Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Gesto, Olhar e Sorriso

Palavras que têm vida.

14
Jul16

O amanhecer.

Carolina Cruz

23.jpg

 

Retenho no meu imaginário uma palavra que não traduzirei para mais ninguém, o céu. Meu, teu, de todos.
Há apenas um momento que quero partilhar, só, contigo: o amanhecer. Trago no rosto a doçura de fechar os olhos e ver-te sorrir, não quero dizer a ninguém que se trata de um poder meu, o amor.
Já disse a palavra proibida que se embala na história de um refrão que ouvimos juntos.
Não me peças o impossível, torna-se apetecível tentá-lo, não digas que o presente acaba se o futuro é infinito.
É apetecível ver o céu e tentar tocar-lhe, não está assim tão longe, a verdade de ti encontra-se perto, no usufruto da batalha da vida que se quebra e se desfaz com alma.

 

Foto do filme "A última música"

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Parcerias

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D