Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gesto, Olhar e Sorriso

Palavras que têm vida.

28
Mai17

[Cinema] A estranha vida de Timothy Green

Carolina Cruz

1-copy.jpg

 

Um filme simples, encantador e cheio de fantasia que nos emociona.
Embora estranha, a vida de Timothy Green, é uma história que tem uma mensagem incrível.
Afinal de contas, se sonharmos, se escrevermos, se desejarmos muito e lutarmos ainda mais, conseguimos concretizar todos os sonhos que tinhamos por cumprir.
Cindy e Jim são um casal unido, cheio de cumplicidade, que deseja somar o seu amor, mas para sua tristeza não poderão ter filhos. Como sonhar depois disto? Como vencer depois de todas as derrotas? As suas vitórias depois de todos os deslizes terá um nome - Timothy, a sua força da natureza marcará até o coração mais intocável.
Um filme interessante e comovente para toda a família.

 

17
Abr17

17 # Existirá destino sem os sonhos?

Carolina Cruz

tumblr_lihejam7kw1qh49g6.jpg

 

- No que depender de mim. – disse ele sorrindo. – Eu sei que eu te amo mais, mas sei que há algo no teu olhar que me diz que há uma vontade em ti de me pertenceres também.
» Vamos esquecer o que aconteceu. É passado. Vai ficar na gaveta junto dessa história. Ele foi importante, foi o teu passado. No entanto, eu quero ser o teu presente, o teu futuro. Nada mais importa. Pois não?
Sara não hesitou em beijá-lo.
Não é verdade que todos cometemos erros? Não é verdade que nos confundimos? Que somos e deixamos nos ir e ser por instinto?
O passado devemos fechá-lo, guardá-lo em gavetas, guardar o que é bom de guardar. Com o tempo aprendemos que o passado nos tornou mais fortes e construiu um pouco da nossa história. No entanto, o mais importante é o presente e quem faz parte dele, quem está, quem quer ficar, quem nos merece.
Sara percebeu isso, naquele momento. O telemóvel tocou… Era uma mensagem de Manuel, mais uma vez, com um pedido de desculpas.

“Sei que não fui correto, mas ainda assim queria ter-te na minha vida. Espero que um dia me perdoes, não é assim que quero que fiquemos. Merecemos um final feliz.”

Leu. Abanou a cabeça e riu. John encontrava-se na cozinha e ao vê-lo longe não tardou em responder.
 
 
 (continua...)
 
25
Fev17

[Cinema] 2 filmes para adultos

Carolina Cruz

white_bird_in_a_blizzard.jpg

 

"White Bird in a Blizzard" é um filme poderoso que nos agarra do ínicio ao fim, deixando-nos todo o tempo envoltos de mistérios e ansiedade.
É um thriller com um toque de erotismo, romantismo, paixão e suspense... muito suspense!
Shailene Woodley tem neste filme um papel delicado, arrojado, sensual, quem gosta desta atriz não pode deixar de ver este papel de destaque... pois podem perder este papel de destaque... podem esquecer o olhar mais doce e inocente da menina de "A culpa é das estrelas", esta personagem de Shailene é totalmente diferente.
Além de destacar o seu papel, destaco a trama deste filme que nos faz desconfiar de tudo e de todos, sem prever um minuto que seja o final do mesmo.
Afianl quem terá culpa no desaparecimento da arrogante mãe de Kat? Tudo pode ser um passo em falso mas qual será afinal a razão da sua partida? Não perquem este fantástico filme.

 

p161617_p_v8_aa.jpg

“A dor é universal… mas a esperança também”.
Somos pessoas no mundo. Todos vivemos debaixo do mesmo céu, embora todos tenhamos caminhos e sonhos diferentes.
No entanto, somos seres humanos, e em cada canto desse universo há sentimentos e emoções que nos ligam – o amor, a carência, o desânimo, o medo, a tristeza, o erro, a dor e a esperança.
Sim, todos nós temos o direito de errar, por vezes erramos por medo, por amor, por nos sentirmos sós, porque perdemos alguém, por traumas, por desalento.
“Babel” é um filme que nos demonstra tudo isso. É um filme que retrata muito bem o nosso mundo e as pessoas que nele vivem. Retrata o mundo de cada um e a desumanidade do submundo.
Contando uma série de acontecimentos que acorre por causa de um incidente trágico em Marrocos, ligando quatro grupo de pessoas de diferentes culturas, “Babel” leva-nos a refletir sobre as nossas atitudes e quando isso nos liga ou nos afasta dos outros.
Um filme forte, poderoso, com uma poderosa mensagem.

 

 

 

24
Jan17

[Ficção] Pensei em escrever-te.

