Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gesto, Olhar e Sorriso

Palavras que têm vida.

05
Fev19

[Resenha Literária] Rafael, fé, amor e esperança

Carolina Cruz

 

rafael_f_amor_e_esperana_capa_ebook.jpg

 

A terceira leitura do ano é muito especial, por milhares de razões.
Este livro é uma biografia de Rafael Ramos, escrita por Rui Miguel Saraiva.
Falar deste livro é muito fácil e, na verdade, muito difícil, pois todas as palavras são poucas para definir a força deste tão grande ser humano.
O Rafael nasceu sem pernas, apenas com um braço e desengane-se quem pensa que ele se resignou à sua condição, pelo contrário, é um homem com "H grande" e que desafia constantemente todas as suas adversidades.
É claro que teve os seus momentos menos doces e mais cruéis, mas "lutar" e "viver" são os seus nomes do meio e é por isso que, para todos nós, o Rafael é uma verdadeira inspiração. Ele joga futebol, ele faz surf, ele ama, ama a vida inteiramente, tendo sempre presente um sorriso!
Este livro, para quem não conhece o Rafael, é um verdadeiro "abre olhos", pois tantas vezes dizemos "não consigo", "sou tão triste" e o Rafael mostra-nos que tudo é possível, que basta sorrir para a vida. Para quem o conhece apenas fundamenta mais a essência da sua resiliência, uma vez que o Rafael é daquelas pessoas que são uma lufada de ar fresco na nossa vida e por quem temos orgulho de chamá-lo de amigo!
Parabéns Rafael, todo o sucesso do mundo, como tu tanto mereces!
Leiam, vale (muiiiito) a pena! 

03
Fev19

[Resenha literária] O lugar onde as ondas nascem - Carla Ramalho

Carolina Cruz

285x.jpg

 

E é isto: continuo rendida às publicações da CoolBooks! Por isso, hoje venho-vos falar da minha segunda leitura do ano: "O lugar onde as ondas nascem", da autora Carla Ramalho.
Já tinha lido "Pelas ruas de uma cidade sem nome", um romance bonito e desafiante, cheio de suspense.
Este livro não lhe fica atrás, tem uma história original, um romance dramático e misterioso que nos faz querer saber mais e mais e no fim, ainda continuamos com água na boca.
A história deste livro passa-se numa ilha incomum, com demasiados mistérios e mortes estranhas.
O protagonista é um médico (Vicente) que desembarca naquele lugar para exercer a sua profissão, mas o que descobre vai muito além daquilo que devia saber e as consequências estão à vista de todos... Quais serão?
Mais um bom livro da "CoolBooks" que aconselho vivamente!

02
Fev19

"O coração vive de sorrisos"

Carolina Cruz

Meus sorrisos, 

Eu sei, é verdade que ando mesmo muito ausente do blog, que embora diga que vou fazer por manter isto "atualizado", não tenho conseguido! Por culpa do meu livro ando mais pelas redes sociais Facebook e Insta. 
Porém, gostava de vos atualizar e falar um pouco sobre ele, aqui neste meu velho cantinho!
O meu primeiro livro "O coração vive de sorrisos" tem sido uma óptima surpresa, tem superado as minhas expectativas e isso deixa-me muito grata e feliz. 

Por isso, decidi partilhar convosco algumas opiniões de leitores:

48394832_371916513354330_1806764833006157824_n.jpg49261857_383845088828139_6328311436489523200_n.jpg

49812727_383844992161482_3651739580568174592_n.jpg

49946759_383845158828132_3823796498726912000_n.jpg

49947865_383845068828141_2785522613441527808_n.jpg

50272814_383845042161477_4773083141290065920_n.jpg

50327581_383845125494802_385506952999862272_n.jpg

50451898_383845222161459_4679343100642983936_n.jpg

50679334_383845182161463_4206711649417035776_n.jpg

51095816_391519918060656_1100285941659992064_n.jpg

Obrigada a todos os que têm lido, partilhado e publicado opiniões! Sou-vos mesmo muito grata!

