Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gesto, Olhar e Sorriso

Palavras que têm vida.

13
Jul17

[Ficção] Na pele e no corpo

Carolina Cruz

transferir.jpg

 

Por entre a multidão, naquele concerto, um ao outro, destacaram-se como que numa luz infinita. 
Quando se conheceram houve algo no olhar de ambos que prometera mutuamente: “hei de te conhecer melhor que ninguém, não vais largar mais a minha mão quando eu responder a esse ato de as entrelaçar, a minha na tua.”
Perfeito, dito e feito.
Tornaram-se unha com carne, amigos inseparáveis, não precisavam expressar palavras para falarem, o silêncio dizia tudo o que era preciso pois os sorrisos e os olhares eram mais especiais que todo o mundo à volta. 
Secretamente e timidamente amavam-se, mas nenhum deles conversava sobre isso, a ligação que tinham era forte demais para se perder. 
Corriam pela areia como crianças que confrontam o infinito correndo livremente pela rua. Nos entretantos, entre risos e brincadeiras o beijo aconteceu e das gargalhadas nasceram as lágrimas puras, porque ambos sorriram em silêncio, como neles era tão natural, coisa que só eles sabiam explicar, no entanto era algo que não precisavam de o fazer.
Irmãos de coração, melhores amigos, namorados se tornaram. O sabor cru e diferente de se amarem noutro prisma do amor trazia-lhe uma nova sabedoria, não tão díspar como a de outrora, mas era confuso, bom… 
Ele amava-a perdidamente, ela tornava-se sexy mesmo desarrumada, cheia de borbulhas ou apenas com a camisola dele vestida, mas quando se vestia para sair conseguia ser ainda mais a mulher mais bonita do mundo. Com todos os seus defeitos, feitio casmurro e teimoso, ele era o melhor namorado do mundo, nunca confiara tanto em alguém como nele, sentia-se protegida e amada nos seus abraços.
Como poderia tudo isto mudar? Quando o amor passou a ser demais, a não caber no peito, quando o medo de perder quem se ama agarrava-se à desconfiança. Tinham igualmente medo de se perder mutuamente, discutiam, discordavam, choravam e entrelaçavam-se em abraços, até ao dia em que perceberam que não podiam dar cabo de tudo aquilo que tinham, que a amizade inicial era mais forte que o que mais tarde crescera. 
Seguiram caminhos diferentes mas prometeram jamais criar distância entre eles, quem os amasse um dia mais tarde tinha de respeitar essa amizade que compreendia todo o amor existente na pele e no corpo. Talvez eles não soubessem que estavam destinados um ao outro, o medo de perder é o primeiro passo para a derrota, a vida sempre desvenda algo que está guardado para ser nosso. Por enquanto amavam-se nessa amizade de irmãos porque não é vergonha continuar a ser-se amigo de um ex-namorado, vergonha é apenas lembrar dos maus momentos quando se foi tão feliz.

06
Mai17

[Por aí] Commedia a La Carte Circus, no TAGV, Coimbra

Carolina Cruz

DSCF2011.JPG

 

Quem me segue pelo instagram reparou que ontem foi dia de Commedia a La Carte Circus, no Teatro Académica Gil Vicente, em Coimbra!
Foi a primeira vez que vi um espectáculo dos Commedia e tenho-vos a dizer que é de rir e chorar por mais e mais e mais. 
E porquê? Porque além de ser (muito) divertido, este grupo de comediantes composto por César Mourão, Carlos M. Cunha e Ricardo Peres, que conta já com 16 anos (quase 17!), baseia-se no público e nas suas escolhas para realizar cada um dos seus espectáculos. Sendo, então, à base deste tipo de improvisação e contacto com a plateia, nenhum espectáculo será igual ao outro. 
Várias são as performances e as improvisões que estes "três palhaços deste circo" fazem, mas posso garantir que todas elas são de morrer a rir, desde passar uma história de vida de uma pessoa que suba ao palco para um musical dos anos 40, como inventar histórias e improvisar frases escritas pelo público, profissões alternadas, enfim, gargalhadas confirmadas!
Quem comprar um bilhete para os Commedia a La Carte pela primeira vez e não souber para o que vai, garanto: rir é viciante e vão querer mais!
Foi um óptimo serão e se ainda não tiveram oportunidade de conhecer este trabalho, não perca tempo!
Eles vão andar por aí a espalhar a sua magia, confiram a agenda na página de facebook oficial.

