Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Gesto, Olhar e Sorriso

Palavras que têm vida.

16
Jan16

[Ficção] Tua menina de olhos de mel

Carolina Cruz

11.jpg

 

 

 

Perdi-me no tempo com todas as bagagens, lá dentro trouxe apenas a saudade que apertava, prestes e ansiosa para ser destruída. Nessa bagagem trouxe ainda uma maior vontade de te amar, porque o tempo da ausência foi muito mais que destruição, um pedaço de morte, no meu coração.
Hoje abraçando-te renasci de novo e todas as minhas forças parecem ganhar vida. Os meus olhos só te querem ver, já que durante tanto tempo pareceram estar cegos de saudade e sentimento que morde a cada segundo. Hoje parece morder ainda mais mas de felicidade por te ver e por te alcançar, por sentir e saber que por mais ausência que exista, eu serei sempre a tua menina de olhos de mel.

6 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D