Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gesto, Olhar e Sorriso

Palavras que têm vida.

20
Set18

[O teu olhar] A humildade e a lua

Carolina Cruz

Cláudia Fernandes (4).jpg

 

Um dia a lua perguntou-me porque é que eu sorria tanto como o sol. 
Eu corei, disse que admirava as suas estrelas, as que lhe faziam companhia no céu, à noitinha, e ela disse que nada serviam porque brilhavam apenas quando todos os outros seres dormiam, eu falei-lhe de humildade e disse que as valorizava.
Contei-lhe então que o meu sorriso brilhava tanto como o sol, mas que preferia continuar humilde como as estrelas. Que sorria para fazer alguém sorrir, que o que fazia na vida era mais por amor do que para ter sucesso, porque aprendi com alguém que vive no céu, que é uma estrela agora a brilhar, que se tentarmos brilhar como o sol, podemos encadear os outros com a nossa excentricidade, mas se formos humildes como as estrelas um dia os mais belos sonhadores revelarão a nossa beleza.

_________________________

Fotografia da autoria de Claudia Fernandes

19
Set18

No teu abraço

Carolina Cruz

41647155_530437774073063_5215772829307371520_n.jpg

 

Deixa-me demorar no teu abraço, deixa-me morar dentro dele, deixa-me fazer do teu abraço a minha casa, do teu amor a minha mais bela arte. Com o teu sorriso pintas o meu mundo de forma (tão) mais bonita, que não existe espaço no meu peito para tamanha gratidão.
Demora-te em mim, sorri-me que eu adoro ver-te sorrir, mesmo quando o mundo não quer, quando a vida conspira em deitar-te a baixo… Estou aqui, sorri, sorri-me, abraça-me, que tudo ganha cor.
Sei de cor cada traço teu e cada feito do teu corpo, do teu feitio e mau génio, mau humor, gosto de ti mesmo quando não me sorris, quando choras, quando amuas mas queres por dentro soltar uma gargalhada. 
És tão difícil, tão bonita, tão certa e tão pura, fazes-me ver o mundo de um outro prisma, fazes-me gostar da vida, de viver, aprisionas todos os meus medos e leva-los para longe.
Amo-te e quero amar-te todos os dias da minha vida. 
Abraçar-te até sentir-te tremer de frio porque a pele não aquece mais.
Abraçar-te até os nossos braços não terem mais força para nos apertarmos.
Quero morrer velhinho no teu abraço. Porque nele renasci, vivi, quero lá perder-me e partir.
Abraça-me, não demores, abraça-me já, que o tempo é tão curto.
 

 

18
Set18

Poder te amar.

Carolina Cruz

41697968_531029280680579_8000245452094046208_n.jpg

 

Entro de mansinho no quarto, pé ante pé e sorrio, dormes como um anjo, não existe tristeza no teu rosto, no teu dormir e sonhar há a ingenuidade de uma criança.
Já não durmo há algumas horas, o meu corpo teima em acordar cedo mesmo sem ser preciso, mas volto à cama para te olhar demoradamente, para me aperceber que embora a vida me empurre contra a maré, tem uma magia diferente por te poder olhartodos os dias de forma inocente, com um beijo que nos faz sentir de novo infantis, arrepio-me, solto um riso baixinho de tão grande significado. 
"Bom dia", digo-te ao acordares! Permaneço aqui neste amor longo e desejo que todos os dias possam ser assim, com esta paixão de manhã à noite e ao acordar, porque o que me mantém sã é poder te amar.

17
Set18

[Ficção] Sou filha do mundo!

