Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gesto, Olhar e Sorriso

Palavras que têm vida.

04
Ago17

[Ficção] Carta de Leonardo

Carolina Cruz

poeta.jpg

 

Querida.
Escrevo-te esta carta para te pedir desculpa.
Levei 20 anos para escrever-ta.
Sei que é tarde demais.
Sei que podes estar casada, com filhos.
Seja como for, isso não é impedimento de te dizer como me sinto, como ainda me sinto atraído e apaixonado por ti como naquele nosso velho e passado Verão.
Amei muitas mulheres por esta vida fora, mas nenhuma delas teve o mesmo fulgor em mim como tu. 
Eras a minha melhor amiga e eu só soube isso depois de vivenciar com todas elas o amor que dizia sentir. Nenhuma delas era da tua essência. Como pude mentir-me tanto? Durante tanto tempo?
Nada aconteceu para que nos separássemos, apenas o tempo, esse peregrino que nos persegue em cada montanha que escalamos.
Por isso te pergunto... se não existe algo para perdoar ou desculpar um ao outro? Será que podemos dar a volta por cima? Será que ainda me amas? Te sentes como eu me sinto?
Quero ter-te nos meus braços novamente.
Voltar a sonhar.
Beijar-te, ver-te amadurecer (o que nunca pude presenciar), envelhecer, aquecer-te os pés, olhar-te nos olhos, sorrir, abraçar-te.
Diz-me se é possível.
Só quero uma resposta.
Um sim, para te receber. 
Um não, para te esquecer.

Leonardo
 
 
(Será que obterá resposta? Amanhã saberão)
 
22
Abr17

[Ficção] Não tenhas dúvidas

Carolina Cruz

15965983_2412029832184032_5226538626968362944_n.jp

 

Desculpa-me, eu disse-te que mudava, mais estúpido fui eu que prometi que o faria. É certo que o disse e que volto com a palavra atrás, mas há factos sobre mim que vais ter de aceitar.
Contigo sempre serei coerente, sempre te respeitarei, sem pressas, com todo o amor que prometi dar-te.
Tu és a minha paz, o meu porto seguro, sem ti, eu sou sempre o que fui, não há volta a dar. Impulsivo, descontrolado talvez, amante da adrenalina e da aventura, da velocidade e da paixão que arrebata tudo. Mas estou contigo, isso não muda, nunca mudará. Prometo-te apenas isso, se algo houver entre nós, nada mais haverá entre nós que nos derrube. Faço-me entender?
Agora faz a tua escolha, sei que não mandaste no teu coração ao te apaixonares por mim, que não tiveste escolha, mas agora tens.
Serás tu capaz de me deixar apenas por isto ou o amor é essa certeza que ninguém entende?
Decide, eu estarei aqui, à tua porta, aguardando um beijo de olhos molhados. Amo-te, disso não tenhas dúvidas.
 
 

 

 
 
 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D