Se estiverem interessados em adquirir um exemplar para vocês, entrem em contacto comigo através do e-mail: ocoracaovivedesorrisos@gmail.com
Ou através das seguintes páginas, por mensagem privada:
https://www.facebook.com/carolinacruzautora
https://www.facebook.com/ocoracaovivedesorrisoslivro/ 

19
Jan19

[Resenha Literária] "A Cabana"

Carolina Cruz

transferir.jpg

 

Se há um livro que nos deixa a pensar é este.
"A Cabana" de WM. Paul Young, emotiva até os menos crentes.
Este livro fala-nos de Deus, mas não é na sua definição e conceito que o livro se baseia.
"A Cabana" conta a história de Mack, um pai presente, amoroso e que ama a sua família, um ser humano completo e feliz, até ao dia em que o seu mundo desaba e a sua filha mais nova, Missy, é raptada e todas as suspeitas são de que foi violentamente assassinada.
Após esse trágico acontecimento, Mack vê-se a braços com "A grande tristeza" entrando numa grave depressão, até ao dia que uma mensagem de Deus muda tudo. A sua percepção do mundo, do perdão, da relação com Ele e com os outros.
Como digo, até os verdadeiros descrentes terão um pouco de fé, talvez até na humanidade, ao ler este livro.
Uma história que nos emociona, nos fala de amor e de perdão, pelos outros, pela vida.
Novas e segundas oportunidades surgem sempre que estejamos dispostos a mudar!
Foi, sem dúvida, a melhor forma literária de começar o ano.
Leiam, aconselho vivamente!

17
Dez18

[Resenha Literária] A Nô quer a avó

Carolina Cruz

46483181_520897311712409_5161814558167269376_n.jpg

Para quem me conhece sabe que preservo sempre a criança que há em mim, a criança que sonha, que brinca com doçura e que acredita que a vida é um lugar melhor se soubermos construir abraços em vez de muros e se soubermos "gostar cada vez mais um dos outros". Voltei a ser essa criança com este livro doce na mão, ao ler esta história que Patrícia Rebelo (@patriciarebelooficial) escreveu com encanto, de forma genuína, arriscando sair da sua zona de conforto, abraçando um novo desafio que, na minha sincera opinião, merece toda a nossa atenção!
E o pack? Livro, caneca e caneta? Delicioso ❤️

27
Out18

[Resenha Literária] Tudo o que sempre quis

Carolina Cruz

28168498_1190684497701020_2768785774333772862_n.jp

Sinopse:

"Salvador.Lucas.Helena. Sara e Martim. 5 jovens que se perderam algures na estrada da vida. Todos eles têm assuntos pendentes,cicatrizes e fantasmas que insistem em persegui-los onde quer que vão. Até mesmo quando,um por um, por um motivo ou outro, se refugiam numa pequena Vila a beira-mar sem saberem até que ponto os seus destinos estão traçados. Uma história de amor,de amizade,de dor,perdão e 2as oportunidades. Mas acima de tudo,lealdade. Ninguém é forte o suficiente ao ponto que não precise de outro alguém. O que faria com uma noite que mudou tudo? Até onde iria em nome do amor?”

 

"Tudo o que sempre quis" é o primeiro livro de Ana Rita Correia, uma jovem escritora de 25 anos, autora do blog "The Choice". 
Este seu primeiro livro é uma história com bastante juventude e fala-nos sobre a amizade, o amor, o perdão e a família.
Até onde iríamos para defender quem gostamos? É a pergunta essencial deste livro em que as respostas nos são reveladas ao longo da leitura.
Salvador é um jovem surfista e a personagem principal deste livro, mas a sua história cruza-se com tantas outras, de pessoas com passados feitos de dor e de coragem, que nos surpreendem e nos levam a querer saber mais. 
Este livro tem um cheiro a Verão e é ideal para os fãs de romances jovens e com suspense! 
Uma história bonita e doce que nos faz sorrir!

Ana Rita promete não ficar por aqui e reserva mais surpresas! 
Para saberem mais sobre a autora visitem as suas redes sociais e podem reservar o seu livro com ela:

https://www.facebook.com/aritacorreia.writer/
https://the-choice-26.blogspot.com
https://www.instagram.com/aritacorreia.writer/

21
Out18

[Resenha Literária] O coração de Simon contra o mundo

Carolina Cruz

4.png

 

 

"O coração de Simon contra o mundo" de Becky Albertalli é um livro, na minha opinião, de leitura obrigatória, sobretudo para quem, tal como eu, adora livros "Young Adult".
Este livro fala-nos da grande responsabilidade que é crescer, da dor de cabeça que é amadurecer, mas quão desafiador pode ser. 
Não é fácil crescer, mudar ou revelar quem somos. Receamos perder quem amamos, desiludir a família, perder os velhos amigos.
Simon sempre escondeu um segredo e desvandá-lo vai ser uma verdadeira dificuldade para ele e para os que o rodeiam - Simon é gay.

"Porque é que só os gays é que se devem assumir? Porque é que a heterossexualidade é a norma?" 

É o que Simon questiona e nos faz pensar. Afinal qual é a diferença? Não é amor?
Sim, é amor, e é isso que devemos preservar, querer na nossa vida, respeitar.
Este livro é uma verdadeira abertura mentalidades, uma motivação e uma coragem para quem vive na vida real o sentimento de Simon.
Um livro que homenageia o amor, a união, a família e os amigos, o respeito e a coragem, com um toque de doçura, diversão e espontaneidade.
Um livro que, como disse, devia ser de leitura obrigatória para todos. 