DSCF2009.JPG

Bom fim-de-semana! :)

24
Nov16

Há uma saudade

Carolina Cruz

saudade que volta.jpg

 

Há uma saudade que volta ao meu rasgar do sorrir.
Voltei a perder tudo e a guardar memórias como quem guarda vaidade de tempos vividos, de marcar a diferença!
Volta a saudade sempre que penso como fui feliz por cada rua da minha alma, em cada cântico de uma balada, de amargura. Embora me sinta triste, sinto-me ainda mais contente por saber que o vivi!
Não... jamais deixarei partir os meus amigos, que comigo criaram os maiores laços e as melhores certezas, que aconteça o que acontecer, venha a distância que vier, estamos sempre juntos, sempre.
Porque há sempre um tempo assim nas nossas vidas, que vem para nos fazer dar valor a tudo aquilo que temos, traz-nos as melhores pessoas para ficarem connosco e envolve-nos na magia que há em acreditar em um para sempre.
Sim, há saudade! Há nostalgia! Por sonhar e lembrar momentos tão passageiros, que marcaram tanto, que de tão rápidos me ofereceram o melhor de mim, por isso há saudade, mas também há esperança que todo esse viver se repita sempre em cada recanto da minha vida!

 

(fotografia do filme "A culpa é das estrelas")

15
Out16

Primeiros momentos

Carolina Cruz

16.jpg

 

Sou apaixonada pelos primeiros momentos, aqueles que nos deixam instintivamente mais felizes, a primeira troca de olhares, a primeira palavra dita, o assunto prolongado, o primeiro beijo, o prazer sentido e abraçado.
Eu sou a favor dos sentimentos intensos, aqueles que dão arrepios no coração e calor no corpo.
Sou apaixonada pelas sensações mais sinceras, as formas mais especiais de se ser feliz, as sensações que nos queimam o peito de alegria e nos enchem de orgulho.
Eu amo os momentos onde queremos demorar, permanecer para sempre, como se não conhecêssemos o que virá, mas recordando que o desejo é seguir com a corrente, por isso me apaixono todos os dias por ti, amo-te com a mesma intensidade que foi no princípio, esperando que seja até ao fim do nosso fim.

 

[fotografia do filme "Before sunrise"]

19
Set16

Dura na eternidade

Carolina Cruz

28.jpg

 

Nada mais importa se existe amor, nada mais importa se o refúgio somos nós, se a realidade dos nossos encantos está na forma como amamos e como nos prendemos um ao outro, nada mais importa se estou a teu lado, o colo onde quero ficar todas as horas e todos os minutos.
Não há nada que não indique que fomos feitos um para o outro pois eu tenho a certeza que sim, o murmúrio de um sorriso fala mais que qualquer palavra, o beijo dura na eternidade como se vivêssemos nele para sempre e eu sei que sim, cada hora é nossa, cada dia é nosso para marcar a diferença. 
A nossa vida são os nossos momentos, parte deles somos nós, nós somos metades iguais.

 

Fotografia do filme "Dear John"

05
Set16

Rodamos pela vida

Carolina Cruz

2.jpg

 

Nos teus braços perco a noção do tempo, apenas invento cada momento de partilha, de amor, em que tu e eu vivemos um para o outro, desejando que todas as horas se repitam como um disco riscado.
E nós? Rodamos pela vida fora numa dança, no embalo do que sentimos, neste amor tão perfeito e tão nosso, como uma música que marca e que fica, para sempre. 

