Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Gesto, Olhar e Sorriso

Palavras que têm vida.

28
Mai16

Não vivo sem ti.

Carolina Cruz

53.png

 

Sim, sei, não vivo sem ti. Sempre que estás longe há um pedaço de mim que enfraquece, é um tanto que arrefece e que me quebra. 
Não sei se posso chamar-me egoísta por te querer tanto do meu lado e, quando reflito sobre isso logo me lembro que não, não é egoísmo, é um senso de amor, querer-te tanto, porque se te aperto é num abraço forte. 
Pois meu amor, ao querer-te tanto, eu faço-te feliz e quebro o gelo no teu sorriso que reflete o meu olhar que expressa a felicidade no estado mais puro e nada mais importa. 
Somos feitos de tudo o que à sinceridade pertence e pertencemos um ao outro pela força da vontade, em tudo o que nos faz crer e seguir em frente de mãos dadas, num abraço apertado quando a saudade nos oferece o prazer de a espantarmos.

6 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Parcerias

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D