

 

Um novo começo (parte IV)

mensagens-de-tchau-para-amigos-e-amores-6.jpg

 

- Se o nosso guia fosse um rapaz novo é que era! – Comentou Catarina.
- Fogo! – Ripostou Sofia. – Pareces uma pita, Caty.
- Olha ao menos não rejeito convites de rapazes bonitos…
- Tinhas de vir.
- Estou a responder-te. Pura e simplesmente.
- Meninas! Chega! – Disse Mariana. – Vem aí o senhor!
Um senhor de meia-idade, com muita sabedoria e um belíssimo contador de histórias guiou-lhes o caminho pelo belíssimo Palácio da Pena.
Não era jovem, nem bonito, como Catarina desejava que fosse. No entanto, tinha sido impecável e ensinou muitos assuntos interessantes às três amigas, o que proporcionou uma visita bastante agradável.
No final da mesma, as três amigas foram informadas, que naquela noite haveria uma festa nos jardins do Palácio – a noite branca – a entrada seria apenas cinco euros. Teria a presença de um cantor bastante talentoso e com muita qualidade.
- Vamos? – Perguntou Mariana.
- Estou nessa! – Respondeu Sofia.
- Bora! – Exclamou Catarina

Passado umas horas, as três amigas estavam deslumbrantes, prontas para arrasar. Ia ser a melhor noite das suas vidas! Iam recordá-la para sempre, sem nunca esquecer.
Quando chegaram, Sofia estava decidida a aproveitar o concerto, as baladas que tocavam eram belíssimas, no entanto as outras amigas queriam bebidas.
- Então fazemos assim, vocês vão às bebidas, pedem por mim, e depois vêm ter comigo.
- Não é mais fácil esperares?
- Não.
Sofia queria mesmo ver o concerto, afinal de contas havia algo que lhe dizia que ia adorar aquele concerto, que a iria marcar.
- Vá, até já!
- Até já. – Disseram as outras duas amigas olhando uma para a outra.
Sofia tinha razão quando pensava que aquele concerto a iria marcar, pois quando chegou à frente do palco, pôde reparar que aquela cara não lhe era de todo estranha. Que beleza extraordinário, que sonho feito realidade. Fez-se-lhe luz: Mike. Era o seu super-herói. Era o inglês e simpático Mike.
Se aquele rapaz já parecia ter caído do céu quando a salvara, nessa noite tudo parecia dar-lhe um toque de magia, até o destino… Será que desta vez ela não podia arranjar desculpas para o enfrentar e arriscar o seu mau inglês?

 

(continua...)

 

 

* Simplicidades da vida: conduzir com música

tumblr_lrr1g7mmB51qlk4imo1_500.jpeg

 

 

 

Deixo-me ir, juntando a mim a liberdade.
É verdade que conduzir pode ser algo tremendamente secante e se forem muitos quilómetros pior ainda.
No entanto, ao deixar que a música me controle e faça de mim (como faz tantas vezes) uma pessoa feliz, então tudo se torna, na verdade – prazeroso.
Ao cantar, sinto que posso dar a volta ao mundo, enquanto todas as memórias do que sou e do que me faz ser de espírito livre me deixam pensar e refletir que se fizermos tudo sem queixas com vontade de sentir o que realmente importa e sermos jovens eternamente, então a vida torna-se um lugar melhor.
E o mundo passa a ter um nome: a liberdade de sentir.

 

 

Por aí (4) - Cohen jamais morrerá!

2016, 2016, queres todas as estrelas no céu?
Leonard Cohen, o Gentleman, a voz grossa, o disco de eleição da minha mãe, que se tornou também um gosto (muito bom) da minha parte, parte hoje aos 82 anos.
Parte apenas da Terra, porque este senhor será sempre uma das eternas lendas da música.
Um poeta, um homem cheio de charme, de romantismo, que deixa tanto de si ao mundo, que acredito que ninguém passa mesmo na vida em vão, há sempre um dom, uma memória, uma paixão e um sentimento que nos torna eternos. É o caso deste senhor que tanto aqueceu e continuará a aquecer o coração e a alma de quem o ouve, porque basta fechar os olhos para sentir a liberdade e a consciência limpa e é exatamente isso que lhe desejo - todo esse paraíso, paz e serenidade que ele nos proporciona ao ouvi-lo!

 

Obrigada, Cohen. 

 

# Uma foto por dia: Setembro e Outubro!

Uma foto por dia está de volta, e caramba... só faltam 2 meses para este desafio terminar. Não dá para acreditar pois não? Parece que foi ontem que iniciei este desafio, que já pensei em desistir, mas cá estou eu com ele quase terminado. Vamos recordar o mês de Setembro e Outubro? Bora lá!

