Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Gesto, Olhar e Sorriso

Palavras que têm vida.

02
Dez17

[Ficção] Fecho os olhos...

Carolina Cruz

 

original.jpg

 


Tenho saudades tuas.
Fecho os olhos e aconchego-me, estou de volta aos teus braços.
O meu corpo está novamente sobre o teu. Volta a ter prazer entre as tuas mãos doces.
Volto a querer-te para sempre como se nada nos separasse, nem a morte. Mas abro os olhos e tu não estás, choro porque a tristeza me invade.
Sabes o que me acalma? Pensar que estejas onde estiveres estás a pensar em mim e a sorrir de forma tola como sorrias quando dizias que me amavas.
Isso consola-me, saber que me amas da mesma forma ainda que em mundos e vidas diferentes, porque eu hei-de amar-te sempre.
A morte só te levou fisicamente, o teu coração continua a amar o meu, em forma de amor e alma e esses nunca partem, nem mesmo no coração de quem morre.

8 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Parcerias

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D