 

Foto: filme "I love, Rosie"

01
Set16

# Uma foto por dia: Julho e Agosto

Carolina Cruz

É verdade! Tenho sido uma desleixada quanto às minhas fotografias diárias, no entanto eu sou teimosa e quando aceito um desafio levo-o até ao fim, no entanto em agosto tentei participar no desafio #desculpasparasorrir do blog SorrisoIncógnito e não o fiz por completo, mas dei o meu melhor. Foram meses atribulados, com trabalho, muita ocupação mas também muitos bons momentos.

JULHO

PicMonkey Collage1.jpg

181/366 - comiii um rato!!!
182/366 - meu paraíso perfeito
183/366 - sendo saudável
184/366 - Starbucks em casa.
185/366 - Perfect

PicMonkey Collage2.jpg

186/366 - pôr a leitura em dia.
187/366 - combinações perfeitas
188/366 - descobrindo a rã.
189/366 - recordando a infância #quemequem
190/366 - passeando

PicMonkey Collage3.jpg

191/366 - ao fresquinho #cinema#quehoraselavolta
192/366 - a vida é uma viagem. Ler também
193/366 - repousando com Castle.
194/366 - "Afinal o mundo é feliz", eu sou quando ouço boa música! #musicaportuguesa#patiodascantigas #cesarmourao #miguelaraujo
195/366 - o melhor spot de fim da tarde.

PicMonkey Collage4.jpg

196/366 - "Momentos que fazem parar o tempo" documentário do centro comunitário da Gafanha do Carmo. Um verdadeiro exemplo de animação. ❤ @centrodagafanhadocarmo
197/366 - ando nas leituras convosco ! #blogger
198/366 - good moments!
199/366 - celebrando a vida
200/366 - perfect.

PicMonkey Collage5.jpg

201/366 - Amar (sob) o luar
202/366 - "Passo a passo, vou andando p'ra frente"
203/366 - dividida entre dois vícios
204/366 - segue o teu coração ❤ #maratonadeleitura #coisasquenosdizocoracao
 
205/366 - alma simpática na noite escura.

PicMonkey Collage6.jpg

206/366 - a minha biblioteca a crescer!!
207/366 - ontem foi dia de festa!#happybirthdaytome
208/366 - novas aquisições
209/366 - detalhes.
210/366 - final da tarde perfeito!
211/366 - a minha lista de livros não para de aumentar e a minha vontade de os comprar também não #vicio #leituras

AGOSTO

 

PicMonkey Collage7.jpg

212/366 - momentos saborosos
213/366 - lugar sem fim.
214/366 - sendo saudável sem filtros.
215/366 - ter um lar é ter mais que uma razão para agradecer #dia4 #desculpasparasorrir 
216/366 - noites (bonitas) de verão #noite #dia5#desculpasparasorrir

PicMonkey Collage8.jpg

217/366 - reflexos #dia6 #licorbeirao #bebida#desculpasparasorrir
218/366 - baile de verão #convivio #dia7#desculpasparasorrir
219/366 - colorindo o prato #dia8#cor#desculpasparasorrir
220/366 - devorando. Adoro a autora. Uma autêntica viagem à liberdade de espírito jovem#pretoebranco #gayleforman
221/366 - passear é, sem dúvida, algo maravilhoso. #desculpasparasorrir #dia10 #passeio

PicMonkey Collage9.jpg

222/366 - "À noite na cidade, há sempre um sonho e há magia" #dia11 #luzes #figueiradafoz#desculpasparasorrir
223/366 - pôr do sol #dia12 #sol#desculpasparasorrir
224/366 - figueira #ferias #dia13#desculpasparasorrir
225/366 - dias e memórias sem fim.
226/366 - Partir com desejos de voltar!

PicMonkey Collage10.jpg

227/366 - regresso à Terra de emoções.
228/366 - acordar sem horas e com esta companhia, pequenas coisas que sabem pela vida!#acordar #desculpasparasorrir
229/366 - Escrevendo em boa companhia
230/366 - relembrando filmes engraçados#derepentejanos30 #canalhollywood
231/366 - leituras agradáveis de espírito jovem.

