Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gesto, Olhar e Sorriso

Palavras que têm vida.

31
Mai19

[Resenha Literária] "Palavras de uma alma errante" de Vanessa Lourenço

Carolina Cruz

54432521_2088793707855900_5008425745425367040_n.jp

 

Um livro simples com pequenos ensinamentos que têm tanto significado.
Quem convive diariamente com um gato sabe que eles nos lêem a alma e que sabem sempre o que dizer mesmo sem palavras humanas! Os seus gestos, a sua presença constante mesmo quando lhes está no sangue a liberdade e independência, diz-nos que os gatos podem ser, sem dúvida alguma, o nosso melhor amigo.
Uma colectânea de textos e fábulas fabulosas que nos deixam a pensar. Porque como diz a letra de "Arrufo" interpretada recentemente por António Zambujo - "Quem compreende um gato, compreende o universo"!
Adorei! 

27
Mai19

[Ficção] Que o acaso nos junte!

Carolina Cruz

59728921_657151021401737_7641701075417825280_n.jpg

 

Que o acaso nos junte! Por tamanha brincadeira, por mera solução. 
Que o acaso nos junte, que o destino nos encontre, porque eu já não tenho forças para lutar.
Desculpa não ser eu a procurar-te. Não duvides que sinto tanto por ti e que quero amar-te todos os dias, mas parte de mim esqueceu-se de viver e de acreditar plenamente no amor.
Tropeço diariamente no medo, penso para mim mesma que és bom demais para quem sou, para o que dou. Sei que assim nunca iremos a bom porto, que afundaremos tão rapidamente como o Titanic... Eu simplesmente tenho o corpo dorido da saudade e o coração quebrado que ainda ninguém colou, só queria que encontrasses essa metade de mim onde está o meu sorriso e o amor que tenho para te dar.
Escrevo porque as palavras fazem a alma doer menos e trazem-me a pequena esperança que mesmo sendo eu tão esquisita me queiras encontrar na minha mais profunda doçura.

 

22
Mai19

A ti que me ouves...

Carolina Cruz

59948936_659931474457025_1254801096690368512_n.jpg

 

A ti que me ouves, que estás sempre aqui para me compreenderes, sem me julgar, mesmo pensando que não farias igual... E mesmo pensando isso estás lá, de abraço apertado e de sorriso no rosto, de ombro encostado ao meu, mesmo que a distância se imponha entre nós , mesmo que o tempo nos mude.
A ti, que acreditas em mim, que estás lá para me apanhar quando caio, para me segurar e dizer que estou errada.
A ti, a quem o meu sucesso e a minha felicidade são também a tua alegria, sem meias medidas, nem invejas.
Sabes que sinto o mesmo, que te desejo o mundo e o que desejo para mim mesma, de coração.
Obrigada por existires, por dares sentido à minha vida, por me fazeres mais feliz.

20
Mai19

Porque choras?

Carolina Cruz

60185538_660304507753055_5649083979492491264_n.jpg

 

Porque choras? - perguntas-me
E eu não consigo responder-te, porque as lágrimas correm em catadupa.
Estou cansada, dizem os meus pensamentos, há dias que não gosto de mim, do que sou e do que faço, parece que faço tudo errado e não dou uma para a caixa. Mas depois olho para ti e o meu coração ensina-me que o lugar que guardo para ti é melhor que toda a tristeza que possa existir em mim. Contigo sinto-me bem e talvez eu esteja a ser ingrata com a vida, o facto de te ter comigo é a melhor razão para te sorrir.
Porém, hoje eu não consigo. Só quero o teu conforto, o teu amor mais quente. Não me perguntes porquê, mas abraça-me, olha-me com esses olhos de quem vê em mim o que eu não acredito e não vejo na minha pessoa. Sorri-me que o meu dia será melhor e mesmo que eu tropece e te magoe, faz desse sorriso teu a minha vida inteira.

07
Dez18

[Ficção] Queria(-te) tanto!

Carolina Cruz

large.jpg

 

Queria tanto saber de ti! 
Meu Deus, que louca que sou! Louca por sorrisos rasgados, felizes e sinceros e é isso que me apaixona em ti.
Não te assustes, não é amor ou paixão platónicos, sabes… sou da opinião que também nos apaixonamos pelas pessoas sem nutrir amor, mas admiração.
É isso, é exatamente isso que sinto, admiro-te e pensas tu “mas tu nem sequer me conheces”, pois não, mas consigo sentir com o coração quem são as pessoas de bem e não. Esses olhos dizem-me tudo!
Não imaginas o quanto me motivas e o quanto me fazes feliz sem saber. Vejo em ti um mistério de sonhos doces. Posso conhecer-te? 
Tenho a certeza de que não me engano, que serás fiel à imagem que tenho de ti.

