Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gesto, Olhar e Sorriso

Palavras que têm vida.

08
Mai17

[Cinema] When in Rome

Carolina Cruz

when_in_rome_ver3.png

 

“When in Rome” é uma comédia romântica, um filme ótimo para gargalhar e sonhar num domingo chuvoso ou em família.
Será que o amor não passa de um feitiço ou afinal pode ser real e viver para sempre?
Beth não acredita no amor, apenas no seu trabalho, onde centra todas as suas atenções, pois todas as relações amorosas do seu passado foram um verdadeiro falhanço.
Tudo muda quando a sua irmã decide casar em Roma. Beth que desiludida mais uma vez com a sua pouca sorte, rouba moedas da fonte dos amores, o que faz com que um feitiço seja lançado aos homens que lançaram essas mesmas moedas à fonte. E que feitiço é esse? O amor?
O que Beth não imagina é que o homem por quem se irá apaixonar também atirou uma moeda a essa fonte. Será que o amor que Nick nutre por ela é real ou feitiço?
Só vendo o filme encontrarão todas as respostas e encontrarão também milhares de motivos para rir à gargalhada e para os mais sonhadores, quem sabe, uma razão para suspirar!
Juntem a família e vejam!

 

 

06
Mai17

[Por aí] Commedia a La Carte Circus, no TAGV, Coimbra

Carolina Cruz

DSCF2011.JPG

 

Quem me segue pelo instagram reparou que ontem foi dia de Commedia a La Carte Circus, no Teatro Académica Gil Vicente, em Coimbra!
Foi a primeira vez que vi um espectáculo dos Commedia e tenho-vos a dizer que é de rir e chorar por mais e mais e mais. 
E porquê? Porque além de ser (muito) divertido, este grupo de comediantes composto por César Mourão, Carlos M. Cunha e Ricardo Peres, que conta já com 16 anos (quase 17!), baseia-se no público e nas suas escolhas para realizar cada um dos seus espectáculos. Sendo, então, à base deste tipo de improvisação e contacto com a plateia, nenhum espectáculo será igual ao outro. 
Várias são as performances e as improvisões que estes "três palhaços deste circo" fazem, mas posso garantir que todas elas são de morrer a rir, desde passar uma história de vida de uma pessoa que suba ao palco para um musical dos anos 40, como inventar histórias e improvisar frases escritas pelo público, profissões alternadas, enfim, gargalhadas confirmadas!
Quem comprar um bilhete para os Commedia a La Carte pela primeira vez e não souber para o que vai, garanto: rir é viciante e vão querer mais!
Foi um óptimo serão e se ainda não tiveram oportunidade de conhecer este trabalho, não perca tempo!
Eles vão andar por aí a espalhar a sua magia, confiram a agenda na página de facebook oficial.

DSCF2009.JPG

Bom fim-de-semana! :)

13
Fev17

[Por aí] Rádio Comercial

Carolina Cruz

Hoje é dia mundial da rádio, o dia ideal para eu fazer esta publicação, há tanto tempo prometida!
A Rádio Comercial é a minha rádio de eleição e a justificação pela qual a elejo como a minha predileta ainda demora um pouco. Queres vir comigo e eu esclareço a tua dúvida? Vamos daí.

Ponto 1

Não sei como é possível concentrar tão bons humoristas na mesma estação, e melhor que isso é ter numa só estação de rádio os meus humoristas preferidos, desde sempre. Em especial - O super Ricardo Araújo Pereira - inteligente, astuto, dos melhores comediantes desde que me lembro, sigo o seu trabalho desde os primórdios do "Gato Fedorento".
Destaco o Ricardo, mas admiro, sem dúvida alguma, o Markl, o César Mourão e o Vasco Palmeirim.
Cada um deles tem uma forma diferente e original de fazer humor.
Ricardo é com as personagens criadas em "Mixórdia de temáticas" que nos faz rir até às lágrimas.

