Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gesto, Olhar e Sorriso

Palavras que têm vida.

10
Jul18

[Resenha Literária - Chiado Editora] O homem que me fizeste ser

Carolina Cruz

250x.jpg

 

 

 

Já há alguns anos que sigo o trabalho fantástico do André Sousa no seu blog “Pedacinhos de mim para ti”.
O André tem uma escrita suave, mas muito intensa e neste livro não é exceção.
“O homem que me fizeste ser” é um diário de um homem que ama, de um homem que escreve diariamente o seu amor, a sua paixão eterna.
Um homem sem medo de dizer o que sente, sem medo de amar plenamente, de sentir, de chorar. 
Retrata a sua dor, a saudade, o amor, o desejo carnal, o prazer, a juventude e um envelhecer nos braços de quem se ama. 
Um livro encantador que nos faz pensar que nunca devemos deixar de dizer o que sentimos e que a vida e o amor são a nossa existência, essenciais à nossa vida.
Aconselho vivamente a leitura deste livro!

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Parcerias

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D