Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Gesto, Olhar e Sorriso

Palavras que têm vida.

06
Mar17

Um novo começo (parte II)

Carolina Cruz

tumblr_n1mvpp7wBg1s2vhu6o1_500.png

 

No primeiro dia, as três amigas deixaram as malas na pousada e foram aproveitar o belo dia que estava para apanhar sol na tão bonita praia da Pedra da Ursa.
As amigas, cada uma com a sua maneira de ser, sentaram-se na toalha.
Mariana era mais reservada, mais complexada com o seu corpo, Sofia gostava de se mostrar o quanto bastasse, ma, Catarina gostava de arriscar, gostava de dar nas vistas, então como ninguém a conhecia por aqueles lados decidiu que naquele dia não deixaria marca no decote e fez topless. As amigas sabiam que perante essas suas atitudes e ar descontraído os rapazes só morriam de paixão por ela, como se só ela existisse. Por muito que não gostassem e se sentissem com uma autoestima mais baixa, ela era amiga delas e sabiam que não era com essa intenção que ela o fazia, mas era sim, a sua forma de ser.
No entanto, nesse dia, Sofia não tinha acordado bem-disposta, as coisas que a amiga fazia ou dizia irritavam-na solenemente.
- Vou molhar os pés. Estou a torrar! – Disse Sofia.
- Eu vou contigo. – Disse Mariana percebendo a situação. – Sofia já sabes que ela é assim, tens de te rir em vez de te deixares irritar.
- Eu sei, que ela às vezes faz figurinhas, que dão mais vontade de rir, mas hoje não estou pra isso não consigo. Estou cansada que sejamos a sombra, e que os gajos com monte de esterco no cérebro e peso na cabeça de baixo só consigam olhar para um corpo bonito.
- Nem todos são assim, eu ainda acredito que há de chegar pelo menos dois diferentes para nós as duas.
- Pois, mas ela diverte-se e nós ficamos a olhar para ela…
- Não me importo nada, eu não preciso de um rapaz para me divertir, se é por causa do sexo? Vivo bem sem ele.
- Olha enquanto esse tal gajo que tu dizes que existe não aparece, vou dar um mergulho, vens?
- Estás louca? Está a puxar bué.
- Mas está bandeira amarela.
- Quase a virar para vermelha, vê lá se tens cuidado contigo, Sofia. Não quero ser tia sozinha.
A amiga riu à gargalhada e entrou no mar. Sofia devia ter dado ouvidos à amiga, porque perdeu o pé. Respirou fundo e tentou sair mas não estava a conseguir.
- Socorrooooo! – acabou por gritar.
Junto dela, Mariana entrou em desespero também, sem saber o que fazer.

(continua...)
 

 

 

 

4 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Parcerias

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D