Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gesto, Olhar e Sorriso

Palavras que têm vida.

24
Jul19

[Resenha Literária] “Demência” de Célia Correia Loureiro,

Carolina Cruz

250x (1).jpg

 

“Demência” de Célia Correia Loureiro, que conta a história de duas mulheres de gerações diferentes, mas marcadas por um passado macabro de dor e de angústia, é um livro que debate temas pertinentes que ainda são tabu nos dias de hoje e não deveria.
Quantas mulheres são maltratadas pelos seus companheiros? Quantas são vítimas de violência, física e psicológica? Quantas chegam a ser assassinadas em nome de uma relação doentia e de posse? Ou que ficam resignadas toda uma vida, morrendo por dentro?
Letícia, mãe de duas filhas, que vive com os fantasmas do passado, vem para a terra do marido ajudar a sogra, Olímpia, que de dia para dia demonstra sinais de demência. É nessa pequena aldeia que Letícia vive ostracizada pelos seus atos cometidos e tenta acima de tudo uma vida melhor, procurando esquecer o que a liga ao passado, embora o presente e a comunidade lhe prendam para sempre ao que de macabro que foi obrigada a cometer.
É muito fácil afeiçoarmo-nos a estas personagens que são tão pessoas quanto nós, porque são ser humanos palpáveis, cheias de defeitos, feitas de dor, de angústia, de sobressaltos, de vida e de medo que as prende.
Este livro é forte, cru, bonito e verdadeiro. Cruelmente real e bonito. Foi um livro que me fez sorrir, que fez o meu coração bater a mil, como se estivesse a existir exatamente ali, no meio daquela história, a viver intensamente cada momento, cada dor, cada impasse, cada fuga.
Foi um livro onde me quis demorar, pois não queria que terminasse e que na verdade, não poderia terminar da melhor forma. 
É uma história sem clichés, é uma história que podia ser do vizinho do lado, da nossa prima, da nossa própria realidade. E é isso que adoro nos livros, foi isso que adorei no livro da Célia.
Já dei os parabéns e agradeci à autora por esta publicação e volto a dá-los desta forma: façam-me um favor, leiam este livro, não se vão arrepender.
Já eu fico a aguardar o segundo livro da autora!

23
Jul19

[Resenha Literária] After - livro 1

Carolina Cruz

250x.jpg

 

“After” foi um livro no qual me demorei e sobre o qual demorei a escrever sobre ele. Porque, de certa forma, criou-me uma dúvida imensa, pois não consegui ter uma opinião final imediata. 
Gostei, mas posso dizer que não foi um livro que me encantou, embora o meu interesse em saber como terminava foi algum ao longo do livro. Porém, não o achei extraordinário. 
Ri com ele, mas não me prendeu ao ponto de chorar também. 
Gostei do facto de ser escrito na primeira pessoa e ser juvenil (sou fã assumida de livros do género young adult), ainda assim achei-o repetitivo por causa das personagens principais estarem sempre a zangarem-se, achei-as um pouco exageradas, embora tenha compreendido igualmente que para o final (que confesso que gostei) ser assim, talvez tivesse de ser assim mesmo a trama.
Proporcionou-me alguns momentos divertidos como disse anteriormente, mas sinceramente não me rendi de todo e o interesse em ler os seguintes não é de uma sangria desatada, isto é se me fizerem spoiler e resumo, não me importo!
E vocês? Já leram? Qual a vossa opinião?

22
Jul19

[Resenha Literária] "Nó da culpa", de Filipe Batista

Carolina Cruz

b2817c7142ac490d98a94c6b43e215e3.jpg

 

Um livro publicado pela CoolBooks que mais uma vez nos prende e nos agarra.
"Nó da culpa" do autor Filipe Batista, fala-nos de um homem atormentado pela culpa de ter assistido a uma violação seguida de outro crime grave e não ter feito nada para impedir o violador ou de salvar a vítima. Desde esse dia que Roberto nunca mais é o mesmo e domado pelos sentimentos de opressão e obsessão parte em busca do violador e assassino, de quem não conhece o rosto, vendo em todos aqueles que se cruzam no seu caminho o seu alvo a bater.
Um livro perturbador que nos faz sentir na pele o viver intenso deste homem que bastou uma atitude ou a falta dela para mudar a sua vida.
Aconselho vivamente a leitura!

