Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gesto, Olhar e Sorriso

Palavras que têm vida.

24
Ago17

Vem, sem demoras!

Carolina Cruz

FB_IMG_1498553359528.jpg

 

Vem, sem demoras. 
A minha alma precisa do teu corpo.
Os meus olhos precisam do teu sorriso.
Pequenas coisas tuas, nossas, que me fazem tão feliz.
Preciso de ti, de nós, simplesmente. Dos nossos corpos expostos na cama, exprimindo tudo o que o coração sente, um desejo, uma conversa boa, bonita, muito mais que isso e não preciso de dizer-te.
Vem almoçar comigo, sujar a barba, falar de boca cheia, fazer-me sorrir.
Chama-me nomes e declara que somos os melhores amigos, vem soltar gargalhadas comigo, vem fazer-me feliz. 
E, para me fazeres feliz, é preciso tão pouco, mas tanto… 
Tanto de ti… um tanto da tua atenção, da tua sabedoria, do teu conforto, do teu amor.
Somente isso, não é pouco, nem muito, mas é tudo.
Vem, traz uma colher, prova este gelado, deixa que o doce te escorregue pela boca, sorri e vem beijar-me com esse sorriso.
Não demores, não demores a chegar, porque é isso que me faz feliz, tu estares, tu existires, de mão dada com a minha, mesmo quando o mundo lá fora teima em virar-se do avesso.
Nos teus olhos, o mundo é feliz, e nos teus olhos... eu tenho mundo!
Vem, sem demoras.

17
Mai17

Eternamente

Carolina Cruz

FB_IMG_1487110585828.jpg

 

 
Percebe uma coisa: É a ti que eu quero, mais ninguém.
Abraçar, beijar, chatear, discutir, abraçar de novo, aparvalhar, amar.
És só tu mais ninguém. É só contigo, mais ninguém.
Não vou amar mais ninguém o resto da minha vida, não vou querer me seduzir por alguém que não tu.
Por isso mesmo quero que entendas que eu não sou uma terra conquistada como faziam os mouros. Não sou uma propriedade tua ou uma medalha que abanas e que julgas que vences.
Eu só te quero a ti, porque nunca me julgaste assim, porque se um dia o fizeres, talvez o meu pensamento mude. Eu quero que sejamos assim o resto da vida, a querer o bem um do outro sem pedir nada em troca.
Eu quero desejar-te e mimar-te para sempre. Também quero que me conquistes todos os dias em que caminhamos lado a lado. Não apenas hoje, mas amanhã também. Não enquanto eu for jovem, bonita e tu um homem atraente e sensual. Não! Eu quero que tu me aceites e me ames aos vinte, quando tudo começou. Aos trinta, quando nos juntarmos numa vida a dois. Aos quarenta, quando for uma mãe por vezes chata ou mandona. Aos cinquenta, quando achar que a vida é uma chatice e me achar que não sou tão bonita como outrora. Aos sessenta e setenta ou quando a morte chegar perto, eu quero que tu sejas vida em mim. Porque eu amar-te-ei de todas essas vezes, em todos os teus recantos, os teus vinte tão bonitos, os teus trinta tão responsáveis, os teus quarenta extremosos e os teus cinquenta a berrar com o futebol. Os teus sessenta e setenta de rugas vincadas e amores-perfeitos.
Amar-nos-emos até quando os nossos corpos não puderem mais, até a nossa alma falar por nós e nos beijar, eternamente.

 

 

10
Dez16

Quero-te.

Carolina Cruz

-22d2437c81a5cdcc.jpg

 

Quero-te.
Quero amar-te, chatear-te, abusar da tua paciência, fazer-te sorrir, chorar a rir, fazer-te bem.
Quero-te bem.
Quero-te. Imperativamente, desalmadamente, já, agora, para todo o sempre.
Sabes porquê?
És tu que me dás vida, fazes brotar o meu sorriso nos dias mais tristes, a coragem nos dias em que só me apetece desistir.
És o abraço em que me quero prender, a saudade que quero abraçar sempre que estas longe, uma saudade boa de te sentir perto, de te sentir sempre, em mim. Quero-te nesse abraço, nessa saudade de ti.
Quero-te.
Quero-te, sempre.

 

(Fotografia do filme "The Choice")

10
Nov16

Amar é muito mais

Carolina Cruz

10446511_515961775277719_3218335180254690611_n.jpg

 

Amar é muito mais que querer ou desejar. Ainda assim se contempla tais atos no amor. Por isso se amar é também desejar então em ti eu quero o mundo, o melhor do mundo. És a verdadeira realidade da integra felicidade do meu ser que se amassa neste abraço que nos completa sem fim.
Que este jovem sabor não esmoreça neste mar que nos embarca e nos faz partir sempre com a consciência que damos o nosso melhor a cada um de nós. E este sentir precisa de ser trabalhado, moldado e criado como se fosse para sempre, só assim há esperança, só assim existe amor.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D