Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Gesto, Olhar e Sorriso

Palavras que têm vida.

Pedimos ao tempo

quero sim - paula fernandes.jpg

 (fotografia do filme "Endless love")

 

O vento leva as palavras que nunca te direi, porque as com mais sentimento não só as levaram o vento, como todo o resto do nosso tempo.
O segredo deixa-nos num mar sombrio onde nem a fuga me dá pressa de viver, só quero deixar as coisas acontecer.
O teu sorriso estampado no rosto alegra-me o coração, sinto-te como nunca te senti, sinto-te como um irmão. Tuas palavras saem vitoriosas na tua voz, e com toda a nossa amizade, cresceu um nós.
O meu corpo sente o teu, a minha alma pede que a tua nunca se afaste, a distância pede saudade, pede de novo um abraço.
Todos os dias pedimos ao tempo um sorriso e amor, muito amor, e ele dá-nos, conhece-nos e nós um ao outro melhor que ninguém.
Sento-me a teu lado e tudo nasce de novo, um olhar, uma ternura e uma gargalhada.
Sabes? Quantas vezes penso como somos fortes, e como sempre seremos para tornar tudo isto na nossa vida inteira e como tudo criou em nós boas esperanças de que o para sempre é um tempo possível, um tempo infinito, uma certeza.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Outros lugares

Blogues à Mesa
3XQY_12a3qPlDRIcVpKJSt0ZO-QUA-vmBk3L3bSl7jI.png