Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Gesto, Olhar e Sorriso

Palavras que têm vida.

S.Valentim

tres3.jpg

 

Se eu quisesse receber S. Valentim como ele é, no seu autêntico consumismo, eu dir-te-ia: Vem, traz-me rosas vermelhas, um coração enorme, um peluche felpudo para que eu o possa abraçar todas as noites para me lembrar de ti, mais umas quantas caixas de bombons e um perfume caríssimo. Mas eu não quero nada disso.
Dir-te-ei então.
Vem, receber-me, despir-me a roupa, beijar-me os seios e entrar pelo meu peito adentro, despe-me a alma e faz de mim a mulher mais feliz do mundo. Não apenas hoje, mantém esse desejo para todo o sempre, para o resto das nossas vidas.
Não quero apenas isso, quero que sintas que sou parte de ti, cerca-te de que somos um só e não apenas na cama. Seremos um só, quando pudermos dividir as alegrias e as tristezas, quando a base do nosso amor é o respeito, a amizade e o querer tanto.
Que se lixem todas as prendas que te poderia dar hoje, o meu presente preferido és tu e o melhor que eu posso receber é o teu amor.
Não apenas hoje, todos os dias, porque hoje é apenas mais um dia para te amar. Somente 24horas, somente um dia, numa imensidão de anos.
Amo-te.

 

Fonte da fotografia: 3 metros acima do céu (filme)

4 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Outros lugares

Blogues à Mesa
3XQY_12a3qPlDRIcVpKJSt0ZO-QUA-vmBk3L3bSl7jI.png