 

Setembro

1.jpg

243/366 - sê bem vindo Setembro com  de verão.
244/366 - vida difícil desta sexta-feira!
245/366 - pequenos prazeres de verão.
246/366 - começos.
247/366 - vista para o rio.

2.jpg

248/366 - os meus gatos de loiça
249/366 - muito bem instalado, sem dúvida
250/366 - lugares eternos
251/366 - atualizando-me.
252/366 - como não ter preguiça?


3.jpg

253/366 - sestando
254/366 - enquanto se folheia um livro, viaja-se.
255/366 - o meu lugar preferido de trabalho. Só eu me entendo na minha confusão.
256/366 - A escolha para a sessão de hoje!
257/366 - o segredo para começar o dia com alegria!

4.jpg

258/366 - cucu, gulosa!
259/366 - o fenómeno (sempre) na (minha) #visão!
260/366 - "fui colher uma romã" às 6h30 da manhã
261/366 - amanhecendo na cidade
262/366 - começar o dia forte (em chocolate)

5.jpg

 

263/366 - tão bom 🎶 #bobdylan
264/366 - a minha lady bebé
265/366 - sou grata.  
(em breve, no blog)
266/366 - perdidos pelas aldeias serranas. 6.jpg

 

267/366 - vista de uma janela improvisada 💛#istoélousã
268/366 - qualidade de vida!
269/366 - tardes perfeitos #semfiltros #lousã
270/366 - não... Consigo parar! #castle #series — em Lousã.
271/366 - o meu lado mais guloso
272/366 - a preparar um post no blog sobre a Lousã, em especial o Talasnal
273/366 - Quem passa não fica indiferente.  #lousã #talasnal #ocurral

 

Outubro

 

7.jpg

274/366 - quando o trabalho rende, a vontade é de não parar.
275/366 - Mia, manta, sofá e Axn? Já cheira a Outono
276/366 - bom dia alegria!
277/366 - perfeitos encontros de luz.
278/366 - recordando tempos de escola #malhação#tvglobo
#newwave
8.jpg

279/366 - bom dia!
280/366 - Espírito natalício com o Castle! #mantinha #series #castle #viciossaudaveis
281/366 - a devorar! #adorolivros #gayleforman#apenasumano
282/366 - já sabe bem!  #preguicite #outono
283/366 - as memórias são uma constante. Por isso - vive - faz acontecer.

9.jpg

284/366 - "perfeto"
285/366 - finalmente meu!! Ansiosa para ler 💙#afteryou #jojomoyes #mebeforeyou #loveinbooks#leituras
286/366 - ideias, começos, caminhos de um sonho que não pára de crescer!
287/366 - É isto que eu mais gosto nos dias frios #cha #livros #gayleforman
288/366 - sem vontade de me levantar, pus-me a ler e estou quase quase a terminar! #gayleforman#apenasumano #bookstagram

10.jpg

 

289/366 - "E digo ao mundo que o mundo é teu" #chichicama #radiocomercial #miguelaraújo
290/366 - "Gazas a Teus" 'tou a adorar!! #afteryou#jojomoyes #literatura #booklovers #bookstagram
291/366 - cores e cheiros de outono #outono#instagood #onephotoaday2016 #rain
292/366 - as gatas devorando castle!
293/366 - A motivação para correr  #osazeitonas#bomgostomusical #musicinstagram#musicaportuguesa

11.jpg

294/366 - divagando. #photo #instaphoto#pensamentos #room #life #onephotoaday
295/366 - Malta de Coimbra e arredores, o novo e espetacular café aguarda a vossa visita! Um lugar agradavel e acolhedor com bom gosto e muita simpatia! Visitem! [ Foto @diana.ft.r ] — com Paulo Azevedo.
296/366 - Eu que nada sou sem música!
297/366 - perfeitos momentos de leitura!
298/366 - outono

12.jpg

299/366 - quando vais de boleia mas tu é que escolhes q música! 👌 #musicinstagram#musiclovers #cronicasdacidadegrande#miguelaraújo
300/366 - "Now you see me." #cinema #magic#ilusion
301/366 - relaxando! #descanso#malhação
302/366 - tarde de verão em pleno outubro
303/366 - boa companhia, boa música e um lugar fantástico #spot #qb — com Q.b. Restobar em Q.b. Restobar
304/366 - outono com calor e boas leituras
305/366 - bom dia!  #sky #photography#instaphoto
#morning

 