Carolina Cruz

41675809_531449163971924_2293125507971022848_n.jpg

 

Não me abandones, não me prometas mundos e fundos se não me puderes dar aquilo que tanto sonho. Aprendi a gostar de ti, a amar-te talvez um pouco, mas só irei ter a certeza de que é isso que chamam de amor quando não me rejeitares. A minha vida foi feita de perdas e de desilusões, três famílias não me quiseram e eu voltei sempre à estaca zero, a ser de novo recém nascida, querendo os braços de uma mãe, o problema é que não sou mais miúda, tenho doze anos e sei o que é a dor, conheço com sabedoria o facto de não poder agradar a todos, mas não preciso pois não?
Família mesmo que não seja de sangue, deverá entender que todos temos os nossos defeitos e é nos feitios que somos diferentes dos outros animais e somos ser humanos, que nos tornamos especiais ou não.
O facto de ter sido rejeitada toda a vida faz com que tenha medo do amor, não te vou tratar mal, mas até provar que me amas realmente vou ser, talvez, indiferente, mas não ligues, esta é a minha carapaça, não te quero abraçar sem ter a certeza de que é para sempre, sabes? Dói não ficar. Mas ama-me, e amar-me é entender tudo isto, entender que sou filha do mundo, mas posso ser a tua filha também.
 
 
 
13
Set18

[Cinema] Sierra Burgess is a Loser

Carolina Cruz

MV5BMTU5Mjc4NTM2Ml5BMl5BanBnXkFtZTgwMjMzMzA5NTM@._

 

Netflix, obrigada por existires! 
Mais um filme cliché talvez, mas que adorei imenso, porque tem uma mensagem poderosa!

"Sierra Burgess Is a Loser" é um filme original da Netflix, que nos fala sobre estereótipos, amor e beleza interior.
Um rapaz bonito e interessante quer conhecer a rapariga mais popular da escola e pede-lhe pessoalmente o seu número  só que esta engana-o, dando-lhe outro número que não o dela. De quem será esse número? O que irá acontecer?
Jamey engana-se diariamente e apaixona-se por alguém que julga que conhece, a pessoa com quem troca mensagens é bonita, inteligente, com quem conversa horas a fio sem se cansar, ela é apaixonante... Mas quem será? E quando ele souber a verdade?
Um filme divertido e comovente, que nos fala ao coração sobre a amizade e a forma de ser de cada um, demonstrando-nos que somos importantes à nossa maneira.

Curiosos? É só procurarem na Netflix, que vão adorar!

 

 

13
Jul18

[O teu olhar] Nunca te esquecerei

Carolina Cruz

36545541_469316760185165_8070220553929097216_n.jpg

 

Imploro ao teu coração que não pare. Eu sei que precisas de partir, que ele está fraco, que é um esforço tremendo ainda estares connosco. 
Eu sei que estou a ser pretensioso, egoísta, mas o que será do meu coração quando o teu deixar de bater?
Baterá com dor, com rancor a Deus, por te ter levado consigo. E bate, baterá como sempre, com uma enorme gratidão por te ter conhecido, por te ter pertencido. 
Obrigado, meu amor, por todo o amor que me deste, por todo o apoio que me deste quando só me apetecia chorar, obrigado por seres o meu eterno sorriso. 
Tenho a certeza que o céu ficará mais feliz, mais colorido, as estrelas brilharão com mais intensidade, porque estarás lá, a brilhar também, a mostrar a tua luta, a tua sabedoria, carregada de uma alegria que não deixa ninguém indiferente. 
Porta-te bem, meu amor. 
Serei sempre teu, sempre fiel.
Cuida de ti até ao dia em que poderei ser eu de novo a cuidar do teu coração.
Amo-te, meu amor. 
Nunca te esquecerei. 

_______________________________

Fotografia da autoria de Manu Pereira do blog:
https://existeumolhar.blogs.sapo.pt/

 

 
12
Jul18

Ficar.

Carolina Cruz

large (6).jpg

 

 
Gosto do teu cheiro a mar, do teu sabor salgado.
Leva-me pela corrente fora e deixa-me beijar-te o corpo, admirar-te como uma deusa e abraçar o teu coração.
Deixa-me ficar, porque ficar é a forma mais bonita de se amar.
Permanecermos ao lado de quem amamos mesmo quando o destino nos tenta virar as costas é a prova mais bonita de amor.
É acreditar que todos os dias esse sentimento vence e não apenas um Verão, não apenas enquanto somos jovens ou enquanto o prazer durar.
É ficar...
Ficar e ter prazer em olhar-te apenas, em chamar-te de minha namorada, dar-te a mão.
É acreditar mesmo em dias menos felizes, que melhores dias virão!
11
Jul18

