Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Gesto, Olhar e Sorriso

Palavras que têm vida.

12
Abr16

Não te quero

Carolina Cruz

Embriaguei-me na loucura de ti e fui até ao fim, ao fundo do mais fundo de mim. 
Perdi-me na ilusão de te ter e caí nesse sonho que jamais queria acordar.
Só hoje acordei desse sonho, que de nada sonho tinha, apenas um pesadelo que eu pintara de azul, para não ver claramente que mentias e que eu mentia a mim mesmo. 
Perdi-me nesse teu olhar doce, nesse teu ajoelhar e carência, onde prometias amor eterno e apenas um dia permaneceste e ficaste.
Demorei a entender que não eras tu, não era eu tão pouco, apenas um momento de devaneio puro e de incerteza.
Hoje olho em frente e estou ciente que não te quero mais nem num segundo perdido nem no seguinte. 
Não quero aquilo em que nunca fui, na essência de mim... Não te quero jamais.

32.jpg

 

4 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D