Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Gesto, Olhar e Sorriso

Palavras que têm vida.

23
Jul16

Trazer-te por perto.

Carolina Cruz

Se eu te contasse um segredo tu sabias guardá-lo? Nunca te deixaria só. Já esqueci o prometido e voltei a fazê-lo. Não quero alimentar o ódio que alguma vez possa ter escorrido em minhas lágrimas porque jamais te questionaste se ele corria nas tuas.
Não me quero afastar do que me pode ligar a ti, és forte demais para perder-te.
Já vivemos tanto e alimentámos ainda mais de amizade com mil anos de intervalos e outros tantos com oportunidades de fazer melhor.
Que importa qualquer intervalo se a riqueza diminuta nos traz crescimento? Não recordes o que de triste se passou, pensa antes que foi ultrapassado e que isso te vai fazer correr em frente.
Não espero nenhuma oportunidade para dizer-te que ainda estou contigo, que permaneces em mim.
Não posso julgar pelo que evitei mas posso construir um caminho novo, não existem barreiras que nos impeçam de sentir, temos muros por onde saltar, um futuro em frente para lutar.
Não se constrói uma verdadeira amizade num dia nem esse dia a poderá destruir. Não deixemos! 
Temos a prova de quanto custa estar longe. Dói tanto evitar que não se sente e pior ainda é não sentir.
O intervalo teve um fim e eu provei de novo estar a teu lado como foi sempre, como sei que sempre será. Meu desejo não descansa, simplesmente não se cansa de te trazer por perto.

 

p4.jpg

 

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D