Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gesto, Olhar e Sorriso

Palavras que têm vida.

06
Ago16

Sob a timidez aquecida

Carolina Cruz

49.jpg

 

Passeio a minha mão pelo teu rosto, o teu sorriso desperta-se com medo, o alcance de um beijo está tão perto da luz do raiar das estrelas que brilham sobre o luar.
É tão simples e tão difícil entender o destino e tão fácil de o definir: amor.
Fecho os olhos e a leveza da minha alma sente-se, nada me pesa, tudo se vive com um passo atrás do outro, um dia de cada vez.
Sob a timidez aquecida na dança dos nossos corpos estendidos na areia, o que vivemos tem agora um sabor mais vivo, um escaldante apaixonado e eterno amar que se evita mas que se escolhe, que se sente e não se esquece. Que se vive até que se morre.

 

Foto do filme "The last song"

18
Jul16

Contigo as horas...

Carolina Cruz

10.jpg

 

Contigo as horas parecem segundos, sabem sempre a pouco, mas hoje o sol insiste em permanecer nesta praia e neste dia que parece não ter fim.
Não quero, jamais, que o Verão parta assim, sem nos abraçar um pouco mais.
No cheiro da maresia e do tempo, queremos que este momento se eternize no nosso infinito e nos deixe aqui ficar, na juventude do que somos, no nosso eterno Verão!

01
Jul16

Quero o sol.

Carolina Cruz

17.jpg

 

 

Quero o sol, os banhos de calor, os beijos salgados e os momentos que nascem para jamais morrerem.
Tenho saudades de partir, de viajar, de lutar pela liberdade e conhecer novos caminhos para ser feliz.
As noites são sonhos e o calor aquece os corações, as mãos dadas e os sorrisos cantam.
Os lugares parecem ter uma maior beleza e os sentidos que lhe damos é maior.
No Verão a esperança muda e os dias parecem não ter fim.

01
Dez15

Este amor que nos apetece

Carolina Cruz

4.png

 

 

Tenho saudades da lua que nos guiava o caminho nas noites de verão, em que crepitavam sonhos por entre ruelas de amor.
Falo e não me esqueço de todas as palavras que foram ditas e do seu jeito nu. Pedaços de luar que nos afastam e nos aproximam neste jeito de nos pertencermos. 
É a realidade que abraça o que temos, este amor que nos apetece, que nos vive, para sempre.

 

 

25
Jul15

[Simplicidades da vida] Dias longos

Carolina Cruz

10423971_249201618620404_4482113391707922026_n.jpg

 

 

Eu gosto dos dias que parecem não ter fim, quando o sol traz a energia que basta para sorrirmos, para sermos felizes.
Adoro os dias em que a noite demora a chegar e o calor abraça o que a vida tem de melhor, refrescando-nos com a água que parece trazer-nos o mundo numa brincadeira, apenas num momento tão cheio de bons sentimentos e sensações.
Não me canso de ser feliz se o sol estiver comigo, se puder adormecer ao quente, derretendo-me no frio da água que me encanta num jeito simples de se ser feliz e é aí que penso que é preciso tão pouco para sorrir. Vem sol, vem e sorri.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Parcerias

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D