Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gesto, Olhar e Sorriso

Palavras que têm vida.

09
Jan18

Espelho-me nos teus olhos.

Carolina Cruz

filme breath variety com.jpg

 

Espelho-me nos teus olhos. Sorrio e agradeço por te ter.
Saudade é um mar de certezas do tempo, esse tempo inquieto que me faz viver e pertencer-te.
Agradeço as milhares de vezes que sorrimos juntos, agradeço as discussões, os anos, as meras banalidades da rotina e o prazer, o prazer forte dos teus braços nos meus, do teu corpo sobre o meu, do teu abraço e do meu que não te larga.
Acreditas que sejamos assim a vida toda? Eu acho que sim, eu pelo menos quero acreditar que o seremos, pois o valor que damos um ao outro, sem nunca esmorecer por termos defeitos, faz com que nos respeitemos diariamente. 
Vou conhecendo-te melhor que ninguém e esse é o meu sonho feito realidade desde o dia em que apareceste à minha frente, desejei querer saber tudo sobre a tua pessoa naquele momento, sei que não sei tudo sobre ti, nem tu sobre mim, há qualquer coisa que sempre falha, há qualquer coisa que se esconde ou se demora a contar e descobrir, isso dá interesse, isso é a coisa mais bonita do amor, ainda não saber tudo sobre ti, ir descobrindo a cada dia algo mais e melhor de alguém que amo.
Eu não conheço o futuro, não sei o que seremos, mas sei que no presente eu quero-te para sempre e para sempre é um tempo finito e eu quero mais… mais amor, mais tu, mais eu, mais nós, vamos acreditar que o mundo nos irá sorrir, porque somos quem trata um do outro, até mesmo quando ele nos faz chorar.
Espelho-me nos teus olhos. Sorrio e agradeço por te ter.
E isso é tão simples e tão bom. Dizer-te amo-te não basta, prefiro amar-te e amar-te hoje nunca chega, mas eu sei, sempre nos aquece o coração.

 

Foto do filme "Breathe"

31
Mai17

Sabes a certeza

Carolina Cruz

FB_IMG_1484733597959.jpg

 

Cheiras a mar, sabes a certeza.
Provar-te é degustar profundamente o teu amor.
É sentir a tua pele ardente, com saber e sabor.
É como criar, esperar, sorrir, ser.
Brinco no teu leito e acalmo a minha alma em pequenos pedaços de prazer.
Sentir-me como parte do teu corpo é poder trincar o sonho e mordê-lo com provocação.
Ser-te fiel é tão certo, tão bom.
Podemos ficar nesta doçura toda a vida?
Embora te saiba seduzir. Embora saiba que o que temos não é tudo, que não é sério, eu quero-te para sempre. É por isso que eu te quero para sempre. És a perfeita metade de mim.
Se sei viver sem ti? Não sei se sei. Prefiro ficar na dúvida. Posso?
Envolve-te nos meus braços. Beija o meu peito e aquece-o por dentro, bem no fundo da minha alma.
Anda. Esqueçamos isso.
Tenho-te neste momento, é tudo o que importa. Tudo o que mais quero.

 

 

14
Mai17

Tu bastas-me.

Carolina Cruz

751449a99dfbcb62c1bf2ddba41608cc.jpg

 

Pipocas (um balde cheio), uma série e milhares de sorrisos. Basta-me.
Tu bastas-me.
O teu carinho, o teu conforto, o teu sorriso e o teu amor.
Esse amor que não cessa, esse amor que se constrói a cada dia.
Por isso, no calor da noite, eu só quero que me aconchegues.
Contigo, posso até virar rotina, desde que os nossos beijos sejam sempre iguais, cheios de pedaços gigantes de cumplicidade.
Contigo, tu e eu, para sempre. Até sermos velhinhos.
Tu e a bola, eu e um livro. Mas no fim da noite, ai o fim da noite!
Pipocas (um balde cheio), uma série e milhares de sorrisos!
O que vier depois disso será segredo, será nosso, será amor. Amor para viver, não para mostrar ao mundo. Eu e tu, para sempre. Até sermos velhinhos. Até não conseguirmos amar mais, porque os braços cessam e porque o corpo pesa.
Virá a morte, mas não o esquecimento. Virá a morte, mas não o término. Porque este “para sempre”, vai muito além da eternidade.
Eu e tu, para sempre. Basta-me.

 

 

 

10
Set15

Os nossos dias.

Carolina Cruz

78.jpg

 

Mais dias virão como este em que me perco em ti e te desejo.
Mais dias virão para te amar mais que a mim mesma e ser feliz por isso. 
A teu lado o meu coração nunca dorme, vive num embate que bate sem doer e só saudade, por não te ver.
Mais dias virão em que a saudade me matará por dentro, mas também virão os dias em que me abraças e destróis todo esse sufoco que faz jus ao amor, pois muitos mais dias virão em que aconchegarei no teu calor e de lá não mais sairei. 
Mais dias virão que serão os nossos dias, para sempre.

 

 

 

Fonte da imagem: Filme "A culpa é das estrelas"

 

 

03
Set15

[Ficção] Amo-te, em segredo.

Carolina Cruz

17.jpg

 

Amo-te, em segredo, não quero dizer a ninguém, pois nem as paredes sabem que nunca amei assim outro alguém. 
Quando falo em ti, todas as palavras faltam, mas nunca fica nada por dizer, porque também os gestos falam. 
Há uma vontade incontrolável de te ter que até um cego vê, porque não se sente pelo olhar, vê-se pelo coração, o tamanho desta minha paixão. 
O segredo é desvendado a cada segundo em que canto uma serenata ao teu luar, porque eu sei que o futuro sabe que um dia me hás-de amar, para sempre.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Parcerias

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D