Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gesto, Olhar e Sorriso

Palavras que têm vida.

19
Mai19

[Resenha Literária] "Não há longe, nem distância" de Richard Bach

Carolina Cruz

IMG_20170309_0200.jpg

 

Um livro que é, na minha opinião, uma verdadeira obra-prima, porque cada coração pode obter dela, uma diferente interpretação. Esta é a minha:
Richard Bach apresenta-nos neste livro um hino às pequenas coisas, que têm tanto significado. Mais importante que as coisas materiais, são os amigos, os sentimentos pelas pessoas de quem gostamos, as emoções que os momentos nos oferecem. Mesmo que ninguém entenda, o importante é que nos sintamos presentes e amados. Estar presente, nem sempre significa estar junto. Como tenho lido em muitos lugares, para se ser um amigo não é preciso estar, é preciso ser. E ser-se é a coisa mais bonita que existe, só o coração pode contemplar, porque se somos importantes para alguém estaremos constantemente presentes no seu ser, mesmo que naquele dia não estejamos fisicamente. A amizade é um anel fino que só os amigos conseguirão ver e que é infinito, "não há longe, nem distância" que possa pôr em causa uma amizade verdadeira e esse valor é mais importante que qualquer pedaço de ouro!
Aconselho vivamente a leitura deste livro tão pequenino, mas tão grande e tão completo! 

18
Mai19

[Resenha Literária] Vem à quinta-feira

Carolina Cruz

250x.jpg

 

Que escrita esta! Que pensamentos íntegros e de uma tamanha inteligência! Chegou-me a faltar o ar de tão bom! 
Uma poetisa contemporânea com muita garra nas palavras, que nos faz querer ler e chorar por mais! Com poemas e sentidos que me deixaram a pensar "que jogo maravilhoso de palavras"!
Este livro é uma compilação de vários poemas de Filipa Leal e aconselho vivamente aos fãs de poesia e a todos em geral!

18
Mar19

[Resenha Literária] O Bom Inverno

Carolina Cruz

photo_2019-03-17_20-13-09.jpg

 

Confesso que já seguia o percurso do autor há já algum tempo nas redes sociais e a curiosidade em lê-lo sempre fora uma constante, a qual só agora pude matar.
"O bom inverno" é um livro brilhante, cheio de suspense, mistério e com um enredo incrivelmente brilhante.
Esta história é narrada por um homem invulgar, escritor fracassado e hipocondríaco, que faz uma viagem que muda a sua vida, conhece pessoas que o desviam para a maior aventura de todos os tempos, uma aventura cheia de acontecimentos que ele jamais julgara presenciar, entre morte, dor e também um pouco de alegria insana!
João Tordo tem uma escrita solta, as suas descrições não são massudas e encontramos palavras muito interessantes que são pouco usadas e para quem lê e escreve é muito construtivo ler este autor.
Foi a primeira leitura que fiz, mas sem dúvida alguma que quero encontrar-me de novo nas páginas de outros livros de João Tordo.

06
Mar19

[Resenha Literária] Enquanto o tempo quiser

Carolina Cruz

“Enquanto o tempo quiser” é o primeiro livro da autora de Sara Macedo Afonso.
É um livro de poesia, com os primeiros poemas escritos pela Sara.
Esta leitura trouxe-me grandes sorrisos e fez-me recordar quando também eu escrevia poesia.
A autora aborda vários temas, muito pertinentes e muito interessantes!
Há juventude nas suas palavras, nota-se que é o princípio do seu trabalho, porém não é por essa razão que é menos importante ou menos intenso, muito pelo contrário, a poesia da Sara agarra-nos, faz-nos querer ler mais e mais, pois vivemos com a mesma intensidade que ela escreve, com força, com coragem, com a libertador de abraçar esta arte tão bonita das palavras.
Para quem gosta de poesia aconselho vivamente!

photo_2019-02-24_22-32-04.jpg

 

