Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gesto, Olhar e Sorriso

Palavras que têm vida.

07
Nov17

[Cinema] AMAR

Carolina Cruz

MV5BMzBkZDQ0MTEtYjcwMi00ODFiLTliZDQtNmJkZWU1MDUxOW

 

AMAR
Amar puramente, desenfreadamente, descontroladamente.
Amar ontem, hoje, como se não existisse amanhã.
Amar sem nexo, sem cor, sem jeito, sem controlo. Amar simplesmente. Loucamente, de forma desmedida.
"AMAR" é o nome do filme espanhol de Esteban Crespo. 
Um filme ousado, despreocupado, que nos envolve de suspense e curiosidade. 
Conta a história de Laura e Carlos, que com apenas 17 anos, vivem uma relação intensa, de tal forma que chega a ser doentia, controladora, sufocante, mostrando-lhes que o amor também tem o seu lado mais inseguro, quando respiramos somente paixão e nada mais.
Os ciúmes, as desconfianças e as paranóias, o lado mais negro de se amar. 
O sexo, a loucura e a culpa envolvem-nos nesta trama que não é das melhores, mas que tem qualquer coisa que atrai a atenção do início a fim do filme.
Vejam e tirem as vossas próprias conclusões.

 

 

23
Set17

[Cinema] Capitão Fantástico

Carolina Cruz

334533_pt.jpg

 

Muito bem cotado pelo IMDB, “O capitão fantástico” é um filme genial, que envolve drama e comédia de uma forma bastante inteligente e interessante.
O filme retrata a história de uma família criada na floresta e que se vê obrigada a encarar o mundo real da civilização, o qual desconhece.
Ben decidiu criar os seis filhos com regras rígidas que incutem a sobrevivência e a força. Não vão à escola e é Ben quem lhes dá aulas.
Este pai faz-nos questionar muitos pontos errados da nossa educação, enquanto educadores, enquanto escola, sobre o consumismo e como preparamos os nossos para a vida. 
Eles estão bem preparados para sobreviverem, são forte e resilientes, mas estão eles preparados para encarar este mundo real? O que sabem eles sobre os sentimentos? A relação com os outros?
Até que ponto, este pai que quer o melhor para os seus filhos, está a fazer realmente o melhor? Por que razão o decidiu fazer? Não terá sido uma opção radical? Mudará o rumo das suas vidas?
Vejam e reflitam!
 
 
 
 

 

 
28
Mai17

[Cinema] A estranha vida de Timothy Green

Carolina Cruz

1-copy.jpg

 

Um filme simples, encantador e cheio de fantasia que nos emociona.
Embora estranha, a vida de Timothy Green, é uma história que tem uma mensagem incrível.
Afinal de contas, se sonharmos, se escrevermos, se desejarmos muito e lutarmos ainda mais, conseguimos concretizar todos os sonhos que tinhamos por cumprir.
Cindy e Jim são um casal unido, cheio de cumplicidade, que deseja somar o seu amor, mas para sua tristeza não poderão ter filhos. Como sonhar depois disto? Como vencer depois de todas as derrotas? As suas vitórias depois de todos os deslizes terá um nome - Timothy, a sua força da natureza marcará até o coração mais intocável.
Um filme interessante e comovente para toda a família.

 

20
Abr17

[Cinema] Barefoot

Carolina Cruz

217074.jpg

 

O amor pode surgir por tudo e por nada, quando procuramos ou quando não contamos, por alguém que conhecemos há muitos anos ou apenas há um minuto.
O amor é talvez o sentimento mais forte, mais estranho e mais incompreendido que o Homem pode sentir. No entanto, é por ele que corremos o mundo e é ele a nossa salvação, queiramos ou não.
"Barefoot" é um romance incomum, que mistura drama real com uma comédia engraçada e no final surge uma mensagem extraordinária. Porque, na verdade, o que ligaria uma rapariga com um diagnóstico de esquizofrenia internada num centro psiquiatrico a um rapaz viciado no jogo, portador de vários vícios e detenções?
Ele é um mulherengo, um homem de uma família rica, que sempre habituado a esbanjar dinheiro não tem projetos de futuro.
Ela é uma rapariga inocente, pouco experiente na vida, no contacto social e no amor.
Os seus caminhos cruzam-se nesta história em comum, mas o que é que será que os liga?
Deixei-vos curiosos? Então vejam o filme, porque tal como eu vão adorar!

 

 

30
Mar17

[Cinema] The light between oceans

Carolina Cruz

light_between_oceans_ver2_xlg.png

 

“The light between oceans” é, como tenho vindo a dizer, um filme incrível, forte, soberbo.
Fala com a nossa consciência e a sua moral é simples, num filme tão intenso e complexo.
A verdade é que existem erros que mudam toda a história de uma vida, os erros principais desta trama mudam o rumo da vida de meia dúzia de pessoas, todas elas, claramente ligadas entre si.
Erros esses que são tidos como imperdoáveis, mas é aqui que podemos falar sobre a moral deste filme e também sobre o perdão.
Jamais conseguiremos viver em paz e com um sorriso, felizes connosco mesmos sem nos perdoarmos a nós mesmos e aos outros.
Este é um filme não só de reflexão, mas que nos deixa intrigados – afinal, podemos nós fazemos juízos de valor perante o sofrimento de alguém?
Uma história dramática, de amor intenso, que entrou diretamente para o meu top de filmes.
Vejam, na minha opinião vale realmente a pena.