E vocês? Já leram?

21
Set18

[Por aí] O meu livro "O coração vive de sorrisos"

Carolina Cruz

livro o coracao.png

 

Já está disponível o meu primeiro livro, intitulado "O coração vive de sorrisos"
Apresento-vos a sua sinopse:

"Acham que não é possível apaixonarmo-nos por alguém dito diferente? 
Então venham!
Quero que conheçam o Cláudio (um adulto com paralisia cerebral, apaixonado pela vida), a Alice (uma adolescente com síndrome de Down, que com sorrisos enfrenta a vida, depois de todas as mil razões que esta lhe dera para chorar), o Samuel (um jovem adulto com esquizofrenia com grande espírito de perseverança), a Madalena (uma menina de treze anos, com síndrome de Tourette, mas com mil sonhos na mão) e a Maria Inês (uma adolescente com síndrome de Asperger, tremendamente apaixonada pela musicoterapia) – personagens fictícias das cinco histórias que o livro apresenta e que provam que o amor não tem forma ou feitio e que é das formas mais sinceras de se viver.
Entrem nas suas vidas e deixem-se encantar por todos os sorrisos e por todos os sonhos que envolvem esta ficção que absorve a realidade de que o amor sempre vence."

 

 

 

Se estiverem interessados em adquirir um exemplar para vocês, entrem em contacto comigo através do e-mail: ocoracaovivedesorrisos@gmail.com
Ou através das seguintes páginas, por mensagem privada:
https://www.facebook.com/carolinacruzautora
https://www.facebook.com/ocoracaovivedesorrisoslivro/ 

 

09
Set18

[Resenha Literária] O dia em que chegaste

Carolina Cruz

 

 

 

40342994_1840247609346050_3576269884121677824_n.jp

 

 

 

"Mónica, Luísa e Martim conhecem-se na adolescência e são forçados a aceitar, desde cedo, que a vida é feita de contrariedades, de amores e desamores, de situações mal resolvidas. Mal eles sabem que as suas histórias estarão interligadas para sempre.
Um grave acidente vem mudar o rumo das suas vidas, reavivando sentimentos que se julgavam perdidos. Este acidente deixa Margarida, uma pequena e inocente criança, órfã. Mas, no meio desta infelicidade, Margarida ganha uma mãe do coração que promete fazer tudo para a ver feliz.
Uma simples reviravolta é capaz de mudar o rumo de várias pessoas, abrindo-lhes as portas para a possibilidade de criarem um novo futuro."

 

 

 

 

 

"O dia em que chegaste" é o segundo livro de Letícia Brito, lançado oficialmente no dia 8 de Setembro.
Já acompanho a escrita e o trabalho da Letícia há já algum tempo e escusado será dizer que sou fã, que adoro.
A Letícia tem uma escrita maravilhosa, completa, bonita e neste livro não é exceção.
"O dia em que chegaste" é um livro que nos prende e nos apega às personagens reais, por ela, tão bem construídas.
Este livro fala-nos de forma séria e bonita sobre o poder do amor e da sua força nos momentos de tempestade. Faz-nos chorar e sorrir, faz-nos bem à alma.
Um livro intenso que está, a meu ver, ao nível de grandes best-sellers.
Está provado que não há como parar a Letícia e é com agrado que afirmo que esta é, mais uma vez, uma história poderosa!
Não percam, é mesmo maravilhoso!


Está disponível no site da editora Cordel de Prata e na página da autora.

02
Set18

[Resenha Literária] Há cabelos que sorriem

Carolina Cruz

350x.jpg

 

“Há cabelos que sorriem” é um romance terno e maravilhoso, narrado com o afeto e o olhar de uma criança.
Uma criança bastante adulta, com pensamentos e ações maduras, consequência da sua vivência familiar dura.
“Há cabelos que sorriem” fala-nos de um divórcio entre um casal que vive numa África utópica. Envolve-nos e prende-nos entre discussões e recordações de um rapaz que ainda tem tanto para viver, crescer, mas que parece já ter vivido uma vida longa.
A vergonha de se sentir diferente, a vergonha de amar e não ser correspondido, a falta de um amparo familiar e as saudades do velho avô, trazem a esta criança uma sensibilidade forte.
Um livro impecavelmente bem escrito, em prosa, mas com um sentido poético sobre a vida e os sentimentos.
Diogo é um escritor recente mas que, na minha opinião, tem um futuro promissor.
Leiam o seu livro porque vale mesmo a pena.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Parcerias

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D