Podem seguir a Sara Macedo Afonso através das suas redes sociais e conhecer melhor o seu trabalho:
https://www.facebook.com/pg/SarAnaMAfonso
https://www.instagram.com/sarana.m.afonso/


04
Mar19

[Resenha Literária] "Mel" de Michelle Cascais Rita

Carolina Cruz

MEL mockup 5 (1).jpg

 

Eu que não gosto de mel devorei “este”. Eu que não gosto de mel deliciei-me com “este”. Que livro poderoso, que boa energia, que mágico!
“Mel” fala-nos de um forte amor de dois jovens, que tinha tudo para dar certo, mas que se ficou pelo tempo e pela memória de um passado saudoso e doloroso, sempre com esperança de um reencontro. 
Um livro que nos faz viajar entre Aveiro e Nova Iorque, com cheiro a juventude, a mar e a doçura! 
Uma história que nos mostra que amar nem sempre basta, que os erros do momento podem mudar uma vida por completo. 
A escrita de Michelle Cascais Rita tem uma escrita doce, aventureira, carregada de poesia e empolgante!
Um livro que aconselho vivamente! 

02
Mar19

[Resenha Literária] Amizades Improváveis

Carolina Cruz

Amizades Improvaveis.jpg

 

A minha quarta leitura do ano é um livro divertido que fala de coisas bastante sérias - é assim que defino o livro “Amizades Improváveis”.
Este livro fala-nos de Ben e Trev, duas pessoas bastante diferentes e que por essa razão criam essa “amizade improvável”. No entanto, irão perceber que não são muitas as suas divergências. 
Ambos têm um sentido de humor muito forte, porém há mil histórias de dor por detrás de alguns sorrisos mais amarelos e dessas piadas constantes que contam um ao outro.
Trev sofre de distrofia muscular, que o colocou numa cadeira de rodas e, a qualquer momento, entre a vida e a morte. 
Ben, o seu cuidador, tem uma depressão grave e vive ainda agarrado a um passado familiar bastante doloroso.
É quando decidem fazer uma viagem que a vida de ambos muda. Aprendem que o futuro pode reservar mais coisas bonitas que o presente e que viver agarrado ao passado não ajuda a seguir em frente. 
Encontram pelo caminho várias personagens igualmente divertidas e com a sua história de vida intensa e cheia de peripécias para contar.
Um livro cheio de intensidade e juventude, que nos deixa a refletir e nos traz a esperança de que melhores dias sempre existirão nas nossas vidas.
Leiam, vão adorar!

05
Fev19

[Resenha Literária] Rafael, fé, amor e esperança

Carolina Cruz

 

rafael_f_amor_e_esperana_capa_ebook.jpg

 

A terceira leitura do ano é muito especial, por milhares de razões.
Este livro é uma biografia de Rafael Ramos, escrita por Rui Miguel Saraiva.
Falar deste livro é muito fácil e, na verdade, muito difícil, pois todas as palavras são poucas para definir a força deste tão grande ser humano.
O Rafael nasceu sem pernas, apenas com um braço e desengane-se quem pensa que ele se resignou à sua condição, pelo contrário, é um homem com "H grande" e que desafia constantemente todas as suas adversidades.
É claro que teve os seus momentos menos doces e mais cruéis, mas "lutar" e "viver" são os seus nomes do meio e é por isso que, para todos nós, o Rafael é uma verdadeira inspiração. Ele joga futebol, ele faz surf, ele ama, ama a vida inteiramente, tendo sempre presente um sorriso!
Este livro, para quem não conhece o Rafael, é um verdadeiro "abre olhos", pois tantas vezes dizemos "não consigo", "sou tão triste" e o Rafael mostra-nos que tudo é possível, que basta sorrir para a vida. Para quem o conhece apenas fundamenta mais a essência da sua resiliência, uma vez que o Rafael é daquelas pessoas que são uma lufada de ar fresco na nossa vida e por quem temos orgulho de chamá-lo de amigo!
Parabéns Rafael, todo o sucesso do mundo, como tu tanto mereces!
Leiam, vale (muiiiito) a pena! 

