Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gesto, Olhar e Sorriso

Palavras que têm vida.

04
Dez18

[Ficção] Recordo-me dos teus olhos

Carolina Cruz

FB_IMG_1529955578243.jpg

 

Recordo-me dos teus olhos, pelos quais me apaixonei. 
Os olhos dizem, são o espelho da alma, e os teus eram tão transparentes, tão bonitos, tão verdadeiros e sorriam. Sorriam tanto. Foi tão fácil apaixonar-me por eles.
Porque é que tinham de fazer isto connosco? Porque tinha a vida de acabar com o teu sorriso? Recordo-me todos os dias de ti, da forma como me amaste, como nos amámos. 
Foi tão importante, tão intenso, tão bonito, que na minha vida e no meu coração não consigo que entre mais ninguém, não quero mais ninguém. Continuo a amar-te como se estivesses vivo e continuo acreditar que, se Deus existe, um dia irei voltar a abraçar-te. 
É isso o amor, não é? Acreditar, acima de tudo. Acreditar que é possível, amar além de todo o universo, além daquilo que nos destrói.
Espero pela minha morte todos os dias para poder encontrar-te. 
Algo me diz que estás desse lado para me dar guarida. Sempre foste o meu refúgio e eu amo-te, tanto que nada nem ninguém irá mudar isso.

 

23
Mai17

[Ficção] Oh, meu amor!

Carolina Cruz

tumblr_static_idosos_.jpg

 

Oh, meu amor...
Como o tempo passou!
Já não és mais a menina ladina de tranças, mas esses olhos cor de limão ainda permanecem com o mesmo brilho!
Como o tempo passou por nós...
Erámos meninos e eu vivia no teu coração!
Hoje vives também no meu, num casamento tão bonito.
Não me esqueço nunca como eras rabugenta, como eu me ria com o teu mau feitio. A mulher ciumenta que sempre se preocupou e que, na verdade, sempre amei.
Faltam-me as palavras...
Por ti, tudo quero.
Por ti, tudo fiz, tudo farei.
Por isso morrerei de desgosto ao ver-te partir...
Oh, meu amor...
 

 

18
Mai17

Beija-me

Carolina Cruz

FB_IMG_1488398799110.jpg

 

Beija-me.
Hoje, amanhã, todos os dias.
Beija-me de olhos fechados.
Beija-me olhando-me nos olhos e soltando uma gargalhada bem sonora, que mostra o quanto és feliz comigo.
Beija-me como se o mundo fosse desabar e os teus lábios não pudessem nunca mais tocar os meus.
É a ti que me rendo todos os dias.
O nosso beijo conta a nossa história. O passado, o presente e até desejos futuros.
Um beijo nosso é a cumplicidade dos nossos olhos ao encontro do amor.
Vem cá, dá-me só mais um!
Um? Hm, talvez não, talvez mais, talvez pudessemos permanecer aqui.

 

 

02
Jun16

É impossível

Carolina Cruz

5.jpg

 

 

 

É impossível não te querer, não querer que os teus olhos sorriem ao olhar os meus.
És a parte de mim que me toca, que me torna, que me vive porque me ama num amor sem fim.
Pedes-me a verdade, é isso que te dou, a certeza de estar a teu lado olhando os teus olhos, segurando a tua mão num sorriso infinito, num abraço eterno.

21
Abr16

Ao perder-te só ganhei

Carolina Cruz

625543_408408772594453_1245836956_n.jpg

 

 

Em toda a parte corres em busca de alguém como eu.
Por irremediável culpa te sentes preso.
Entregaste à paixão e quando abres os teus olhos a vontade que tens é de chorar, porque não sou eu que lá estou a teu lado.
Quem já não chora, sou eu.
Desde que desejaste partir para outros braços que em vão te tocaram, aprendi que a ti só te tenho de mostrar o meu sorriso, aquele que em tempos foi uma máscara e hoje é uma certeza de que eu nada perdi e que ao perder-te só ganhei. Tu nem por isso.

23
Jan16

Fecho os olhos.

Carolina Cruz

13.jpg

 

Olho-te nos olhos, fecho também os meus, que não vivem sem olhar os teus...
O teu profundo silêncio é a minha voz e o teu respirar traz a paz do meu sorriso iluminado pelo teu encanto. 
Fecho os olhos e sinto-me viva na calma expressa em ti. 
Sossego no teu colo, num conforto tranquilo, em paz pois sei que comigo sentes que o mundo te pode oferecer mais que a própria vida e que o amor te surpreendeu, e por isso dás o melhor de ti, para seres o melhor de mim.

 

 

   (Photo in "Friends with Benefits" movie)

16
Jan16

[Ficção] Tua menina de olhos de mel

Carolina Cruz

11.jpg

 

 

 

Perdi-me no tempo com todas as bagagens, lá dentro trouxe apenas a saudade que apertava, prestes e ansiosa para ser destruída. Nessa bagagem trouxe ainda uma maior vontade de te amar, porque o tempo da ausência foi muito mais que destruição, um pedaço de morte, no meu coração.
Hoje abraçando-te renasci de novo e todas as minhas forças parecem ganhar vida. Os meus olhos só te querem ver, já que durante tanto tempo pareceram estar cegos de saudade e sentimento que morde a cada segundo. Hoje parece morder ainda mais mas de felicidade por te ver e por te alcançar, por sentir e saber que por mais ausência que exista, eu serei sempre a tua menina de olhos de mel.

29
Nov15

[O teu olhar] Sê a minha luz

Carolina Cruz

Sê a luz que me guia até ao infinito e me embrulha de sonhos.
Sê aquela que me faz parar, olhar-te e pensar quem sou, de onde vim e para onde vou. Sê aquela que me orienta e não me deixa cair na rotina da fatalidade.
Encaminha os meus olhos, luz brilhante, faz com que não se encham de lágrimas mas que se abram num sorriso esperançoso. 
Olhai-me e me abrace, e então em ti tudo serei, aquilo que outrora, em menina, sonhei...

 

11.jpg

 Foto de AMF Photography

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Parcerias

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D