Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Gesto, Olhar e Sorriso

Palavras que têm vida.

03
Set15

[Ficção] Amo-te, em segredo.

Carolina Cruz

17.jpg

 

Amo-te, em segredo, não quero dizer a ninguém, pois nem as paredes sabem que nunca amei assim outro alguém. 
Quando falo em ti, todas as palavras faltam, mas nunca fica nada por dizer, porque também os gestos falam. 
Há uma vontade incontrolável de te ter que até um cego vê, porque não se sente pelo olhar, vê-se pelo coração, o tamanho desta minha paixão. 
O segredo é desvendado a cada segundo em que canto uma serenata ao teu luar, porque eu sei que o futuro sabe que um dia me hás-de amar, para sempre.

31 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Parcerias

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D