Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Gesto, Olhar e Sorriso

Palavras que têm vida.

No (en)canto do meu olhar: Coimbra dos doutores

7.jpg

 

Coimbra dos doutores que cantarolam de capa negra traçada.
De Coimbra trago saudade e do tempo que deixo chovem lágrimas de lembrança, de quem passa e de quem vive como criança.
Não acredito que exista mais bela cidade que Coimbra, que alimenta sonhos e reconhece verdades daquilo que somos e daquilo que fomos que em nós fica.
Há em mim a maior certeza, levo-te num aconchego contra o meu peito numa despedida chorosa, são momentos que ficam, amizades de príncipezinho e sua rosa.
Dos maus momentos também se faz lembrança, o que outrora me fez chorar, hoje nasce em esperança.
A esperança de que Coimbra nos faça merecer seu nome de capital do milagre e do sonho e que torne nossa vida, rosas da Rainha Santa, cantigas de embalar e muitos brindes à vida para se festejar.

 

8 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Outros lugares

Blogues à Mesa
3XQY_12a3qPlDRIcVpKJSt0ZO-QUA-vmBk3L3bSl7jI.png