Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gesto, Olhar e Sorriso

Palavras que têm vida.

21
Abr16

Ao perder-te só ganhei

Carolina Cruz

625543_408408772594453_1245836956_n.jpg

 

 

Em toda a parte corres em busca de alguém como eu.
Por irremediável culpa te sentes preso.
Entregaste à paixão e quando abres os teus olhos a vontade que tens é de chorar, porque não sou eu que lá estou a teu lado.
Quem já não chora, sou eu.
Desde que desejaste partir para outros braços que em vão te tocaram, aprendi que a ti só te tenho de mostrar o meu sorriso, aquele que em tempos foi uma máscara e hoje é uma certeza de que eu nada perdi e que ao perder-te só ganhei. Tu nem por isso.

13
Abr16

Pergunto-me

Carolina Cruz

40.png

 

Como pudeste fazer-lhe isto? Pergunto-me. 
Partir-lhe o coração? 
Nunca reparaste no quanto ela é realmente bela? Como o seu olhar é profundo? E que o seu coração é enorme e forte? Aquele que também quebra e tu quebraste-o.
Pergunto-me como consegues, tu que lhe pertences e eu com desejos de tomar-lhe o coração e dar-lhe o melhor de mim. 
Olho para ela e sinto que não é justo, chorar por alguém como tu. Eu jamais a faria chorar.
Realmente nunca amamos quem deviamos e quem desejamos sempre ama quem não deve, pelo menos comigo é assim, mas um dia...
Um dia ela ainda me há-de amar e eu não a deixarei chorar e se o fizer adormecerá nos meus braços, onde calarei suas lágrimas e abraçarei o seu sorriso com desejos de para sempre ficar naquele abraço.
Por favor, dá valor ao que tens, senão tomarei o teu lugar.

27
Mar16

O elo do amor

Carolina Cruz

46.jpg

 

 

 

Há histórias que marcam tanto, que deixam marca uma vida inteira, assim como segredos e ligações que precisam de ser limados a cada dia e que se tentarmos esquecer a cada minuto, não esquecemos de verdade. 
Quando algo nos magoa ou nos deixa tão bem, necessitamos de precisar todos os sentimentos que nos envolvem e se for preciso chorar, para depois então sorrir, porque se não chorarmos, o nosso sorriso não existe ou então é pouco ou nada mais que amarelo e morto.
Há histórias de amor que nos ligam e que nos prendem e por serem tão especiais e tão fortes fazem-nos chorar e sonhar, aprender também um pouco.
O filme "O elo do amor" fala-nos exatamente sobre isso, sobre as marcas, os sentimentos, segredos, amizade e muito muito amor, aquele a que chamamos de verdadeiro, aquele que traz promessas cumpridas.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Parcerias

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D