Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Gesto, Olhar e Sorriso

Palavras que têm vida.

03
Fev16

[Ficção] Amo-te

Carolina Cruz

Sonhei que te rendias aos meus sentimentos, sim, aqueles que com medo, sempre procuro esconder.
Sonhei que me amavas, sem precisar de dizer que todos os dias da minha vida, nos últimos anos, me rendia ao teu olhar, adormecendo desejando tê-lo, desejando que ele refletisse o meu.
Sonhei que eu tinha o teu amor e te falava sem temer dizer tudo aquilo que em mim vive.
Sonhei e acordei com determinação a fazê-lo, porque a vida são dois dias e se te perder apenas por sentir, então é porque nada fomos e nem amizade existiu.
Amo-te.

36.jpg

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Parcerias

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D