Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gesto, Olhar e Sorriso

Palavras que têm vida.

20
Jul16

[Simplicidades da vida] andar descalço

Carolina Cruz

11.jpg

 

 

 

Quando andas descalço, estás perante um espírito calmo, de paz, sentindo a Terra e todo o universo que te contempla, como se estivesses perante o mundo.
Andar descalço é sentir a natureza no seu esplendor, é caminhar sob a tua infância, porque todo o corpo sabe e rejuvenesce quando descansas e andas descalço. Pois vives e sentes o que a vida e a natureza têm de melhor: a sensação de se ser livre!

23
Jun16

[O teu olhar] Nos olhos verdes de esperança

Carolina Cruz

rita oliveira a rapariga das sardas.jpg

 

Neste reflexo que os meus olhos transbordam jamais irá existir tamanha pequenez, porque olho o mundo como um abraço de criança. Com as suas singularidades, inocências mas saberes e sabores oportunos.
Não, não quero com isto dizer que olho o mundo com imaturidade, mas de forma genuína. Porque afinal não é assim que o petiz pinta o seu lar? De cores coloridas, de sorrisos, de alegria!? É assim que quero pintar a minha vida, nos olhos verdes de esperança e no sabor de ser e saber que é verdade tudo aquilo que sinto de alma e coração.
Em busca vou pelos meus sonhos, lutando afincadamente, é esse espírito, da criança que não morre em mim, que me faz ir à luta, sorrir, renascer a cada dia e viver. Com este olhar que me diz o quanto sou feliz!

 

 

(Fotografia da autoria de Joana Henriques, enviada pela Rita Oliveira. Já conhecem o canal da Rapariga das Sardas? Para quem é fã de moda, reviews, DIY e culinária, então terá todo o gosto em visitar esta página! Podem também visitar o canal!)

14
Mai16

Para ti que me lês

Carolina Cruz

00.jpg

 

Esta mensagem é para ti que me lês:

Sente a vida, sim essa que tens à tua frente, na palma das tuas mãos, vive enquanto sentes que elas absorvem a tua alma porque tudo é tão curto.
E se é curto cada momento, a vida, faz um favor: abraça de forma apertada, abraça com toda a tua alma, com todo o teu amor, abraça a vida, abraça o mundo.
Deixa-te de queixumes, de falsas modéstias ou sorrisos pouco verdadeiros, vive o que sonhas sem dizeres que não és capaz.
Luta, a vida é pequena demais para deixarmos os sonhos para trás, ama cada sorriso que te brindar de forma genuína e agradece por cada sentimento que deixa a tua paz de espírito permanecer.
Todos erramos, todos dizemos por vezes o que os outros não querem ouvir ou até mesmo o que devíamos calar mas...
Caramba, abandona esses ódios e orgulhos, põe-nos de lado, porque o que permanece nas nossas vidas é o amor por isso é que choramos a morte, por mais distância que a vida nos traga dos que mais amamos.
Por isso não deixes que o fim seja a ocasião para te lembrares ou dares valor, mas sim faz acontecer durante todo o teu caminho: a vida.
Lembra-te que existes, que só isso é mágico. Abraça essa dádiva. Oferece um sorriso a ti mesmo. Permite-te tirar prazer do que melhor tens para viver.

 

(fotografia do filme "cartas para Julieta")

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Parcerias

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D