Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gesto, Olhar e Sorriso

Palavras que têm vida.

19
Fev19

Na doçura do teu olhar

Carolina Cruz

large.jpg

 

Na doçura do teu olhar encontrei uma casa onde morar. 
Da tua pele fiz a minha respiração.
Do teu coração, a minha alma feliz. 
És o quarto que me chama, a cama que me inquieta e me faz viver, que me dá tanto prazer. 
O meu sonho mais profundo, o meu sono mais acolhedor, a minha certeza.
Nos teus braços fiz o meu barco para navegar profundamente nesta maré que me abala, mas com as tuas velas faço a minha sabedoria e a vida é mais fácil de seguir. 
Adormeço e acordo no mais oculto de ti e conheço cada traço teu de olhos fechados, faço do teu abraço o meu lar, sei todos os cantos à casa e apetece-me saber mais a cada dia que não se esgota, a cada minuto que é eterno quando estás perto.
És o meu sossego, o meu espírito livre e a minha paz, não quero que nada do que é tão nosso se desmorone, ficarei sem abrigo, sem o teu abrigo que me faz tão forte.
Vem e traz o teu sorriso e o teu beijo mais sincero.
Vem e ama-me, que nada mais importa, faremos do nosso amor, o nosso lugar mais feliz.

 

23
Dez16

Morreremos de mãos dadas

Carolina Cruz

Este amor que não cessa.jpg

 

Este amor que não cessa, este amor que a cada passo, a cada dia é maior, mais intenso, mais saboroso.
A cada dia reconheço melhor o teu corpo, começo a sabê-lo de cor e a beijá-lo como quem sente o vento, suavemente. Eu sou esse mesmo vento amo-o de uma forma poderosa, não quero mais ninguém, só a ti.
Este amor que nos enamora a cada segundo, num abraço onde mora o mundo e onde os sonhos têm lugar e procuram um lar todos os dias, mesmo sabendo que o nosso lar é o que sentimos e o que somos um para o outro.
E se é assim, porque não durar uma vida inteira? Bebermos destes anos que nos fazem bem à alma e revitalizam cada gota de sangue que bombeia o coração.
Morreremos juntos e de mãos dadas, agradeceremos a Deus e viveremos tudo de novo, pois nem a morte mata um amor como este. 

09
Out16

Como eu gosto..

Carolina Cruz

25.jpg

 

 

Como eu gosto de pensar que a vida é simples.
Como eu gosto de pessoas que não desistem, que vão ao encontro dos seus sonhos contra as suas adversidades, que não têm medo de largar o colo aconchegado do seu lar.
Gosto de quem vai à aventura, quem procura o saber pela experiência e não pelo que se ouve ou se fala.
Gosto de pessoas que amam a noite e o dia e dançam como se a vida durasse a apenas um segundo.
Eu gosto das pessoas que não se lamentam por tudo e por nada, mas sim que vivem o que melhor tem a vida, que é tanto.

 

Fotografia do filme "Like crazy"

09
Abr16

O que é nosso, sempre permanece!

Carolina Cruz

12.jpg

 

Corri todos os lugares em busca do meu lar. 
Ao buscá-lo percebi que a perfeição não existe e que nada ou ninguém é perfeito. 
Entendi que o melhor era deixar de buscar algo ou insistir demais quando as coisas não são como devem ser, quando o sentimento não é mútuo ou nem faz sentido.
Percebi que o melhor é deixar andar e lutar por aquilo que nos faz sentir bem, lutar por aquilo que realmente nos faz felizes e por aquilo que desejamos e que sabemos que é ímpar, leal e verdadeiro. 
Não podemos implorar a ninguém amizade ou amor, não podemos dizer ou querer que as coisas nasçam ou existam sem uma razão, porque quando não é, não tinha de ser. 
O que é nosso, sempre será, o que é verdadeiro sempre permanece.

27
Fev16

O meu lar é o teu mundo.

Carolina Cruz

66.jpg

 

Voltar a casa é desejar tudo de novo. O meu lar é o teu mundo, o melhor lugar é tão perto de ti.
Sentimos o desejo com a promessa de deixar acontecer, somos livres de sentir o sossego da alma quando tudo se estranha, tão comummente se entranha enquanto espero o conforto de um abraço.
O teu beijo quebra o gelo, teima em tornar tudo agridoce. Tens o dom de despontar o meu sorriso tão grande. 
Ninguém consome um amor tão enorme e tão simples. A simplicidade é tua característica tão natural.
Paro para contemplar o teu olhar que se expressa em mim de forma tão pura. Será que mais alguém encontrar algo tão sincero se te tenho a meu lado? Não desejo perder-te de vista, deixas-te marca no meu coração. 
Nesse regresso a casa, salvaste-me da solidão.

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Parcerias

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D