Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gesto, Olhar e Sorriso

Palavras que têm vida.

25
Jun16

Usa e abusa da vida!

Carolina Cruz

15.jpg

 

 

Usa e abusa da vida! Só vives uma vez, ama, ama muito, apaixona-te e vive essa paixão como se não houvesse amanhã e como se fosse para sempre, acredita.
Acredita que és capaz e que és forte, que chegarás longe, luta pelo que acreditas, mesmo que ninguém acredite. 
Tu és alguém e esse alguém é capaz de mudar o mundo, nem que seja um pedacinho. Sorri e sorrir-te-ão de volta.
Não esperes que aconteça, faz por acontecer. Não te compares a ninguém, não te subestimes, nem aos outros. Ninguém é superior a ninguém, todos temos uma história para contar, algo que tem o seu brilhar.
Vive, vive muito! Vive, já!

14
Jun16

Falar de ti

Carolina Cruz

8.jpg

 

Falar de ti, é escrever sobre mim. O meu amor que não se apaga e que me faz viver a cada dia.
Ver-te é desejar não te perder de vista e é amar, amar mais que a mim mesma, já que tanto fazes parte de mim.
Nem um segundo passou e sinto saudade, a saudade que me mói e que me mata, que também me faz feliz na sabedoria do que sou, no que quero que sejamos sempre, hoje e amanhã, todos os
dias.
Pois todos os dias são dias para amar, amar um amor sem fim.

26
Mai16

Liberto-me de tudo, em ti

Carolina Cruz

38.jpg

 

Vamos chorar sozinhos, procurando sonhos juntos. Fugir do espaço que foi nosso, que deixou de ser, abandonar o ambiente que nos destrói por dentro.
Somos pedaços de alguém que não é o que os outros querem que sejamos mas não desistimos por isso. Lutamos por um dia só, o hoje, para agarrar somente o que pode ser nosso: o amanhã.
Companheiro de caminho, fazes o teu percurso longe dos que te deixam só. Não preciso de mais, preciso apenas da tua companhia, preciso do teu sorriso, o espelho da alma que faz feliz.
Liberto-me de tudo o que me deixa em baixo, libertando-me até de mim, estou só, em ti.

 

[foto: Blue Valentine]

01
Mai16

Cada toque seu (parte V)

Carolina Cruz

V.jpg

 

Quando a vi correr como quem foge do destino, também o medo se apoderou de mim, junto do sentido máximo de proteção, queria protege-la com todo o meu amor, abraçá-la como se abraça o tempo e o próprio coração.
Percebi que ela não era apenas mais uma, naquela hora soube que não podia brincar com os seus sentimentos, pois magoá-la era quebrar-me a mim também.
Então corri até ela, queria provar-lhe que não magoaria nem tão pouco a sua alma. Abracei-me a ela e chorámos os dois como quem perde perdão por um mau começo. No entanto não é preciso pedir perdão, mas sim falar por gestos, mostrar que a partir de então será diferente, que ela será a dona dos meus pensamentos, e que eu serei o homem da vida dela, deixando que o tempo escute que o melhor é nos termos um ao outro, sem rodeios, sem dramas ou manias, porque o amor nos dá alento, nos faz querer a paz de um abraço feliz.
O amanhã será o que ambos escolhermos: o amor, sempre.

 

(Fim.)

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Parcerias

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D