21
Jul19

[Resenha Literária] "Uma Mãe de F.I.R.E.S." de Carla Sofia Dias

Carolina Cruz

uma-mae-de-fires.jpg

 



Falar deste livro é diferente de falar de qualquer outro livro que tenha feito uma resenha anteriormente, porque não há aqui sequer questão de ser bem escrito ou de ter uma história que arrebata corações. Não é que não seja o caso, mas é mais delicado falar deste livro, pelo facto de que se está a descrever uma situação e uma história reais de uma mãe que é uma força da natureza. Uma mulher e uma mãe com M grande, uma heroína sem capa.
Isa, a filha de Carla, nasceu uma menina perfeita, mas aos 2 anos de idade tudo mudou, quando foi diagnosticada com FIRES, uma epilepsia bastante rara. Isa foi quase tida como um caso clínico perdido, mas esta mãe não baixou os braços procurando os impossiveis e o melhor para sua filha. Não cessou, não se limitou a ouvir nãos, e jamais o devemos fazer é o conselho desta mãe que estudou, que procurou incessantemente todos os estudos, métodos, médicos, medicamentos... Mesmo sabendo que não há cura, há um sorriso de esperança. 
Hoje a Isa é um caso de sucesso com o uso do Canibidiol medicinal, as mudanças positivas estão à vista. Porém, todos os tratamentos são dolorosamente caros e toda a ajuda é pouca. Em Março e Abril ajudámos esta causa.

E alerto a todos os que queiram ajudar, que o podem fazer através da compra deste livro (que todos os royalties serão para a Isa) ou através da conta solidária: PT50 0010 0000 5666 2270 0018 3

18
Mai19

[Resenha Literária] Vem à quinta-feira

Carolina Cruz

250x.jpg

 

Que escrita esta! Que pensamentos íntegros e de uma tamanha inteligência! Chegou-me a faltar o ar de tão bom! 
Uma poetisa contemporânea com muita garra nas palavras, que nos faz querer ler e chorar por mais! Com poemas e sentidos que me deixaram a pensar "que jogo maravilhoso de palavras"!
Este livro é uma compilação de vários poemas de Filipa Leal e aconselho vivamente aos fãs de poesia e a todos em geral!

06
Mar19

[Resenha Literária] Enquanto o tempo quiser

Carolina Cruz

“Enquanto o tempo quiser” é o primeiro livro da autora de Sara Macedo Afonso.
É um livro de poesia, com os primeiros poemas escritos pela Sara.
Esta leitura trouxe-me grandes sorrisos e fez-me recordar quando também eu escrevia poesia.
A autora aborda vários temas, muito pertinentes e muito interessantes!
Há juventude nas suas palavras, nota-se que é o princípio do seu trabalho, porém não é por essa razão que é menos importante ou menos intenso, muito pelo contrário, a poesia da Sara agarra-nos, faz-nos querer ler mais e mais, pois vivemos com a mesma intensidade que ela escreve, com força, com coragem, com a libertador de abraçar esta arte tão bonita das palavras.
Para quem gosta de poesia aconselho vivamente!

photo_2019-02-24_22-32-04.jpg

 

Podem seguir a Sara Macedo Afonso através das suas redes sociais e conhecer melhor o seu trabalho:
https://www.facebook.com/pg/SarAnaMAfonso
https://www.instagram.com/sarana.m.afonso/


04
Mar19

[Resenha Literária] "Mel" de Michelle Cascais Rita

Carolina Cruz

MEL mockup 5 (1).jpg

 

Eu que não gosto de mel devorei “este”. Eu que não gosto de mel deliciei-me com “este”. Que livro poderoso, que boa energia, que mágico!
“Mel” fala-nos de um forte amor de dois jovens, que tinha tudo para dar certo, mas que se ficou pelo tempo e pela memória de um passado saudoso e doloroso, sempre com esperança de um reencontro. 
Um livro que nos faz viajar entre Aveiro e Nova Iorque, com cheiro a juventude, a mar e a doçura! 
Uma história que nos mostra que amar nem sempre basta, que os erros do momento podem mudar uma vida por completo. 
A escrita de Michelle Cascais Rita tem uma escrita doce, aventureira, carregada de poesia e empolgante!
Um livro que aconselho vivamente! 