PicMonkey Collage11.jpg

232/366 - um pokémon verdadeiro
233/366 - vontade de voltar.
234/366 - minha fiel
235/366 - como quem deseja sobre o céu
236/366 - finais de tarde.

PicMonkey Collage12.jpg

237/366 - perspectivas de um pôr do sol.
238/366 - diz que o ouço o Zambujo e que é boa música
239/366 - Partilhas literárias no paraíso!
240/366 - paraísos tão perto.
241/366 - amor impossível #vitoriaguerra#josemata #cinemaportugues
242/366 - sempre e só na janela.

18
Ago16

mergulho no mar

Carolina Cruz

7.jpg

 

A vida é como um mergulho no mar, feita de receios e medos mas seguir em frente.
As ondas têm o poder da força e o mar impõe o seu respeito. É exatamente assim que precisamos de ser - ágeis e fortes, conselheiros da própria alma e sabedores do próprio mundo.
Precisamos, tal como o mar, de tempo de calmaria e certeza. mas também de momentos incertos para chegar mais longe e sermos maiores.
Tantas vezes o momento é salgado, mas vamos polvilhar de açúcar a vida do nosso mar. 
Arrisca, dá um mergulho, um mergulho no mar!

23
Jul16

Saudade é a prova

Carolina Cruz

17.jpg

 

 

A saudade é a prova que aquilo que sentimos não está mais ao nosso alcance, não é mais nosso, mas por isso sabemos que valeu a pena.
A saudade implica tudo a que pertencemos, a quem pertencemos e quem queríamos que voltasse. 
O melhor da saudade são as memórias e mesmo que doa, elas vivem em nós e sabemos por isso quanto é bom amar alguém e lutar de novo por bons momentos assim, porque tudo na vida se deve viver com amor.

29
Fev16

# Uma foto por dia: Fevereiro!

Carolina Cruz

E mais um mês terminou... Fevereiro chegou ao fim! Foi um mês variado, cheio de novidades, de boas leituras e bons momentos, podem conferir:

1.jpg

32/366 - Sou a chef cá de casa
33/366 - Arrumar recordações.
34/366 - A acabar de ler, para rever o filme "Se eu ficar".
35/366 - Cheira a primavera e a leituras ao sol

2.jpg

36/366 - Mia a apanhar banhos de sol.
37/366 - Porque o vício de ler não tem senãos.
38/366 - Dados viciados.
39/366 - Qualquer mulher tem o seu quê de vaidosa

3.jpg

40/366 - Cinema, bolo, família e preguiça no feriado de Carnaval.
41/366 - Ler e rever "Chocolate"
42/366 - É tão bom fazer o que se gosta, quando assim é, não há travões para a criatividade. Querem saber quantos textos tenho ainda por publicar no blog?! 
43/366 - 248 textos que ainda tenho em word e papel para partilhar convosco no blog.

4.jpg

44/366 - Leituras que batem certo com o mês em que estamos.
45/366 - Sou a boneca de fazer penteados preferida da minha mãe.
46/366 - Todos os dias são dias dos namorados, desde que se ame.
47/366 - Uma das minhas outras paixões: animação.

5.jpg

48/366 - Bom dia, Coimbra :) Bom dia sorrisos! *
49/366 - "Cada dia é um bico de obra"
50/366 - "É sexta-feira yeah"
51/366 - Solinho bom :)

6.jpg

52/366 - Finalmente pelos vossos lados, podem ter a certeza que nunca vos esqueço.
53/366 - A Mia não está cá, está está!!!
54/366 - 'Bora lá para mais um dia de trabalho!
55/366 - Não há coisa melhor depois de um dia de trabalho.

7.jpg53/366 - Quentinho bom
54/366 - Recarregar energias
55/366 - Bom dia frio
56/366 - Pesado, forte e realista.
57/366 - A minha mais recente aquisição *.*

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Parcerias

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D