[Cinema] Midnight Sun

Carolina Cruz

share-image-seed-5b1b05c1d2dd6.jpg

 

Mais uma leitura indispensável e um filme maravilhoso!
Baseado no livro com o mesmo nome (“Amar-te à meia-noite” em português), este filme tem um toque juvenil e divertido, enquanto se fala de algo bastante sério.
Kate sofre de XP, uma doença que a impede de estar exposta ao mais pequeno raio de sol, sofrendo queimaduras graves e consequências fatais.
Kate vive com o pai, viúvo, que dá a vida por ela, é um pai dedicado e com quem ela tem uma relação bastante próxima. Porém, ela tem um sonho, o mesmo sonho que a fez ultrapassar os anos a fio passados em casa – a música. E Charlie, o rapaz dos seus sonhos.
Tudo muda no dia em que terminam o secundário.
Convencendo o pai, Kate consegue ir tocar guitarra à noite para a estação de comboios, onde o destino cruza o seu caminho com o de Charlie. 
Um amor livre, juvenil, poderoso, que nasce entre os dois, o que nos prova que o amor e aquilo que sentimos é muito maior e mais importante que a nossa condição.
Uma história maravilhosa, de superação, amor e amizade.
Aconselho vivamente o filme, mas é claro, aconselho que leiam o livro primeiro!

 

 

 

27
Jun18

Vou sempre te amar!

Carolina Cruz

large (2).jpg

 

A chuva lá fora, a correr pelos beirais.
Fazes insónia no meu corpo com o teu sorriso.
A tempestade inquieta, o frio fora de época e o calor dos nossos corpos nus dentro destas quatro paredes.
Sorris e eu sorrio.
Delicias-me, neste gosto selvagem e intemporal que é estarmos juntos.
Que o nosso amor sempre floresça, mesmo em dias de chuva, porque é nesses dias que ele se sustenta. Não nos dias cinzentos lá fora, mas os da alma, nos dias em que esquecemos quem somos e deixamos que a tempestade nos envolva.
É com a mão no teu peito, admirando a tua nudez, que te imploro para que saibamos sempre ser o sol um do outro e que ele brilhe no nosso olhar
Adormeço no teu colo e agradeço este despertar constante. És a aurora dos meus dias. O meu acordar. 
E enquanto os meus olhos se fecham, dizes-me baixinho:
- Vou sempre te amar!

 

 

 

______________________________

 

Photo by Larissa in "we heart it"

23
Jun18

[Ficção] Serás sempre.

Carolina Cruz

NELSIEK.jpg

 

Eu sou uma merda!
Acredita que daria o mundo por ti. Esta vida e outra que vivesse, mas sempre que penso em defender-te, em ser o melhor para ti, o melhor para os dois ou para que algo entre nós resulte, sai-me sempre tudo ao lado e faço mais asneiras do que, na verdade, te merecer.
Sou um falhado e falho tantas e tantas vezes contigo, que é isso mesmo: não te mereço.
Porém, o facto de dizer que não te mereço, não significa que não te ame profundamente, que não goste de ti verdadeiramente, simplesmente faço tudo errado.
Eu amo-te, tanto, só quero que entendas isso, e embora eu seja uma besta quadrada que não sabe nada sobre o amor ou relações humanas, amo-te como nunca julguei amar alguém e por saber disso te deixo ir, deixo que partas da minha vida, por saber que serás mais feliz sem mim e sem os meus erros.
E agradeço-te profundamente por ver nos teus olhos a compreensão e o amor que nunca esquecerei. Um dia quem sabe, se tudo não se irá resolver e, quem sabe aí ainda poderei amar-te por completo. Se isso não acontecer, só desejo que encontres alguém que respeite a mulher fenomenal que és, que te ame como a mulher da sua vida, porque eu sei que, apesar de tudo, serás sempre a mulher da minha.

______________________________________

Photo by Nelsiek in "we heart it"

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Parcerias

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D