Bom feriado! Sweet November

Por aí (1) - Miguel Araújo

Não sou de muitas palavras quando alguém que não me é próximo me surpreende pela positiva.
Sei que tenho falado muitas vezes sobre este grande senhor e ainda assim o que quer que diga ainda é pouco.
Porém continuo a valorizar, que é de valorizar, que Miguel Araújo se tornou, nos últimos anos, um fenómeno musical, tudo por mérito próprio.
Embora a sua paixão pela música tenha nascido muito antes de “Os Azeitonas” foi com esta banda que Miguel se deu a conhecer ao público (junto de Marlon, Salsa e Nena), uma banda que sempre será recordada por irem ver os aviões, atarantados, na rua da alegria! “Os Azeitonas” é um dos projetos que Miguel ainda agarra hoje em dia.
No entanto, desde 2012, desafiou-se (e muito bem) num projeto a solo, “Os maridos das outras” fez-se destacar pelas diferentes estações e o “menino” dos aviões logo se tornou um grande êxito.
Além dos dois discos editados a solo, Miguel Araújo tem vindo, a par de tudo isto, escrevendo músicas para Ana Moura (“E tu gostavas de mim”), para António Zambujo (a famosa “Pica do Sete”) e outras canções (como a mais recente “Será Amor?” para o filme “A canção de Lisboa”).
Mais recentemente (como quem diz), papando uns quantos coliseus associou-se a António Zambujo, esgotando salas e salas, consecutivamente, que já vão muito além de vinte. Os “Ujus” tantas vezes confundidos… são uma verdadeira perdição em palco, chegando a todas as idades.
Miguel Araújo é assim um homem dos sete ofícios, um verdadeiro “pináculo da criação”, a quem o cansaço não cessa, porque o seu sonho está a ser concretizado com os pés bem assentes na Terra, composto e feito com o coração.
Ainda que o cansaço se possa fazer sentir, ainda assim se desdobra entre agendas, onde dá o seu melhor sempre, por isso o tenho vindo a intitular de “Capitão fantástico”, porque mesmo que o sucesso o tome nunca lhe sobe à cabeça, a humildade e a simplicidade estão sempre presentes, o que é tão bom de se ver e de se fazer sentir por quem o acarinha e o admira!
É exatamente aí que encaixa a minha admiração, que vai muito além da música, é isso que o torna um ídolo para os mais jovens, mas também para os mais velhos, porque mesmo nessa "vida pacata" e nesse sorriso no rosto, ele muda um pouco o mundo de cada um deixando-o, sem dúvida, mais feliz.

Concluindo, posso dizer alegremente que este ano tive o prazer de o rever desdobrando-me também eu, nas suas duas agendes (a solo, um cheirinho da companhia do Zambujo e Os Azeitonas) na Expofacic, em Cantanhede e na Findagrim, em Maiorca, Figueira da Foz.

Deixo-vos um cheirinho desta loucura que é a boa música e como ela me faz tão bem ao coração.

 

 

DSCF1196.JPG

DSCF1214.JPG

DSCF1230.JPG

 

(Expofacic, Cantanhede - 6 de agosto de 2016)

DSCF1267.JPG

DSCF1315.JPG

DSCF1333.JPG

 (Findagrim - Maiorca, Figueira da Foz, 12 de Agosto de 2016)

* O teu olhar: aqui vive a minha alma!

22.jpg

 

É neste lugar que a minha alma vive. Nesta sala as palavras que canto por mais difíceis ou cruéis que sejam na realidade tornam-se melodia, onde meu sonho tem lugar.
Em frente a este microfone eu dou o meu melhor, tenho fé no meu dom e dou alegria à minha voz. Agradeço por tudo o que me tem dado a vida e canto de novo e a cantar tudo se torna mais claro, mais feliz, mais atrativo de se ser experienciado, trago um sorriso no rosto e uma alma renovada.
Tudo neste lugar ganha e tem magia! 

 

 

 

 

 

 

 

 

Foto da autoria de António Allegro, um rapaz com uma voz inspiradora, visitem a sua página :)

* Inspirações: Sade - By Your Side

 

 

Meu amor, não chores. 
Jamais te abandonaria por coisa alguma. Conheces-me melhor que ninguém, sabes que estarei contigo para o bem e para o mal.
Eu vou amar-te sempre e amar igualmente todos aqueles defeitos aos quais engelho o nariz, mas eu gosto, faz parte de ti, eles também és tu.
Mesmo quando me magoas, eu sei que no segundo a seguir desculpar-te-ás e abraçar-te-ei com toda a minha força. No mais profundo sopro, irei encontrar essa ferida, em busca de a curar, de torna-la no melhor de ti.
Por favor, confia em mim meu amor, serei o teu poço e o teu céu, amarrar-te-ei comigo e comigo poderás contar, seja para o que for, não te vou negar, nem julgar, porque é ao teu lado, que sempre vou querer estar.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Outros lugares

Blogues à Mesa
3XQY_12a3qPlDRIcVpKJSt0ZO-QUA-vmBk3L3bSl7jI.png