02
Mar19

[Resenha Literária] Amizades Improváveis

Carolina Cruz

Amizades Improvaveis.jpg

 

A minha quarta leitura do ano é um livro divertido que fala de coisas bastante sérias - é assim que defino o livro “Amizades Improváveis”.
Este livro fala-nos de Ben e Trev, duas pessoas bastante diferentes e que por essa razão criam essa “amizade improvável”. No entanto, irão perceber que não são muitas as suas divergências. 
Ambos têm um sentido de humor muito forte, porém há mil histórias de dor por detrás de alguns sorrisos mais amarelos e dessas piadas constantes que contam um ao outro.
Trev sofre de distrofia muscular, que o colocou numa cadeira de rodas e, a qualquer momento, entre a vida e a morte. 
Ben, o seu cuidador, tem uma depressão grave e vive ainda agarrado a um passado familiar bastante doloroso.
É quando decidem fazer uma viagem que a vida de ambos muda. Aprendem que o futuro pode reservar mais coisas bonitas que o presente e que viver agarrado ao passado não ajuda a seguir em frente. 
Encontram pelo caminho várias personagens igualmente divertidas e com a sua história de vida intensa e cheia de peripécias para contar.
Um livro cheio de intensidade e juventude, que nos deixa a refletir e nos traz a esperança de que melhores dias sempre existirão nas nossas vidas.
Leiam, vão adorar!

05
Fev19

[Resenha Literária] Rafael, fé, amor e esperança

Carolina Cruz

 

rafael_f_amor_e_esperana_capa_ebook.jpg

 

A terceira leitura do ano é muito especial, por milhares de razões.
Este livro é uma biografia de Rafael Ramos, escrita por Rui Miguel Saraiva.
Falar deste livro é muito fácil e, na verdade, muito difícil, pois todas as palavras são poucas para definir a força deste tão grande ser humano.
O Rafael nasceu sem pernas, apenas com um braço e desengane-se quem pensa que ele se resignou à sua condição, pelo contrário, é um homem com "H grande" e que desafia constantemente todas as suas adversidades.
É claro que teve os seus momentos menos doces e mais cruéis, mas "lutar" e "viver" são os seus nomes do meio e é por isso que, para todos nós, o Rafael é uma verdadeira inspiração. Ele joga futebol, ele faz surf, ele ama, ama a vida inteiramente, tendo sempre presente um sorriso!
Este livro, para quem não conhece o Rafael, é um verdadeiro "abre olhos", pois tantas vezes dizemos "não consigo", "sou tão triste" e o Rafael mostra-nos que tudo é possível, que basta sorrir para a vida. Para quem o conhece apenas fundamenta mais a essência da sua resiliência, uma vez que o Rafael é daquelas pessoas que são uma lufada de ar fresco na nossa vida e por quem temos orgulho de chamá-lo de amigo!
Parabéns Rafael, todo o sucesso do mundo, como tu tanto mereces!
Leiam, vale (muiiiito) a pena! 

03
Fev19

[Resenha literária] O lugar onde as ondas nascem - Carla Ramalho

Carolina Cruz

285x.jpg

 

E é isto: continuo rendida às publicações da CoolBooks! Por isso, hoje venho-vos falar da minha segunda leitura do ano: "O lugar onde as ondas nascem", da autora Carla Ramalho.
Já tinha lido "Pelas ruas de uma cidade sem nome", um romance bonito e desafiante, cheio de suspense.
Este livro não lhe fica atrás, tem uma história original, um romance dramático e misterioso que nos faz querer saber mais e mais e no fim, ainda continuamos com água na boca.
A história deste livro passa-se numa ilha incomum, com demasiados mistérios e mortes estranhas.
O protagonista é um médico (Vicente) que desembarca naquele lugar para exercer a sua profissão, mas o que descobre vai muito além daquilo que devia saber e as consequências estão à vista de todos... Quais serão?
Mais um bom livro da "CoolBooks" que aconselho vivamente!

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Parcerias

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D