Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Gesto, Olhar e Sorriso

Palavras que têm vida.

13
Mai16

Em silêncio

Carolina Cruz

5.jpg

 

Apetece-me deitar sobre as nuvens, sentir-me em toda a minha plenitude e depois, devagarinho voar.
Não quero ir longe, quero ficar perto, voar apenas com o coração.
Não existe amanhã, pois o rio corre lentamente e pede apenas o descanso, descanso da vida que levou no passado, que trouxe consigo nas águas do seu leito. Talvez, talvez também ele gostaria de voar mas talvez não soubesse para onde iria, não tem asas nem pernas para andar, no entanto sabe como correr.
É preciso desligar do tempo que fere, do tempo que destrói, do tempo que mata, é preciso fechar os olhos e deixar cair o esquecimento, somente em silêncio.

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Parcerias

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D