Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gesto, Olhar e Sorriso

Palavras que têm vida.

25
Nov18

[Cinema] Pedro e Inês

Carolina Cruz

Pedro e Inês.jpg

O amor faz-nos dementes, transcende o imaginário, assola-nos. O amor é o motor da nossa vida, do nosso corpo, da alma, daquilo que somos.
Porém, nem todos compreendem o caminho que o amor nos faz seguir, não há passado, presente, nem futuro que os façam entender.
O amor abraça-nos, torna-nos mais leves, mas também nos mata…
“Pedro e Inês” é um filme poderoso, que tal como o amor nos transcende, nos movimenta, nos apega e nos aprisiona!
Baseado no romance de Rosa Lobato Faria intitulado “A trança de Inês” (o qual ainda não li, mas tenho bastante curiosidade), realizado e produzido por António Ferreira, é carregado de poesia e alguns talvez não entenderão a sua complexidade bonita. 
Continuo a dizer que temos muito boa produção em Portugal, que devíamos dar-lhe mais valor!
Eu adorei e vocês já viram?

 

17
Mar17

[Cinema] Amor Impossível

Carolina Cruz

542905.jpg

Nem sempre ouvimos quem nos quer bem. Morremos por um amor impossível e dizemos dar a vida a esse amor como nas vidas literárias que nos amarram o peito a sonhos irreais.
Até onde somos capazes de ir por amor? Que sentimentos nos traz a morte de alguém tão próximo? Quando vemos o nosso caminho perder-se sem respostas?
Cristina acha que o amor é em determinado em estado liquído como o sangue, como o sémen, como a água sem a qual não sobrevivemos.
Um conjunto de factos que nos faz pensar, a nós e a um casal da PJ que investiga o caso do desaparecimento dessa mesma jovem.
Desaparecimente esse que faz pessoas à volta reconstruir as suas vidas, repensando o significado do amor.
"Amor Impossível" é um filme portugues de António Pedro Vasconcelos que vale a pena ser visto, porque nos fala sobre a violência e o perdão, com fantásticos papeis interpretados pela Vitória Guerra e José Mata.
Vejam, porque o cinema português também tramas de muito boa qualidade, é o caso de "Amor Impossível".

 

 

04
Mar16

Dois grandes filmes portugueses

Carolina Cruz

Um funeral à chuva

32.jpg

 

"A imortalidade ganha-se nas relações com os outros"
Não importa a tua carreira, o teu cargo, não importa o que julgam de ti, a tua fama ou o teu dinheiro, o importante são as amizades verdadeiras que constróis.
Amigo é um dom, todas as suas memórias, momentos partilhados com um grande amigo é a dádiva que ele nos dá: a sua amizade...
Por tudo isso será sempre nosso, amigo até aos confins do tempo. Nas lembranças e nos nossos corações permanece vivo, é Eterno!
"Um funeral à chuva" é um filme português com todo o mérito e qualidade.
Repito: Portugal devia dar maior valor à cultural nacional!
Espreitem, não se vão arrepender:

 Os gatos não têm vertigens

cinecartaz.publico pt.jpg

 

“Os gatos não têm vertigens” é um filme português de António Pedro Vasconcelos.
Confesso que a primeira vez que vi o trailer no cinema não fascinou de todo, mas depois de ver este filme, pude provar como estava redondamente enganada.
O filme conta a história de um rapaz chamado Jó, que à mercê da sua própria ditadura: a família (ou a falta dela) em que cresceu, procura um encosto onde dormir depois de ter sido posto fora da sua própria casa.
Cruza caminho com a velha viúva Rosa que de velha só tem a idade e é neste encontro que ambas as personagens provam que tal como o amor, a amizade não escolhe idades. E a verdadeira amizade baseia-se no respeito e na confiança de que cada um é.
Um encontro e uma amizade que muda tudo, mas sobretudo a forma de Jó encarar e levar a vida. A prova de que o mundo é um lugar melhor se procurarmos afetos e sentimentos verdadeiros e que tudo é mais simples na ponta de uma caneta.
Uma amizade que nos faz rir e chorar, numa história comovente e bonita, com um pingo de esperança a quem assiste a este filme.
Já disse e volto a dizer: vejam cinema português, porque é preciso dar valor ao que também se realiza por cá.
Vejam, vale a pena, é um filme merecedor de todos os prémios conquistados!

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Parcerias

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D