Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gesto, Olhar e Sorriso

Palavras que têm vida.

27
Abr17

[Ficção] Amanhã.

Carolina Cruz

Amanhã.jpg

 

Amanhã encontrar-me-ás diferente. Amanhã serei outra. Não acreditas? Bem podes acreditar. Porque eu acredito. Aliás, acredito mesmo. Acredito realmente que, na verdade, mudamos todos os dias. Aprimoramos as nossas defesas. Amanhã não será diferente. Amanhã eu serei melhor, serei mais forte não só por causa dos meus erros, mas também pelos teus.
Sim, se pensas que me senti ofendida ou desiludida, talvez tenhas tido razão, mas isso foi ontem, hoje eu fiz dos nossos erros, certezas de que eu encontrarei alguém melhor, alguém que me complete, que me faça feliz.
A vida é uma constante mudança, e eu gosto de acreditar nisso, que, sim, as coisas sempre acontecem por uma razão, quanto mais não seja para crescermos e eu, podes ver e crer, que cresci.
Tudo passou, na memória ficou. Eu sei e, tu sabes, que não esqueci, é uma marca na minha vida e na tua, é impossível que o esquecimento aconteça.
Não vou ser dramática como acontece nas novelas, nem vou implorar o teu amor como nos filmes, nem apagar todas as histórias ou fotografias como muita gente faz na vida real. Não, nem pensar, nada disso.
Sempre fui uma pessoa muito bem entendida com as minhas escolhas, com os meus erros ou com as minhas batalhas, o que vivemos foi apenas algo que faz parte da minha história e do meu passado, mas não é isso que me define, não é isso que diz quem sou.
Por isso digo a mim mesma, de consciência limpa, que amanhã serei melhor, que amanhã será diferente.

 

 

 

01
Out16

Folhas caídas no chão

Carolina Cruz

18.jpg

 

Em todas as histórias das nossas vidas há sempre algo por contar, algo que não se sabe, que não se cura, marca e deixa saudade.
Há histórias guardadas em silêncio, choro, mágoa de um prazer passado, hoje só murmura o segredo, e o sorriso toma conta de algo que será sempre em vão. Teremos sempre azar quando não lutarmos pelo que acreditamos mas é frustrante quando se deu tudo e as esperanças desabam no chão como uma folha que cai num Outono gelado.
Não, custa esquecer, custa acreditar, mas hoje tirei o dia para pensar em mim, não sou o papel que se escreveu, em que se fez uma marca e se deitou fora, não, sou muito mais que isso, sou uma história com um passado contado e um futuro feito para contar, não tenho nada para oferecer nem nada por onde me agarrar mas… a vida sempre me ensinou a dar a volta por cima, a ser mais forte que qualquer obstáculo e hoje? Hoje faço-te frente, sou mais forte que a tua própria força e a minha indiferença toma conta desse esquecimento que inicialmente foi teu e hoje...é nosso.

17
Jul16

[O teu olhar] A vida é breve.

Carolina Cruz

16. Alucinações da alma.jpg

 

A vida é breve, leve, efémera, tudo é passageiro. Como um barco que navega e usufrui da passagem que se expõe na sua margem.
Navega na vida como se de uma viagem ela se tratasse, e não é que é mesmo?
Planeia o futuro, mas não te percas no caminho, o teu presente é o agora, nesse rio onde encontras gente que canta, que encanta e desencanta e que traz a sua história, que sempre deixará uma marca. Pequena ou grande, boa ou má, essa marca mão te pode afundar. Não percas os teus passos nem deites fora os teus lemes, não deixes por ninguém de navegar, porque de ti gostar irá contigo até à foz desse rio e te abraça no seu leito com um sorriso.

 

Foto da autoria da Vanessa Pereira do blog Alucinações da alma.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Parcerias

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D