César Mourão é o campeão da improvisação e a rubrica "Rebenta a Bolha" é tão boa, faz tanto sucesso, que já saiu uma aplicação, um jogo de telemóvel (extremamente viciante, confesso por experiência própria) e um jogo de tabuleiro. As gargalhadas são infinitas e enquanto rimos pensamos como é que este gajo tem tanta qualidade? É verdade, tem mesmo. Vamos ver um exemplo?

Nuno Markl envolve-se, espetacularmente bem, entre as ilustrações brilhantes, as piadas inteligentes, com memórias de nos fazer viajar... e o Dr. Paixão.

O Vasco Palmeirim é o inquebrável, o homem pequenino de tamanho mas tão enorme em pessoa, em talento, em brilhantes letras e canções...como esta!

Dentro do ponto 1, mencionei quase mil pontos, confere?

 

Ponto 2

Como as rúbricas anteriormente mencionadas, Rádio Comercial tem imenso bom gosto e originalidade nas suas criações, como é o exemplo de "Chichi, Cama.", como ficar indiferente? 

 

Ponto 3

É a Rádio Comercial que mais segue o trabalho de "Os Azeitonas", de Miguel Araújo e, apadrinhou, de certa forma, os coliseus da dupla inesquecível de os "Ujos" (denote-se que foi Markl quem criou este nome para descrevê-los).

 

Ponto 4

E as palavras do dia? Pensam que eu me esqueci das cacófonias? São brilhantes e fazem-nos, mais uma vez, rir à gargalhada!

Estes são apenas 4 pontos de uma infidável lista.
A Rádio Comercial é, sem dúvida alguma, uma equipa fabulosa, que nos desperta e nos anima, de manhã à noite. Com música, com histórias, com gargalhadas e comunicações com o público, que fazem de todos nós (a equipa e quem assiste) uma gigante família!

Obrigada Rádio Comercial, feliz dia mundial da Rádio! 

 

11
Nov16

[Cinema] Patch Adams

Carolina Cruz

p16.jpg

 

A mensagem de "Patch Adams", ficará sempre guardada em quem vê este tão fantástico filme.
Com ele, aprendemos que não importa qual seja a nossa formação ou a nossa condição, o importante é termos um sorriso nos lábios pronto a ser enviado para outro alguém e mais importante ainda que isso é termos sonhos, sonhos que salvem vidas, não só falando em evitar a morte, pois Adams sabe muito bem que ser médico é muito mais que isso.
Médico não é só quem nos salva da morte, mas sim quem respeita a nossa vida, dando-lhe uma melhor qualidade enquanto cá andamos, porque é isso que vale a pena: ouvir uma gargalhada de peito aberto, um sorriso de orelha a orelha.
Porque todo o ser humano precisa de ser tratado pelo nome, não com indiferença como se de mais um se tratasse, cada um é um ser único e que tem as suas necessidades.
"Patch Adams" é um filme que todos devíamos assistir, pois aprendemos tanto, a sorrir e... a chorar.
É Robin Williams na sua essência, um eterno artista!

 

 

20
Set16

[Por aí] No blog "Chic'Ana"

Carolina Cruz

Hoje "Por aí" é numa onda muito divertida, ou não fosse uma publicação no blog da Chic'Ana, como resistir a uma gargalhada? Esta rapariga é o máximo!
Foi um prazer participar na rúbrica "One smile a day", em que a Ana convida um blogger para contar uma situação caricata e cómica que lhe tenha acontecido. Ora desastrada como sou, escangalhei-me a rir, porque, na verdade, não sabia que situação escolher, por isso contei umas quantas. E sobre quê? Autocarros!

 

Quem me conhece sabe que sou um desastre a andar nos transportes públicos, não é que não saiba andar, a cena é que... Tudo o que tem de acontecer, acontece comigo lá dentro, querem um exemplo?

