Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gesto, Olhar e Sorriso

Palavras que têm vida.

02
Dez16

[O teu olhar] Dezembro está de volta

Carolina Cruz

João Pires.jpg

 

Dezembro está de volta.
Vem carregado com o seu frio característico e a sua neve que mesmo arrefecendo as mãos, aquece o coração com brincadeiras em família.
Dezembro está de volta. Já? É verdade, parece que foi ontem que 2016 estava a começar e agora pouco falta para terminar.
O tempo voa, o tempo é uma constante rapidez, ontem ainda era Agosto, hoje embrulhamo-nos nas mantinhas, no consumismo natalício e na sua magia das pequenas coisas.
O Inverno virá com o seu chocolate quente, com os presentes variados e a neve que cai no beiral fazendo com que desejemos que os nossos sonhos maiores se concretizem, e que o novo ano venha com saúde e mais felicidade, aproveitando cada segundo desta vida que passa na rapidez de um piscar de olhos.
Por isso vamos ser felizes em Dezembro, vamos ser felizes no ano inteiro que virá.

 

(Fotografia do simpático João Pires, do blog "anjo da esquina", visitem porque o João tem muitas histórias para contar neste olhar e noutros muito bonitos) 

29
Nov16

[O teu olhar] Será que és capaz?

Carolina Cruz

André Carvalho.jpg

 

Pus as tristezas de lado, decidi começar a correr, tornou-se paixão, amor, dependência, energia para sobreviver.
A correr visto a capa e torno-me o herói que sempre sonhei ser em pequeno.
Olho a paisagem. Aprendi a gostar das pequenas coisas da vida, contentando-me com toda a sua beleza. Isso basta-me.
Como a natureza é bonita, sinto-me parte dela, sinto-me de cara lavada, de alma leve. Agradeço a Deus por mais uma vitória, e se não for o caso, agradeço mais uma luta que me levou mais além.
Não quero parar, se parar morro, quero ir até ao fim do meu fim, este ainda não é o meu limite, não é a minha meta, a verdadeira meta não me interessa se for apenas para atravessar, eu quero ver nela um ideal.
Este é o meu sonho e sendo assim ninguém me pode parar, se quiseres fazê-lo só tens de me conseguir apanhar, será que és capaz?

 

 

 

[fotografia da autoria de André Carvalho]

23
Nov16

[O teu olhar] Depois de toda a luta

Carolina Cruz

19. Telma Cardoso.jpg

 

Atravessei a areia, não alcancei o que desejava, corri pela água sobre o rio da minha vida.
Meu Deus, tantos obstáculos e adversidades empataram o meu caminho, mas ainda bem que surgiram para eu dar valor na hora em que cheguei à meta.
Se eu tivesse escolhido o caminho mais fácil, sem nenhum desafio ou sem qualquer cascata de medos e frustrações, eu não teria história alguma para contar. De que me serviria chegar à meta por chegar? Se calhar era apenas mais uma vitória que não teria qualquer significado, que passado poucos dias iria esquecer.
O mesmo acontece com os sonhos e com a vida. Custa lutar, custa sofrer, cair, mas levantarmo-nos é o mais importante.
Depois de toda a luta e sofrimento, a vitória é a luz mais feliz do caminho e então aí saberemos agradecer de coração.

 

[Fotografia da autoria de Telma Cardoso]

01
Nov16

# Uma foto por dia: Setembro e Outubro!

Carolina Cruz

Uma foto por dia está de volta, e caramba... só faltam 2 meses para este desafio terminar. Não dá para acreditar pois não? Parece que foi ontem que iniciei este desafio, que já pensei em desistir, mas cá estou eu com ele quase terminado. Vamos recordar o mês de Setembro e Outubro? Bora lá!

 

Setembro

1.jpg

243/366 - sê bem vindo Setembro com  de verão.
244/366 - vida difícil desta sexta-feira!
245/366 - pequenos prazeres de verão.
246/366 - começos.
247/366 - vista para o rio.

2.jpg

248/366 - os meus gatos de loiça
249/366 - muito bem instalado, sem dúvida
250/366 - lugares eternos
251/366 - atualizando-me.
252/366 - como não ter preguiça?


3.jpg

253/366 - sestando
254/366 - enquanto se folheia um livro, viaja-se.
255/366 - o meu lugar preferido de trabalho. Só eu me entendo na minha confusão.
256/366 - A escolha para a sessão de hoje!
257/366 - o segredo para começar o dia com alegria!

