Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Gesto, Olhar e Sorriso

Palavras que têm vida.

01
Mar19

[Ficção] Não dá para adiar este amor

Carolina Cruz

52643771_612644062519100_4004912026898923520_n.jpg

 

Não dá para adiar este amor.
Não há como guardá-lo para amanhã.
É urgente o que sinto por ti, é urgente amar-te como se isso cumprisse a minha vida.
Não posso deixar para depois porque, embora te escondas, sentes o mesmo que eu.
Porque teimas em destruir-te se é paixão ardente aquilo que me queres dar?
Sê impulsivo, para de pensar, o nosso amor é tão certo na minha pulsação que nada pode ser errado!
Do que estás à espera para te lançares nos meus braços? 
Ama-me, beija-me a pele, os lábios, enamora-me por completo!
Corrompe-me, abraça-me e deseja-me ainda mais.
Prende-me em ti, faz do que sou um ser inquieto e assume essa paixão dentro de mim, despe-me a alma, que o meu corpo já é teu. 
Vens?
 
 
 
 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Parcerias

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D