Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gesto, Olhar e Sorriso

Palavras que têm vida.

22
Out15

Em ti.

Carolina Cruz

88.jpg

 

Aguardo a tua chegada, da mesma forma que não te deixo partir. Quando estás, ninguém me afasta o sorriso e se choro és o meu consolo.
Em ti eu descanso neste porto seguro que não me abandona e me faz ir mais além do que parece possível.
O impossível parece evitar a nossa presença de sentir, não se acomoda, nem nós, os anos que vivemos juntos, não deixarmos que o tempo passe por nós em vão, é um sonho, neste rio que nos invade, que não tem foz nem fim.

15
Out15

[Cinema] Era uma vez

Carolina Cruz

54.jpg

 

"O difícil é ser honesto" 

É o que nos deixa encantados pelo filme brasileiro "Era uma vez" - a honestidade do verdadeiro amor, que não prefere origens mas que se faz de escolhas.
Ela ama-o do jeito que ele é, e ele já a amava nos seus sonhos. A sua doçura encantou-a e nada mais importa. 
Têm vidas sociais e económicas diferentes, mas o amor une e torna poderosa essa tão grande diferença. 
A princesinha dos seus olhos é real como todo o envolver da história, que nos prende e nos amarra até ao fim, com percalços e tristezas, mas com sentimentos sinceros e felizes, que nos fazem morder de medo e de surpresa, pois o amor mata, mas se for verdadeiro vive eternamente! 

 

 

12
Out15

[Ficção] Longe do seu mundo

Carolina Cruz

16.jpg

 

Mais um dia começava, longe de todo o mundo, a inquietude de estar distante de outra gente que é para si, um porto seguro, afectava-os. No entanto, todo o amor que tinham um pelo outro faziam-os mais fortes, mais capazes de acordar para um novo dia e agarrar os seus sonhos com maior leveza. 
Mesmo que a lágrima escorregasse, a esperança era um tanto maior, e o orgulho uma forma de continuar. 
Como eles milhares arriscam sair de casa por uma vida melhor, capaz de sustentar os seus desejos e apostar no futuro, mas eles melhor que ninguém sabem que estar longe mói, absorve e dói, muito. 
Porém juntos são uma força da natureza, são um abraço que o futuro precisa para agarrar a vida. Porque o amor é a nossa casa mesmo quando nos sentimos sós.

 

 

 

 

Fonte da imagem: facebook

04
Out15

Dia mundial do animal.

Carolina Cruz

1979723_228136487393584_2523184735450412230_n.jpg

 

Vejo o mundo pelos meus pequeninos olhitos, mas vejo tanta coisa e nem sei por onde começar.
Quero explorar todos os recantos e aprender muito mais daquilo que sei, quero saber muito.
Há um mundo para lá dos meus olhitos, que transparecem tanta doçura, na magia do saber ser de amor.
Eu sei que há em mim tanto e desejo milhares e milhares de momentos de ternura que eu sei que existe, meu lugar é o mundo que me ama, que me respeita e que me deixa viver.
Eu, com os meus olhitos pequeninos, aprendi a amar desde que sei que existo e é tão bom!

 

(Fotografia da minha autoria)

24
Set15

É isto que é o amor?

Carolina Cruz

89.jpg

 

É isto que é o amor? Olhar nos teus olhos e ver que apesar de tudo, apesar de não saber o que nos concede o futuro, que é contigo que quero adormecer todas as noites e acordar ao amanhecer com um beijo.
É olhar-te por dentro e sentir o teu coração a bater, conseguir ver a criança que há em ti e imaginar-te a envelhecer a meu lado de mãos dadas.
É isto que é o amor? Sentir que nem as manhãs de mau humor nos afetam nem tão pouco discussões ou birras. 
O amor sem palavras não existe, sem fases más é uma rotina, o amor está na variedade da vida e do sentimento à flor da pele, é ser-se sincero num mundo que é real mas também sonhador, pois o amor é tudo aquilo que há de melhor em nós.

 

Fonte da imagem: Facebook

21
Set15

Tudo o que sou és tu.

Carolina Cruz

69.jpg

 

Não apagues a minha marca, pois quero ser tua, envelhecer do teu lado, sentir-me completa a cada dia.
Não duvides que o que sinto é infinito e que, no fundo, tudo o que vivo amo e não sei explicar, porque é amor.
Contigo, não quero mais ninguém, contigo o meu sorriso tem um significado e tudo é mais leve, a vida é mais fácil de se encarar, os problemas são pequeninos quando o teu abraço é maior que tudo o que tenho e me faz tão feliz. Porque se num minuto me revolto contigo, no minuto seguinte moro nos teus braços e te prendo em mim, para sempre, pois no recanto do que és, é tudo o que sou também.

17
Set15

[Ficção] Ela..

Carolina Cruz

8.jpg

 

 

 

Os seus olhos sempre brilhavam ao vê-la. Era como se nada mais existisse, nem mundo, nem ninguém, nem mesmo os problemas, pequenos, grandes ou graves.
Tudo o que ele queria era rever-se nesse olhar, num presente infinito e amá-la até ao fim do seu fim, seja como e quando for. 
Ela dava-lhe toda a vida do mundo e o seu sorriso tinha um brilho maior que todas as estrelas do céu. 
Ela era e será, para sempre, o melhor de si e também, a sua história.

 

 

 

 

 

* Fonte da imagem: Facebook

24
Ago15

[Simplicidade da vida] fazer as pazes

Carolina Cruz

8.png

 

 

 

A melhor parte de discutirmos é considerarmos, voltarmos atrás e pedirmos desculpa.
Depois de dizermos tudo aquilo que sentimos e até chorarmos, o beijo tem um sabor mais sentido e tudo é infinito, pois o melhor de fazermos as pazes é pertencer-te, é ter a prova que te tenho, que nos temos um ao outro, independentemente de tudo, porque é raro e não existe amor sem discussão, faz parte do fogo da nossa paixão.

 

 

Fonte da imagem: Facebook

09
Jun15

Ter-te em mim

Carolina Cruz

 

tumblr_ma42b85djY1qgcuf9o1_500.jpg

Adoro as ondas do teu corpo, adoro vê-las dançar sobre o meu. Adoro ter-te e saber-te de cor mesmo de olhos fechados. És o pecado que mora no meu coração, és tudo aquilo preciso numa noite de amor e isso basta-me. Adoro morar no teu peito. Sentir o seu calor e sentir-me em casa. Sentir tudo o que és invadir-me a alma de forma inquieta e que me arrepia, que me faz sentir vivo e desejar tudo pela eternidade. Porque só tu me envaideces e me fazes esquecer tudo com esse teu jeito que me prende de desejo insano e ao qual eu não sei resistir, mas não me importo porque eu quero viver-te por inteiro e sentir-te como uma parte de mim que jamais morrerá.

 

Fonte da imagem: piclist.com

16
Mai15

O amor (não) é...

Carolina Cruz

10481709_267141273493105_183801104659389897_n.jpg

 

 

 

 

Numa relação, se dói, se magoa, se fere, não é amor de verdade. Pois o amor verdadeiro respeita, abraça e cura qualquer alma triste, desvendando os segredos mais bonitos da nossa existência e do prazer e poder de estarmos vivos.
O amor sempre nos leva no barco do sonho que navega num rio e uma realidade que pode terminar mas sem esquecimento. Porque o amor verdadeiro não escolhe finais felizes, mas apenas certezas de que se é verdadeiro não tem fim.

 

 

 

 

Fonte da imagem: Facebook.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Parcerias

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D