 

«1. Mão entalada

Sim leram bem. Aqui a Carolina ia muito divertida com as suas colegas na gargalhada, apoiada na coluna da porta do autocarro, porque não havia nem lugares sentados e a malta que estava em pé ocupava todas as colunas do meio e eu lá pensei que estava segura… Mas, eis que uma colega minha ao desequilibrar-se toca no “STOP” e na paragem de seguinte a porta abre para ninguém sair, porque foi toque de engano. No entanto, serviu para entalar a minha mão, porque a porta desse autocarro que, ao contrário da maioria, abria para dentro.

Começo a entrar em stress, pois aquilo nunca mais fechava e a minha mão estava a ficar inchada, até que não aguentei mais e gritei ao condutor: “senhor por favor feche a porta, tenho a mão entalada” o problema começou realmente aí, é que a porta não fechava por causa da minha mão lá estar, já pensava o pior, até que consegui com algum esforço tirar a mão de lá, mão essa que me doeu e inchou durante o resto do dia.

Eu sei, é mau de mais!»

 

Querem ler mais? Então cliquem na divertida vinheta que a Ana fez para este post:

19908117_bGdPj.jpeg

 Obrigada mais uma vez, Ana! Foi um gosto pôr toda a gente a gargalhar!!

 

 

 

16
Jul16

[Simplicidades da vida] rir até chorar!

Carolina Cruz

5.jpg

 

Não, não! Chega, não dá mais, mas não consigo parar, sinto-me bem e também com falta de ar, mas sabe tão bem soltar uma gargalhada ou rir bem fundo, um ataque de riso sem saber controlar! 
Faz-nos sentir vivos e loucos, daqueles sábios que sabem como levar a vida: vivendo a sorrir!

 

Foto do filme "O amor e outras drogas"

02
Jul16

[O teu olhar] Ri-te.

Carolina Cruz

Anda lá, ri-te de ti mesmo, só assim a vida terá piada, não leves as coisas tão a sério, é um conselho que te dou, faz mal ao corpo, à mente e até ao coração.
Vá, não digas que eu não tenho razão, os erros são precisos para aprender e mais tarde até para rir. Se fizesses tudo certinho, a vida não teria tanto sentido assim, como saberíamos aprender se nunca errássemos? Como saberíamos vencer se nunca antes tivéssemos perdido?
Perder sem amar? Tudo o que acontece tem sentido, não são apenas escrituras de poeta, são verdades que precisas de entender para te sentires melhor.
Anda lá, ri-te de ti mesmo, ri das piadas dos outros, até educas a tua mente a não se importar com o que os outros pensam de ti. 
Afinal somos todos ser humanos, um tanto especiais, cada um de nós é um ser único, e tu aprende que és fantásticos, não só pelas tuas vitórias, mas também pelos teus erros.
Anda lá, ri-te… de ti mesmo, com os outros.
É isso, é exatamente isso que é a vida!

Débora_Heidiland.jpg

 

 

(Fotografia da nossa simpática Débora Marco, quem não conhece? Então tratem disso, por favor!)

09
Mar16

Love, rosie

Carolina Cruz

 

Love Rosie Australian Poster.jpg“Love, Rosie” um filme apaixonante que te prende e não te desprende nem um segundo que seja. Sinceramente, já não me lembrava de assistir a um filme que chorasse e risse ao mesmo tempo, com vontade. 
Um filme todo ele especial, as personagens, a banda sonora, a simplicidade de mostrar que a vida é feita de momentos e que só um momento pode mudar tudo. Que as pessoas verdadeiras, se realmente o forem, jamais partirão da nossa vida, serão sempre essenciais, farão sempre parte do que somos, por mais voltas que ela dê e se a vida dá voltas! 
Mostra-nos também que a amizade é um amor que nunca morre e quem nos conhece melhor que ninguém será sempre a nossa outra metade.
Os sonhos existem para jamais serem quebrados e sim concretizados, que podem durar o tempo que durarem, mas o que é preciso não desistirmos, eles surgirão e nos tornarão as pessoas mais felizes do mundo!

Um filme que nos faz rir até chorar e chorar até rirmos de nós próprios.
Por favor, vejam, amem, sejam felizes, sorriem, a vida vale sempre a pena!

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Parcerias

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D