Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Gesto, Olhar e Sorriso

Palavras que têm vida.

11
Fev16

Não desprendas a minha mão.

Carolina Cruz

3.jpg

 

Há pessoas que nasceram para serem fortes, para aguentar a pressão e não sofrerem por isso, mas sim para amar a vida.
Eu sempre julguei-me assim, mas se, em mim me faltasses, eu jamais seria essa pessoa forte que comanda a vida, não seria nem metade daquilo que sou… contigo sou tanto, que se me faltasses, meu amor, me sentiria incompleta.
Tenho aprendido que as coisas más que nos acontecessem só valem a pena, não para nos magoarmos, mas sim, para crescermos, para dizermos que somos capazes de ir mais longe e os ensinamentos que nos deram, bons ou maus, são a história daquilo que jamais um dia queremos ser.
Olhamos um para o outro e prometemos que nunca será como outrora me definiram o amor e, por isso, fugiremos sempre que seja necessário, para que seja preciso construir a felicidade, que é tão nossa, que agarramos como um miminho.
A nossa vida é uma dádiva, não desprendas a minha mão, leva-me contigo para onde fores, quero acompanhar-te o resto da minha vida, só assim serei feliz, só assim serei a tua força, o porto de abrigo onde moras, onde morarás eternamente.

27 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D