Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gesto, Olhar e Sorriso

Palavras que têm vida.

27
Mai17

[Resenha Literária] Até que a doença nos separe

Carolina Cruz

93515960-352-k113970.jpg

 

 
É interessante como a escrita pode, realmente, ser uma paixão comum do ser humano e, na maioria das vezes, essa paixão tende a nascer cedo.
João Jesus e Luís Jesus são dois jovens bloggers (letras aventureiras) de 14 anos, amantes da escrita e esta é, para eles, um sonho, que têm vindo a concretizar em livro.
"Até que a doença nos separe" é o segundo livro destes irmãos, sendo este o seu primeiro livro na Capital Books.
João e Luís apresentam neste livro a história de dois adolescentes (Rui e Molly) com gostos e vidas diferentes, que se apaixonam.
Rui tem leucemia e combate esta com bastante humor.
É um romance que envolve aventura, dor e paixão. É divertido e engraçado!
Fez-me lembrar quando também eu comecei a escrever, fez-me relembrar os velhos tempos. Têm uma escrita jovem e que expressa a sua idade, uma vez que vai ao encontro da vida e maturidade destes jovens escritores.
Curiosos? Tratem de ler!

 

 
19
Mar17

[Resenha Literária] Um dia disseste que devia escrever um livro

Carolina Cruz

2b8b4d6fae60265047e70b8fa4ef9996.jpg

 

 

"Um dia disseste que devia escrever um livro" é o primeiro livro da autora Patrícia Rebelo.
Este primeiro livro de Patrícia é uma biografia onde narra a história da perda de dois anos de memória após ter sido operada a um ouvido.
Patrícia leva-nos a pensar no que faríamos se já não nos lembrássemos de quem somos, porque quando acordou da operação, Patrícia não se lembrava do ano em questão, é como se tivesse entrado numa máquina do tempo e tudo o que parece ficção é, na verdade, uma história bem real.
Patrícia acorda e não se recorda de Filipe, o namorado, pois se retrocedermos a dois anos (e uns outros antes - o começo do livro) o seu coração palpitava por Diogo, por quem volta a palpitar devido à perda de memória.
Como terá sobrevivido Patrícia a este encontro sem saber que é com o passado ou mesmo sabendo vai ao encontro da ausência de sentimentos por parte do seu querido amado?
Neste livro, a autora demonstra um grande crescimento ao longo dos tempos, a sua força e coragem para viver uma nova vida e mil e um sentimentos com que lidar, numa escrita de fácil leitura.
Um livro com uma mensagem forte que nos faz pensar que, podemos e devemos recomeçar, mesmo quando não existem forças em nós, porque cada dia não é apenas um dia mas sim uma aprendizagem para sermos melhores. Uma aprendizagem para toda a vida.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Parcerias

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D