 

 

27
Mar17

[Cinema] Meet my valentine

Carolina Cruz

meet-my-valentine.jpg

 

“Meet my Valentine” é um filme que joga com o humor e o drama e que nos faz pensar: “o que faríamos ou sentiríamos se o nosso fim estivesse perto e nós soubéssemos disso?”.
Tom, um pintor e um homem atarefado, com uma mulher e uma filha maravilhosas e uma vida de sonho, descobre que tem um tumor cerebral irreversível e o seu primeiro pensamento é arranjar um sucessor, um pai para a sua filha, um homem para a sua mulher.
Conseguirá ele resistir a todas estas adversidades que o coração lhe traz? Quanto não custará entregar a sua vida a alguém em troco de uma garantia de proteção e amor aos seus após partir?
Nós podemos escolher o nosso destino, mas não podemos fazer ou querer criar o destino dos outros.
Tom conta os segundos, os minutos, e as incertezas de que amanhã será um novo dia ou o último, a intensidade com vive esses mesmos momentos é cada vez maior, entre lágrimas, gargalhadas e amor, este rapaz percebe que não está certo, que não é altura para partir, que não consegue ser forte o suficiente para terminar tudo…
Quanto tempo lhe resta? Que destino escolherá ele para a sua mulher? Ou para sua morte? Vejam, porque dá (muito) que pensar!

 

19
Fev17

[Cinema] And While We Were Here

Carolina Cruz

And-while-we-were-here1-e1382745935569.jpg

 

Uma relação de amor precisa de ser baseada em respeito, atenção, carinho, apoio. E não mentiras e omissões. Precisa de ser levada de forma séria, mas com leveza de um ser jovem. Mais importante que dizer “estou aqui” é estar realmente. Precisa de ser alimentada todos os dias senão poderá morrer.
A relação de Jane e Leonard já teve dias melhores e o seu amor vê-se conturbado por milhares e milhares de acontecimentos. E a força que os devia unir só os afastou.
Jane é uma jovem com baixa autoestima, já há muito que não se sente uma mulher a sério. Leonard vive obcecado com o trabalho, como defesa para não enfrentar todos os seus problemas.
O casal viaja para Nápoles por causa do seu trabalho, e é nesse lugar que tudo muda, quando Jane conhece o jovem Caleb, que lhe dá tudo o que precisa – carinho, atenção, autoestima, sangue novo.
Será que a sua relação irá sobreviver a todas estas omissões?
Um filme bonito e por ser um pouco dramático, deixa-nos sempre uma mensagem que dá que pensar.
 

 

14
Jan17

[Cinema] Knock Knock

Carolina Cruz

Knock_Knock_poster.jpg

 

 

“Knock, knock” é um filme do qual eu ainda não encontrei palavras para descrever de tão ensurdecedor e empolgante que é.
Este thriller deixa-nos com o coração nas mãos, sem ar, enraivecidos, capazes de entrar na história e tomar certas decisões.
Para quem gosta de filmes de ação, drama, e tensão psicológica este é o filme ideal para se escolher.
Será que devemos realmente ajudar pessoas estranhas mesmo com ar angelical? Podemos cair nas teias de um enredo e de um terror do qual podemos não sair vivos, e se sairmos deixa-nos marca para toda a vida.
Por isso, quando fores abrir a porta, pensa duas vezes. Ao aceitares ajudar alguém, pensa três. Ao cederes, pensa mil.
E pensa em ver este filme porque tenho a certeza que vais adorar.

 

 

11
Nov16

[Cinema] Patch Adams

Carolina Cruz

p16.jpg

 

A mensagem de "Patch Adams", ficará sempre guardada em quem vê este tão fantástico filme.
Com ele, aprendemos que não importa qual seja a nossa formação ou a nossa condição, o importante é termos um sorriso nos lábios pronto a ser enviado para outro alguém e mais importante ainda que isso é termos sonhos, sonhos que salvem vidas, não só falando em evitar a morte, pois Adams sabe muito bem que ser médico é muito mais que isso.
Médico não é só quem nos salva da morte, mas sim quem respeita a nossa vida, dando-lhe uma melhor qualidade enquanto cá andamos, porque é isso que vale a pena: ouvir uma gargalhada de peito aberto, um sorriso de orelha a orelha.
Porque todo o ser humano precisa de ser tratado pelo nome, não com indiferença como se de mais um se tratasse, cada um é um ser único e que tem as suas necessidades.
"Patch Adams" é um filme que todos devíamos assistir, pois aprendemos tanto, a sorrir e... a chorar.
É Robin Williams na sua essência, um eterno artista!

 

 

09
Nov16

[Cinema] Mystic River

Carolina Cruz

p30.jpg

 

“Mystic River” de Clint Eastwood apresenta-nos uma história brutal com grandes atores, como Sean Penn.
Se gostas de filmes policiais, de mistério e suspense, “Mystic River” é ideal para ti.
Um filme que nos chama a atenção logo de início e que sustem a nossa respiração até ao final: mas quem será que fez tal atrocidade a uma jovem de 19 anos? Mil suspeitos aparecem na trama e te aparecem na mente, mas a história dá uma reviravolta impressionante, dá voltas e voltas e baralha-te, prende-te.
A revolta de tragédias, a luta de um pai e a história de três amigos após tantos anos.
Confuso? Tudo se torna claro se o vires!

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Parcerias

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D