4.jpg

258/366 - cucu, gulosa!
259/366 - o fenómeno (sempre) na (minha) #visão!
260/366 - "fui colher uma romã" às 6h30 da manhã
261/366 - amanhecendo na cidade
262/366 - começar o dia forte (em chocolate)

5.jpg

 

263/366 - tão bom 🎶 #bobdylan
264/366 - a minha lady bebé
265/366 - sou grata.  
(em breve, no blog)
266/366 - perdidos pelas aldeias serranas. 6.jpg

 

267/366 - vista de uma janela improvisada 💛#istoélousã
268/366 - qualidade de vida!
269/366 - tardes perfeitos #semfiltros #lousã
270/366 - não... Consigo parar! #castle #series — em Lousã.
271/366 - o meu lado mais guloso
272/366 - a preparar um post no blog sobre a Lousã, em especial o Talasnal
273/366 - Quem passa não fica indiferente.  #lousã #talasnal #ocurral

 

Outubro

 

7.jpg

274/366 - quando o trabalho rende, a vontade é de não parar.
275/366 - Mia, manta, sofá e Axn? Já cheira a Outono
276/366 - bom dia alegria!
277/366 - perfeitos encontros de luz.
278/366 - recordando tempos de escola #malhação#tvglobo
#newwave
8.jpg

279/366 - bom dia!
280/366 - Espírito natalício com o Castle! #mantinha #series #castle #viciossaudaveis
281/366 - a devorar! #adorolivros #gayleforman#apenasumano
282/366 - já sabe bem!  #preguicite #outono
283/366 - as memórias são uma constante. Por isso - vive - faz acontecer.

9.jpg

284/366 - "perfeto"
285/366 - finalmente meu!! Ansiosa para ler 💙#afteryou #jojomoyes #mebeforeyou #loveinbooks#leituras
286/366 - ideias, começos, caminhos de um sonho que não pára de crescer!
287/366 - É isto que eu mais gosto nos dias frios #cha #livros #gayleforman
288/366 - sem vontade de me levantar, pus-me a ler e estou quase quase a terminar! #gayleforman#apenasumano #bookstagram

10.jpg

 

289/366 - "E digo ao mundo que o mundo é teu" #chichicama #radiocomercial #miguelaraújo
290/366 - "Gazas a Teus" 'tou a adorar!! #afteryou#jojomoyes #literatura #booklovers #bookstagram
291/366 - cores e cheiros de outono #outono#instagood #onephotoaday2016 #rain
292/366 - as gatas devorando castle!
293/366 - A motivação para correr  #osazeitonas#bomgostomusical #musicinstagram#musicaportuguesa

11.jpg

294/366 - divagando. #photo #instaphoto#pensamentos #room #life #onephotoaday
295/366 - Malta de Coimbra e arredores, o novo e espetacular café aguarda a vossa visita! Um lugar agradavel e acolhedor com bom gosto e muita simpatia! Visitem! [ Foto @diana.ft.r ] — com Paulo Azevedo.
296/366 - Eu que nada sou sem música!
297/366 - perfeitos momentos de leitura!
298/366 - outono

12.jpg

299/366 - quando vais de boleia mas tu é que escolhes q música! 👌 #musicinstagram#musiclovers #cronicasdacidadegrande#miguelaraújo
300/366 - "Now you see me." #cinema #magic#ilusion
301/366 - relaxando! #descanso#malhação
302/366 - tarde de verão em pleno outubro
303/366 - boa companhia, boa música e um lugar fantástico #spot #qb — com Q.b. Restobar em Q.b. Restobar
304/366 - outono com calor e boas leituras
305/366 - bom dia!  #sky #photography#instaphoto
#morning

 

Bom feriado! Sweet November

01
Out16

Folhas caídas no chão

Carolina Cruz

18.jpg

 

Em todas as histórias das nossas vidas há sempre algo por contar, algo que não se sabe, que não se cura, marca e deixa saudade.
Há histórias guardadas em silêncio, choro, mágoa de um prazer passado, hoje só murmura o segredo, e o sorriso toma conta de algo que será sempre em vão. Teremos sempre azar quando não lutarmos pelo que acreditamos mas é frustrante quando se deu tudo e as esperanças desabam no chão como uma folha que cai num Outono gelado.
Não, custa esquecer, custa acreditar, mas hoje tirei o dia para pensar em mim, não sou o papel que se escreveu, em que se fez uma marca e se deitou fora, não, sou muito mais que isso, sou uma história com um passado contado e um futuro feito para contar, não tenho nada para oferecer nem nada por onde me agarrar mas… a vida sempre me ensinou a dar a volta por cima, a ser mais forte que qualquer obstáculo e hoje? Hoje faço-te frente, sou mais forte que a tua própria força e a minha indiferença toma conta desse esquecimento que inicialmente foi teu e hoje...é nosso.

