Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Gesto, Olhar e Sorriso

Palavras que têm vida.

08
Mar17

Um novo começo (parte IV)

Carolina Cruz

mensagens-de-tchau-para-amigos-e-amores-6.jpg

 

- Se o nosso guia fosse um rapaz novo é que era! – Comentou Catarina.
- Fogo! – Ripostou Sofia. – Pareces uma pita, Caty.
- Olha ao menos não rejeito convites de rapazes bonitos…
- Tinhas de vir.
- Estou a responder-te. Pura e simplesmente.
- Meninas! Chega! – Disse Mariana. – Vem aí o senhor!
Um senhor de meia-idade, com muita sabedoria e um belíssimo contador de histórias guiou-lhes o caminho pelo belíssimo Palácio da Pena.
Não era jovem, nem bonito, como Catarina desejava que fosse. No entanto, tinha sido impecável e ensinou muitos assuntos interessantes às três amigas, o que proporcionou uma visita bastante agradável.
No final da mesma, as três amigas foram informadas, que naquela noite haveria uma festa nos jardins do Palácio – a noite branca – a entrada seria apenas cinco euros. Teria a presença de um cantor bastante talentoso e com muita qualidade.
- Vamos? – Perguntou Mariana.
- Estou nessa! – Respondeu Sofia.
- Bora! – Exclamou Catarina

Passado umas horas, as três amigas estavam deslumbrantes, prontas para arrasar. Ia ser a melhor noite das suas vidas! Iam recordá-la para sempre, sem nunca esquecer.
Quando chegaram, Sofia estava decidida a aproveitar o concerto, as baladas que tocavam eram belíssimas, no entanto as outras amigas queriam bebidas.
- Então fazemos assim, vocês vão às bebidas, pedem por mim, e depois vêm ter comigo.
- Não é mais fácil esperares?
- Não.
Sofia queria mesmo ver o concerto, afinal de contas havia algo que lhe dizia que ia adorar aquele concerto, que a iria marcar.
- Vá, até já!
- Até já. – Disseram as outras duas amigas olhando uma para a outra.
Sofia tinha razão quando pensava que aquele concerto a iria marcar, pois quando chegou à frente do palco, pôde reparar que aquela cara não lhe era de todo estranha. Que beleza extraordinário, que sonho feito realidade. Fez-se-lhe luz: Mike. Era o seu super-herói. Era o inglês e simpático Mike.
Se aquele rapaz já parecia ter caído do céu quando a salvara, nessa noite tudo parecia dar-lhe um toque de magia, até o destino… Será que desta vez ela não podia arranjar desculpas para o enfrentar e arriscar o seu mau inglês?

 

(continua...)

 

 

6 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Parcerias

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D