Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gesto, Olhar e Sorriso

Palavras que têm vida.

03
Ago18

[Cinema] Abzurdah

Carolina Cruz

MV5BY2FmNzdlMWEtN2QwOC00NWYwLWJlNmQtN2IyZGUyMTFkM2

 

Dizem que o amor salva, que o amor cura, que o amor é vida. Pode ser realmente, se o virmos como tal. Porém a mente humana, deturpa-o, torna-o obsessivo, doentio, soberbo... e quando julgamos amar intensamente, podemos enganar-nos, vivendo em absoluto um amor que não é saudável.
"Abzurdah" fala-nos de uma história real, sobre Cielo, uma jovem bonita, que se apaixona por um homem mais velho, que conhece na internet. 
Alejo é um homem dez anos mais velho que a sabe seduzir, mas o amor que Cielo sente por ele não é totalmente correspondido. 
Achando que esse amor não é correspondido pela sua forma de ser, do seu fisico, Cielo deixa de comer, e tenta assim, pondo a comida de lado, chamar a atenção de uma vida perfeita e de Alejo. 
O que será que irá acontecer à sua vida?
Uma história verdadeira que nos deixa inquietos, que nos magoa, que nos deixa a pensar. 
Um filme que nos prende do início ao fim. Disponível no Netflix.

 

20
Jan17

[Cinema] "To write love on her arms"

Carolina Cruz

Day_One_2012_poster.png

 

A vida nem sempre é o mar de rosas que pensamos ser, nem o conto de fadas que sonhamos em pequenos.
Na verdade se entrarmos num beco fundo de tristeza, a vida pode tornar-se num verdadeiro filme de terror.
No entanto, quando isso acontece devemos procurar quem nos ama, quem nos rodeia. Se desabafarmos com os nossos amigos, evitando o silêncio, tudo se torna um pouco mais fácil de superar.
"To write love on her arms" conta a história verídica de Reene Yohe que combate contra o vício da droga, que começou na sua adolescência quando lhe detataram bipolaridade e consequentemente depressão.
Reene Yohe, que sen automotilava,
e uma das muitas protagonistas de histórias como esta e pela sua maneira de ser lutadora fez com que um amigo da mesma tenha decidido escrever a sua história para ajudar os outtros a ultrapassar os seus problemas.
O que num primeiro momento foi rejeitado por Renee, após tomar consciência que era uma forma de também se ajudar a si própria, e aos outros, foi criada uma associação com o nome do filme para ajudar pessoas que passam pelo mesmo.
O mundo precisa de mais gestos, de entreajuda e amizade, pois sozinhos não somos ninguém, como amigos tudo se torna numa história para contar, de vitórias, sorrisos e lágrimas partilhados.
Por isso, não te cales, não mores nesse silêncio que te apresiona. Fala, grita, conta a tua verdade, não tenhas medo.
Vejam este filme que aconselho sobretudo pela sua forte mensagem, defendo até que é um filme importante para passar nas escolas.
Se ficaram curiosos, a organização criou um site que ainda está no ativo: https://twloha.com/

 

 

23
Out16

[Por aí] Alta Definição

Carolina Cruz

p31.jpg

 

 

Cada um de nós, seres humanos, tem a sua história para contar, momentos felizes, momentos de fama, momentos que não queremos lembrar, mas que precisamos de não esquecer para conhecer quem somos.

Todos nós temos alguém a quem devemos um pedido de desculpas e ao invés, muitos outros nos devem algo. Há sempre alguém que nos faz falta e sempre outro que não queremos de novo na nossa vida, porque nos feriu ou porque nos falhou... 
Há sempre histórias que não contamos a muita gente, mas alguém que nos é fiel, pois há sempre algo ou alguém que nos move em seguir em frente.
Uns amam a natureza, outros a música, tantos outros têm o dom da palavra e da sabedoria.
Cada um de nós é um ser especial, um ser diferente, tão igual a si mesmo. E, na verdade, as pessoas ditas famosas são aquilo que também nós somos, comuns, diferentes e iguais a si mesmos. 
Têm a sua vida, tão natural, tão sua, expressa no seu olhar, que também chora, que seduz e que fere.
Obrigada Daniel, por nos mostrares tamanha humanidade das pessoas que conhecemos no dia-a-dia através do ecrã.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Parcerias

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D