28
Ago16

Meu mar.

Carolina Cruz

1.jpg

 

Meu mar, toma o rumo que nunca tomaste, arrisca o leme, liberta a raiva que tens dentro de ti e respira liberdade.
Liberdade é o que sinto quando corro para ti num abraço eterno de respeito.
Cresci a teu lado e tu vês como já não sou a criança que a teu lado gritava mas sim a mulher que ousa amar tua vontade.
És imortal e vives com o dom de sentir e tocar os sentidos do Homem, dominando o mundo.
És o desejo que guarda meus desejos, o amigo que vai e que volta sempre ao mesmo lugar, que embala meus sonhos e não me deixa naufragar.

22
Jul16

[O teu olhar] ar puro

Carolina Cruz

4.jpg

 

Ar puro, não há nada melhor que respirar aquilo que sou, na ninha essência. 
Este caminho onde vagueio traz muito de mim, memórias do que sou, das lembranças que me viram ser alguém, evoluir e ser o que sonhei ser um dia. 
Em mim trago a saudade que canta no peito e tantas histórias que tenho a esperança de um dia serem minhas, pertencentes a esse amor que ainda não tem rosto, mas que eu sei que será eterno, esse amor que completa e respira junto nessa essência que me determina e me faz ser quem sou.

 

Fotografia da autoria de Liliana Pereira 

17
Jul16

[O teu olhar] A vida é breve.

Carolina Cruz

16. Alucinações da alma.jpg

 

A vida é breve, leve, efémera, tudo é passageiro. Como um barco que navega e usufrui da passagem que se expõe na sua margem.
Navega na vida como se de uma viagem ela se tratasse, e não é que é mesmo?
Planeia o futuro, mas não te percas no caminho, o teu presente é o agora, nesse rio onde encontras gente que canta, que encanta e desencanta e que traz a sua história, que sempre deixará uma marca. Pequena ou grande, boa ou má, essa marca mão te pode afundar. Não percas os teus passos nem deites fora os teus lemes, não deixes por ninguém de navegar, porque de ti gostar irá contigo até à foz desse rio e te abraça no seu leito com um sorriso.

 

Foto da autoria da Vanessa Pereira do blog Alucinações da alma.

09
Jul16

Nas margens do rio

Carolina Cruz

20.jpg

 

Queria sentar-me de novo aqui, nas margens daquele rio, apreciar toda a sua liberdade que canta.
Como gostava de poder ser tão livre como tudo o que nele corre, toda a sua calma, tranquilidade. As lágrimas escorrem-me pelo rosto com um sabor a frustração desgastante que me remói e me apaga.
Queria-te do meu lado, para veres os meus dias passarem contigo, aí sim, eles seriam mais completos e fariam ainda um maior sentido, mas que posso eu fazer? Queria-te roubar e não te perder nunca mais. Quanto falta para te ter comigo para sempre? Agarrar-te e não te deixar ir, não preciso dizer que tenho saudades, era uma fútil expressão de sentimento que se torna a cada dia que passa mais forte.
Longe, vejo o longe passar a meu lado, e o sorriso esboça numa metamorfose inquieta, só aqui não há um custo, só a natureza não nos pesa, não nos pede um custo de vida, mas sim implora-nos para viver.
 
 

 

03
Jul16

[O teu olhar] Sob a paisagem

Carolina Cruz

Sob a paisagem deleito-me com um sorriso verdadeiro, sonhador. Tu despertas tudo o que de bom em mim vive, libertando-me de tudo o que é mau.
Quero ficar para sempre aqui, junto desse sorriso doce e leve, onde tudo é mais verde, pintado com esperança.
Sou a tua mulher menina de olhos brilhantes, aquela que te promete tudo e que o cumpre, promessas de uma vida que me fará ter-te para sempre, não somente no agora.
Moras na paisagem feliz da minha vida, revejo todas as datas e todos os momentos passados e também tu vives neles, tornaste-me no que sou, realidade fiel e feliz, e então eu convido-te a fazer, todos os dias, parte do meu futuro. E juntos poderemos ir, sem voltar, ao mais belo recanto da nossa ilha, que nos vive e nos encanta de amor.

sob a paisagem.jpg

 

[Fotografia da autoria da Isabel Quental, a "Rapariga dos Açores", um blog bastante simpático e com paisagens lindíssimas, visitem]

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Parcerias

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D