Carolina Cruz

podes não saber....JPG

(foto by "cidades de papel")

 

Podes não saber contar ou cantar, encantando, mas sei que o amor nos toca a todos.
Pensei em escrever-te porque as palavras não saem e o silêncio esse, liberta qualquer pensamento que possa existir em mim.
Não sei falar de cor, sinto, sinto tudo a pesar-me de novo nos braços, o erro. A vida toda ela é um conflito, bom e mau, amargo e doce, mas no fim tudo vale a pena.
Aprende-se sempre com o passado, todo o ser que passa na rua deixa consigo uma mensagem para nunca mais se esquecer, vamos dando pontapés ao futuro sem nexo, tal como as palavras que escrevo não fazem qualquer sentido neste momento.
Ponho-me a imaginar ser outra pessoa mas não é assim tão simples, tinha de viver de novo, longe de ti. Não morro de amores, porque ninguém deve morrer, o amor só nos liberta um pouco daquilo que somos, nada mais, é um sentimento que perdura e flui.
Escrevo porque também as palavras pesam e o vazio que foi preenchido dá sinais de si: um sorriso.
Podemos não sorrir ao mundo, nem sempre conseguimos fazê-lo. No entanto, confia, pode ser que ele nos sorria mais tarde e que a felicidade percorra o submundo, o infinito.
Só aí sim, o destino poderá dar conta de si e então aí as cartas de amor deixarão de ser ridículas e tudo passou pelo buraco da fechadura sem darmos conta, tudo passou como um erro corrigido, faz parte da vida, faz parte do mundo, do amor, de nós.

 

 

03
Jan17

Carta ao namorado da minha melhor amiga.

Carolina Cruz

Por favor.jpg

(Fotografia do filme "viver depois de ti")

 

Por favor.
Não me interpretes mal, peço-te. Não quero ser eu a má da fita por parecer ciumenta e parecer que a quero só para mim. Nem por isso, não tenho nada contra ti, a não ser que lhe partas o coração.
Por favor, peço-te. Não o faças. Ela é a minha melhor amiga, a melhor de todas, merece o mundo, o melhor. Por favor, não a magoes, e se um dia o fizeres porque aconteceu simplesmente e não resultou, porque apenas não era para ser, mostra-lhe que estás disposto a ser o melhor amigo que alguém pode ter.
Não a traias, trairás também quem te rodeia, acredita. Vais arrepender-te de a perderes por algo tão mesquinho, vais perceber que ela é o melhor que tens, não procures errar ou perder, para o perceber.
Não a mudes, não o queiras fazer, jamais, por favor, ela tem defeitos, e ela sabe defini-los na perfeição, não queiras que ela deixe de os conhecer e conhece-los tu, ama-os. Os seus defeitos são também parte dela, tanto quanto as virtudes. Cuida deles, tanto quanto dela.
Não me leves a mal, mas a bem, só quero avisar-te de que tens o melhor, não o percas.
Cuida, preserva-a, não encontrarás como ela, ama, com todo o coração.
Obrigada.

 

 

  

26
Ago16

[Cinema] 2 filmes sobre famílias disfuncionais e amor

Carolina Cruz

7ad821fe03230e1648190725c8d4f7f5_jpg_290x478_upsca

 

Ser humilde é o segredo. Só assim conseguimos lutar contra as más línguas e mostrar-lhes que mesmo que nos digam que não conseguimos, nós ainda temos mais força por isso.
"Nunca deixes que te digam que não consegues.", se é o teu sonho, não há nada mais importante, o teu sonho é teu, de mais ninguém.
"À procura da felicidade" é um filme inteligente que nos dá que pensar, porque quando Christopherperde tudo, menos a sua razão de viver - o filho - lutou sempre, sem cessar, por um lugar melhor, uma vida de que ambos sempre sonharam alcançar e de que mereciam.
Não ultrapassando ninguém mas mostrando sempre quem era - simples, humilde e bem-disposto - ele vence a cada dia com preserverança, mostrando ao seu filho que a felicidade pode demorar a ser alcançada mas ela existe.
Um filme motivacional muito bom, vejam!

 

maxresdefault.jpg

 

"Pais e filhas" é um filme que mexe com a nossa mente e faz-nos pensar com o coração.
Este filme tem uma mensagem muito importante que nos faz compreender os outros, o porquê de assim sermos...
O nosso passado, mau ou bom, em especial o mau, é claro, deixa marcas e para alguns marcas bastante profundas.
Katie teve uma vida e uma infância difícil, a instabilidade familiar despertou-lhe defesas magoadas.
Ao longo da sua infância, receou perder quem mais amava e foi aí que lhe ensinaram erradamente que o amor não é uma virtude. Nesse momento, aprendeu a não amar outro homem se não o pai, os outros só irão falhar e fazê-la sofrer.
Decide então que é o desejo que lhe ocupa o vazio que sente, desejo de uma noite, seduz e magoa... para não se magoar.
Até ao dia que tudo muda... Alguém entra na sua vida. Será que para ficar?

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Parcerias

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D