03
Fev19

[Resenha literária] O lugar onde as ondas nascem - Carla Ramalho

Carolina Cruz

285x.jpg

 

E é isto: continuo rendida às publicações da CoolBooks! Por isso, hoje venho-vos falar da minha segunda leitura do ano: "O lugar onde as ondas nascem", da autora Carla Ramalho.
Já tinha lido "Pelas ruas de uma cidade sem nome", um romance bonito e desafiante, cheio de suspense.
Este livro não lhe fica atrás, tem uma história original, um romance dramático e misterioso que nos faz querer saber mais e mais e no fim, ainda continuamos com água na boca.
A história deste livro passa-se numa ilha incomum, com demasiados mistérios e mortes estranhas.
O protagonista é um médico (Vicente) que desembarca naquele lugar para exercer a sua profissão, mas o que descobre vai muito além daquilo que devia saber e as consequências estão à vista de todos... Quais serão?
Mais um bom livro da "CoolBooks" que aconselho vivamente!

02
Fev19

"O coração vive de sorrisos"

Carolina Cruz

Meus sorrisos, 

Eu sei, é verdade que ando mesmo muito ausente do blog, que embora diga que vou fazer por manter isto "atualizado", não tenho conseguido! Por culpa do meu livro ando mais pelas redes sociais Facebook e Insta. 
Porém, gostava de vos atualizar e falar um pouco sobre ele, aqui neste meu velho cantinho!
O meu primeiro livro "O coração vive de sorrisos" tem sido uma óptima surpresa, tem superado as minhas expectativas e isso deixa-me muito grata e feliz. 

Por isso, decidi partilhar convosco algumas opiniões de leitores:

48394832_371916513354330_1806764833006157824_n.jpg49261857_383845088828139_6328311436489523200_n.jpg

49812727_383844992161482_3651739580568174592_n.jpg

49946759_383845158828132_3823796498726912000_n.jpg

49947865_383845068828141_2785522613441527808_n.jpg

50272814_383845042161477_4773083141290065920_n.jpg

50327581_383845125494802_385506952999862272_n.jpg

50451898_383845222161459_4679343100642983936_n.jpg

50679334_383845182161463_4206711649417035776_n.jpg

51095816_391519918060656_1100285941659992064_n.jpg

Obrigada a todos os que têm lido, partilhado e publicado opiniões! Sou-vos mesmo muito grata!

Se estiverem interessados em adquirir um exemplar para vocês, entrem em contacto comigo através do e-mail: ocoracaovivedesorrisos@gmail.com
Ou através das seguintes páginas, por mensagem privada:
https://www.facebook.com/carolinacruzautora
https://www.facebook.com/ocoracaovivedesorrisoslivro/ 

19
Jan19

[Resenha Literária] "A Cabana"

Carolina Cruz

transferir.jpg

 

Se há um livro que nos deixa a pensar é este.
"A Cabana" de WM. Paul Young, emotiva até os menos crentes.
Este livro fala-nos de Deus, mas não é na sua definição e conceito que o livro se baseia.
"A Cabana" conta a história de Mack, um pai presente, amoroso e que ama a sua família, um ser humano completo e feliz, até ao dia em que o seu mundo desaba e a sua filha mais nova, Missy, é raptada e todas as suspeitas são de que foi violentamente assassinada.
Após esse trágico acontecimento, Mack vê-se a braços com "A grande tristeza" entrando numa grave depressão, até ao dia que uma mensagem de Deus muda tudo. A sua percepção do mundo, do perdão, da relação com Ele e com os outros.
Como digo, até os verdadeiros descrentes terão um pouco de fé, talvez até na humanidade, ao ler este livro.
Uma história que nos emociona, nos fala de amor e de perdão, pelos outros, pela vida.
Novas e segundas oportunidades surgem sempre que estejamos dispostos a mudar!
Foi, sem dúvida, a melhor forma literária de começar o ano.
Leiam, aconselho vivamente!

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Parcerias

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D