21
Nov16

[Por aí] Os meus textos na capazes

Carolina Cruz

Olá sorrisos! :)
Este post já devia ter sido há já algum tempo... este e uns quantos, é verdade. No entanto, agora que tenho estado de férias, quebrei as rotinas, e vamos lá dar destaque a assuntos que muitos de vocês já sabem, mas outros talvez não.

Pois bem, em Outubro fiquei realmente feliz, quando vi o meu trabalho reconhecido e um texto meu aceite e publicado na plataforma capazes. 
Mais contente fiquei quando, no mês seguinte, um novo texto foi aceite. 
Curiosos para saber quais foram os textos aceites? 

 

O primeiro chama-se "CARTA AO NAMORADO DA MINHA MELHOR AMIGA" 

 

"Por favor, não me interpretes mal, peço-te. Não quero ser eu a má da fita por parecer ciumenta e parecer que a quero só para mim. Nem por isso, não tenho nada contra ti, a não ser que lhe partas o coração.
Por favor, peço-te. Não o faças. Ela é a minha melhor amiga, a melhor de todas, merece o mundo, o melhor. Por favor, não a magoes, e se um dia o fizeres porque aconteceu simplesmente e não resultou, porque apenas não era para ser, mostra-lhe que estás disposto a ser o melhor amigo que alguém pode ter."

(Para leres o resto basta clicar na fotografia)

Carta-ao-namorada-da-minha-melhor-amiga_-696x462.j

 

 O segundo texto intitula-se "RAPARIGA, TU TENS O TEU MUNDO!"

 

"Hey! Acorda! Levanta-te!
Tu não estás caída no chão por tua culpa, não é por tua culpa que ele discutiu contigo. Deixa de pensar que és a culpada só porque ele diz que o és. Diz-lhe  “basta!”.
Basta de acreditares que a relação é a partilha de tudo, de palavras passe, de contas abertas e amigos selecionados.
Chega! Não te agarres a isso, não é verdade. Rapariga, tu tens o teu mundo, tens de ter os teus amigos, a tua privacidade, isso não significa que tens algo a esconder, mas sim que tens de ser tu e se numa relação tu não és tu por inteiro, por favor esquece-a, não é saudável e então não é amor."

 

(Para leres o resto clica de novo na fotografia em baixo.)

rapariga-tu-tens-o-teu-mundo-por-carolina-cruz.jpg

Espero que tenham gostado. É tão bom quando o que fazemos ganha nova vida e é exposto em sites com maior visibilidade.
Obrigada a todos aqueles que acreditam neste (meu) sonho!

03
Mai16

[Por aí] No blog "Histórias irreais"

Carolina Cruz

 

Hoje falo-vos da minha passagem pelo fantástico blog "Histórias irreais", da Vitória Antunes, em que fui convidada para a rubrica "Contar histórias", vamos ler a minha?! 

19320313_IMWNb.jpeg

[Por entre a multidão, naquele concerto, um ao outro, destacaram-se como que numa luz infinita.
Quando se conheceram houve algo no olhar de ambos que prometera mutuamente: “hei de te conhecer melhor que ninguém, não vais largar mais a minha mão quando eu responder a esse ato de as entrelaçar, a minha na tua.”
Perfeito, dito e feito.
Tornaram-se unha com carne, amigos inseparáveis, não precisavam expressar palavras para falarem, o silêncio dizia tudo o que era preciso pois os sorrisos e os olhares eram mais especiais que todo o mundo à volta.
Secretamente e timidamente amavam-se, mas nenhum deles conversava sobre isso, a ligação que tinham era forte demais para se perder.
Corriam pela areia como crianças que confrontam o infinito correndo livremente pela rua. Nos entretantos, entre risos e brincadeiras o beijo aconteceu e das gargalhadas nasceram as lágrimas puras, porque ambos sorriram em silêncio, como neles era tão natural, coisa que só eles sabiam explicar, no entanto era algo que não precisavam de o fazer.
Irmãos de sangue, melhores amigos, namorados se tornaram. O sabor cru e diferente de se amarem noutro prisma do amor trazia-lhe uma nova sabedoria, não tão díspar como a de outrora, mas era confuso, bom…]

 

Continua... (AQUI)

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Parcerias

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D